Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


youth_league_Benfica_Basileia.jpg

No Caixa Futebol Campus, o Benfica, finalista em 2013/14 e 2016/17, estava obrigado a vencer para manter esperanças de apuramento para o play-off, mas não foi além do nulo, caindo pela primeira vez na fase de grupos da prova.

Com este empate, o Basileia assegurou a presença nos oitavos de final, com 11 pontos, mais três do que o Manchester United, quatro do que o Benfica e oito do que o CSKA Moscovo, que ainda hoje defronta os red devils, que vão disputar o play-off.

Este encontro ficou ainda marcado com alguma polémica no último lance do jogo, aos 90+4 minutos, João Félix rematou forte à entrada da área, com a bola a bater na barra e depois dentro da baliza dos suíços, mas o árbitro italiano Marco Guida não validou o golo.

Contudo, esse golo podia nem ter chegado ao Benfica para chegar ao play-off, pois em caso de triunfo teria de esperar por uma derrota do Manchester United em casa frente ao CSKA Moscovo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Youth League: SL Benfica 2-2 Manchester United

por João Silva, em 18.10.17

Balde de água fria para o Benfica no Seixal. A equipa portuguesa deixou escapar a possibilidade de assumir a liderança do grupo A da Youth League ao empatar a duas bolas com o Manchester United, num jogo que teve na mão ainda cedo.

A equipa de João Tralhão foi superior ao rival ao longo de quase todo o jogo mas não conseguiu segurar a vitoria, mesmo tendo construído uma vantagem de dois golos. Joshua Bouhi é um nome que estes jovens não vão esquecer. Marcou os dois golos dos ingleses e segurou o primeiro lugar do grupo, com sete pontos, mais dois do que o Benfica.

Com estilos claramente contrastantes, mais técnico o encarnado, mais físico o inglês, as duas equipas permaneceram igualadas no resultado até cinco minutos do intervalo, quando Nuno Santos abriu o ativo.

Mas, bem antes disso, já se tinha percebido que o Benfica jogava mais futebol. Pelo menos, um futebol mais atrativo.

O Manchester United apostava no jogo direto mas não criava muita mossa na linha defensiva encarnada. Em sentido inverso, o jogo rendilhado dos homens de João Tralhão era como água mole em pedra dura. Tanto ficava perto que mais tarde ou mais cedo haveria de furar.

João Félix, João Filipe e Nuno Santos foram três artistas à solta, no apoio a José Gomes. Muitos problemas para a defensiva visitante, que ainda suspirou de alívio quando o poste deu uma ajuda a remate de João Filipe.

Foi ao minuto 37, mas não seria preciso esperar muito para ver o primeiro golo do Benfica. João Filipe vestiu a pele de assistente, isolou Nuno Santos pelo centro e este não falhou na cara de Fojticek, guardião da equipa orientada por Nicky Butt, que viria a ser expulso na segunda parte.

Se a primeira parte terminou bem para o Benfica, a segunda começou melhor. José Gomes desviou de cabeça ao segundo poste um canto de João Filipe e deu conforto. Cedo ficava comprometida a reação inglesa.

O United parecia manietado mas ganhou força quando Bohui foi derrubado por Florentino. Dentro ou fora da área? As imagens não são totalmente esclarecedoras mas o árbitro decidiu-se pelo penálti, que o mesmo converteu.

Reentravam no jogo os ingleses, mas era o Benfica, por José Gomes, que falhava o terceiro, em nova assistência de João Filipe.

Apesar da vantagem mínima, o jogo parecia ganho para a equipa de João Tralhão. Mas do parecer ao ser ainda vai alguma distância e Bohui tratou de o provar, já em período de descontos.

No meio de quatro homens do Benfica conseguiu ganhar espaço à entrada da área para um remate colocado que empurrou o rival das nuvens e garantiu um ponto para o Man. United no Seixal.

YOUTH_LEAGUE_BENFICA.jpg

 

Fonte: maisfutebol.iol.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica estreou-se na Youth League 2017/18 com uma goleada por 5-1 na receção ao CSKA Moscovo, na primeira jornada do Grupo A da prova que replica o modelo da Liga dos Campeões de futebol.

Nuno Santos abriu caminho ao triunfo do Benfica, finalista vencido na época passada, ao marcar os dois primeiros golos, aos 41 e 47 minutos, cabendo a José Gomes (58), Ricardo Araújo (86) e ao suplente Umaro Embaló (89) aumentar a vantagem, de pouco valendo o tento de Zhironkin para os russos, aos 82.

O encontro do Grupo A, que integra também o Manchester United e o Basileia, poderia ter tido uma história diferente, caso o CSKA tivesse inaugurado o marcador logo aos seis minutos, quando Maradishvili acertou na barra da baliza ‘encarnada’, na sequência de um pontapé de canto.

O Benfica tardou em reagir e só conseguiu criar perigo perto da meia hora, através de um livre direto de João Filipe, que obrigou Zirikov a defesa difícil e o guarda-redes voltou a ter de aplicar-se no lance imediato, após novo remate do ‘capitão’ benfiquista.

