Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Benfica passa em Guimarães e pressiona rivais

por João Silva, em 05.01.20

Vitória de Guimarães 0-1 Benfica. Cervi marcou o único golo de uma partida muito difícil para o Benfica, frente a um Vitória combativo. A equipa de Bruno Lage fez o seu trabalho e fica, agora, à espera do que FC Porto e Sporting façam no clássico.

GoalPoint-Vitória-SC-Benfica-Liga-NOS-201920-Rati

  • Taarabt 6.8 – Exibição em crescendo do marroquino. Após uma primeira parte em que não apareceu, fruto da pressão constante dos adversários, na etapa final surgiu a melhor versão do camisola 49, mais operário do que artístico com nove recuperações de posse, 51 acções com a bola, seis desarmes, uma intercepção e quatro alívios.
  • Vlachodimos 6.6 – Ia “borrando” a pintura quando aos 69 minutos não agarrou um cruzamento de Davidson, mas segundos depois deu “o peito às balas” e travou o remate de Lucas Evangelista. Tirando esse momento, exibição (quase) sem mácula do grego, que contabilizou quatro defesas e foi sempre veloz a sair da baliza quando chamado à acção.
  • Cervi 6.5 – Rafa está na recta final da recuperação, mas o internacional argentino não parece preocupado. Na noite deste sábado, voltou a rubricar mais uma exibição positiva. Além do golo, que foi decisivo, no único remate que fez, sofreu duas faltas, dois desarmes e foi sempre uma “muleta” importante para Grimaldo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Salientar o regresso de André Almeida, que saiu lesionado frente ao Marítimo, a 30 de novembro. Bruno Lage continua sem poder contar ainda com Rafa, Jardel e Jota.

Grimaldo, Rúben Dias e Pizzi, estão de volta aos convocados, tendo em conta os jogadores chamados para o último jogo, a contar para a Taça da Liga, frente ao Vitória de Setúbal.

Lista de 19 convocados do Benfica

Guarda-redes: Ivan Zlobin e Vlachodimos;

Defesas: Tomás Tavares, Ferro, Grimaldo, Rúben Dias e André Almeida;

Médios: Chiquinho, Gedson Fernandes, Florentino, Taarabt, Pizzi, Gabriel, Samaris, Cervi e Caio Lucas;

Avançados: Raúl de Tomás, Seferovic e Vinícius.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Benfica estreia-se hoje na Taça da Liga

por João Silva, em 25.09.19

O Benfica, clube que já venceu a prova por sete vezes (recordista de títulos), estreia-se na competição no grupo B, no Estádio da Luz, num encontro agendado para as 19h00, frente à formação do Vitória de Guimarães.

Em 26 partidas concretizadas no Estádio da Luz na Taça da Liga, nunca o Benfica conheceu a derrota. Desses 26 jogos apenas empatou três, embora marcando sempre golos.

Na Taça da Liga o fator casa tem funcionado a favor do Benfica, que tenta esta época chegar novamente à final four, que se realizará de novo em Braga, à semelhança das duas últimas temporadas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

João_Félix.jpg

MOMENTO

V. Guimarães: segundo jogo com o Benfica num curto espaço de tempo, apenas três dias depois do embate a contar para a Taça de Portugal, que culminou com a eliminação dos vimaranenses. Na última jornada da Liga o V. Guimarães recuperou o quinto lugar ao derrotar em casa o Moreirense (1-0), voltando ao triunfo depois de duas jornadas a perder. A equipa de Luís Castro divide o quinto lugar com o Moreirense e o Belenenses, somando 28 pontos.

Benfica: três jogos com Bruno Lage no comando, três triunfos. Principal perseguidor do líder do campeonato, o FC Porto, o Benfica recuperou o segundo posto na última ronda e apresenta-se novamente no D. Afonso Henriques para arrancar a segunda volta do campeonato. Na antecâmara da disputa da Final Four da Taça da Liga os encarnados voltam a defrontar o adversário que venceram nos quartos-de-final da Taça de Portugal.

 

INDISPONÍVEIS

V. Guimarães: Pepê (emprestado pelo Benfica) e Tallo (com processo disciplinar).

Benfica: Lema, Rafa, Jonas e Fejsa (lesionados) e Rúben Dias (castigado).