João Filipe não marcou, mas revelou-se decisivo para a obtenção do primeiro golo anfitrião, aos 41 minutos, ao efetuar um cruzamento perfeito para o remate vitorioso de Nuno Santos, que voltou a ‘faturar’ logo após o intervalo, aos 47, após assistência de Ricardo Araújo.

As ténues expectativas dos russos saírem de Portugal com um resultado positivo esfumaram-se aos 58 minutos, quando José Gomes aproveitou um passe de Florentino, um dos jogadores mais experientes da equipa lisboeta, para aumentar para 3-0.

O CSKA ainda ganhou algum ânimo na sequência do golo marcado aos 81 minutos por Zhironkin, mas por pouco tempo, pois Ricardo Araújo voltou a dilatar a vantagem do Benfica quase de imediato, aos 86, cabendo a Umaro Embaló, que entrou em campo aos 75, fechar a contagem, 89.

Fonte: rtp.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Final Four da UEFA Youth League

por João Silva, em 20.04.17

Depois de uma caminhada pautada pelo sucesso ao longo de toda a competição, é já na próxima sexta-feira que a equipa de Juniores do Benfica arranca a sua participação na Final Four da UEFA Youth League, o momento de todas as decisões.

Segunda equipa com mais presenças nas meias-finais do torneio, juntamente com Barcelona, Chelsea e Anderlecht, as águias têm um registo interessante na competição, pois de entre todos os clubes que nela já participaram, são o único a ter alcançado pelo menos os quartos de final nas quatro edições já realizadas.

Depois de ter disputado com o Barcelona a final da edição de 2013/2014, as águias regressam a Nyon com a ambição de trazer o troféu para Lisboa.

Na meia-final defrontam o Real Madrid… e a meta é clara: vencer e atingir a final, repetindo assim a presença da temporada 2013/14, na qual foram derrotadas pelos também espanhóis do Barcelona.

“Neste grupo, desde o início, temos representado as quatro gerações, desde os Sub-17 aos Sub-20, e temos provado ao longo deste processo que somos uma família. Não há distinções. Não procuramos as diferenças mas aquilo que temos em comum e, o que temos em comum, é uma grande ambição de levar esta equipa ao sucesso nesta competição e, sobretudo, mostrar aos olhos do mundo que o Benfica tem uma Formação ao nível das outras e, em determinados pontos, talvez até mesmo de outro nível”, começou por dizer João Tralhão à BTV.

A UEFA Youth League é uma verdadeira montra do Futebol jovem, mas a importância da competição vai para além da visibilidade e toca essencialmente nos muitos desafios que coloca aos atletas.

É a melhor coisa que pode acontecer a estes jovens. Esperemos bem que o futuro deles seja na alta competição e a alta competição obriga a que o foco esteja sempre ligado ao máximo em todos os momentos, seja no treino, seja no jogo, e esta competição traz-nos isso”, explicou o treinador.

Aurélio Buta anteviu esta participação e mostrou-se confiante: “Vamos encarar este jogo como encaramos todos os outros, passo a passo. Sabemos que está toda a gente de olhos postos em nós, mas vamos continuar focados no nosso trabalho”.

Estamos completamente focados nesta competição. Vamos tentar ganhar ao Real Madrid para depois estarmos na final e aí tentar ganhar também”, atirou Florentino, à BTV.

O Benfica mede forças com o Real Madrid na sexta-feira à tarde, às 17h00; antes, às 13h00, Barcelona e Salzburgo decidem o primeiro finalista.

A grande final está marcada para dia 24 de abril, segunda-feira.

Fonte: SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica qualificou-se esta terça-feira para a fase final da 4.ª edição da UEFA Youth League, após vencer, nos quartos de final, a formação do CSKA Moscovo, por 0-2.

No Stadium Oktyabr – em Moscovo – a formação orientada por João Tralhão rubricou uma exibição consistente, com Diogo Gonçalves, aos 15’, e um autogolo de Leonov, a assinarem os golos da vitória.

Partida muito intensa, disputada, pautada pelo equilíbrio e que começou com uma iniciativa das águias. Logo aos 2’, Zé Gomes, num bom lance pela esquerda esteve perto de marcar.

À passagem do primeiro quarto de hora, o golo. Erro crasso do guardião russo, Diogo Gonçalves acredita, e faz o 0-1 em Moscovo.

Jogo repartido, com o Benfica sempre mais perigoso. Aos 24’, duas boas oportunidades, com João Félix e Pedro Álvaro a estarem muito perto de dilatar a vantagem.

Em cima da meia hora, o CSKA espreitou a baliza encarnada, mas um enorme Fábio Duarte disse não.

A fechar a primeira parte, nova oportunidade para o Benfica, com Zé Gomes a cabecear ao lado. 0-1, ao intervalo.

A abrir a segunda parte, o 0-2 para o Benfica. Livre cobrado por Diogo Gonçalves, Leonov na disputa com Florentino, tenta o corte e acaba por introduzir a bola na própria baliza.

A partir daqui o jogo abriu completamente e aos 54’, bola ao ferro… grande oportunidade para o CSKA; na resposta, Diogo Gonçalves esteve muito perto de bisar.

Até ao apito final partida intensa, emotiva, com oportunidades, mas o marcador não