 

DISCURSO DIRETO

Luís Castro (V. Guimarães): «Vamos a jogo fortalecidos por acharmos que pode ser um jogo que pode cair para nós. É mais uma batalha que temos pela frente, a partir do momento em que falhámos na taça olhamos para as dezassete jornadas que faltam como uma final para chegar ao nosso objetivo. Iremos estar mais fortes por que temos mais jogadores disponíveis».

Bruno Lage (Benfica): «Estou convencido de que amanhã poderemos estar mais fortes porque temos mais três dias para continuar a evoluir e porque vamos para uma sequência de três jogos em que sinto que estamos cada vez mais sólidos no processo ofensivo e defensivo».

 

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

O V. Guimarães tem sido presa fácil para o Benfica, que soma por triunfos os últimos onze jogos sobre os vimaranenses. O último triunfo do Vitória foi já há seis anos, no Jamor, quando a equipa na altura orientada por Rui Vitória conquistou a Taça de Portugal. No D. Afonso Henriques o último triunfo do Vitória aconteceu na temporada 2011/2012, tendo a equipa da Cidade Berço vencido com um golo de Marcelo Toscano. De resto, o Benfica tem o histórico favorável no que ao total de deslocações a Guimarães diz respeito. Em 82 jogos os encarnados somam 46 triunfos contra apenas 19 do Vitória, registando-se ainda 17 empates.

 

ONZES PROVÁVEIS

V. Guimarães

Benfica

Fonte: maisfutebol.iol.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica alcançou as meias-finas da Taça de Portugal após vencer o V. Guimarães, na noite de terça-feira, por 0-1.
João Félix foi o autor do único golo da partida, que teve lugar no Estádio D. Afonso Henriques.

A turma da Luz protagonizou uma entrada forte, com Zivkovic a ameaçar o golo inaugural logo aos dois minutos, num remate defendido para canto por Miguel Silva. No primeiro quarto de hora, as águias tiveram mais bola, quase nunca permitiram que os vitorianos saíssem a jogar a partir da retaguarda e coroaram esse ascendente com o golo, com João Félix a receber um passe longo de Rúben Dias no seio da área contrária e a bater o guardião vitoriano, que ainda tocou na bola.

João Félix_Seferovic.jpg

Com o decorrer da primeira parte, os anfitriões libertaram-se cada vez melhor da pressão alta adversária, tendo ganhado espaço para sair para o ataque, mas nunca colocaram verdadeiramente em risco a vantagem benfiquista, face à incapacidade em criar perigo nos momentos em que chegavam à área contrária.

A toada da primeira parte prolongou-se na segunda, com as duas equipas a quererem ter bola e o Benfica a manter a reação vitoriana sob controlo, embora sem criar perigo suficiente para dilatar o resultado.

Este resultado permitiu ao Benfica juntar-se ao Sporting de Braga e ao FC Porto nas meias-finais da prova rainha e ficar à espera do próximo adversário - o vencedor do jogo entre Feirense e Sporting, na quarta-feira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os tetracampeões venceram o Vitória de Guimarães, por 2-1, na final da Taça de Portugal. Raúl Jiménez e Salvio assinaram os golos encarnados, Zungu reduziu pelos vimaranenses.

taca_portugal_benfica_2017.jpg

Após 45 minutos de grande equilíbrio, em que a melhor oportunidade de golo pertenceu ao Vitória de Guimarães, o Benfica resolveu a final em cinco minutos, com golos de Raúl Jiménez e Salvio.

O triunfo encarnado começou a ser construído aos 48 minutos. Miguel Silva não segurou o remate de Jonas e, na recarga, Raúl Jiménez desviou, com um toque subtil, a bola para golo. Depois, Salvio cabeceou sem hipótese de defesa, após cruzamento de Nélson Semedo, para o 2-0.

Com dois golos de desvantagem, o Vitória de Guimarães não atirou a toalha ao chão e arriscou no ataque. Um risco que viria a ser premiado aos 78 minutos, já depois de Jonas ter cabeceado à trave. Raphinha marcou o canto e Zungu, solto de marcação, cabeceou tranquilamente para golo. A discussão do resultado voltou a ficar relançada, mas o Benfica segurou a vantagem e celebrou mais uma conquista no Jamor.

Taça_de_Portugal_Raul_Jimenez.jpg

O Benfica conquistou a Taça de Portugal pela 26.ª vez e celebrou a 11.ª "dobradinha" do historial.

#CarregaBenfica

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog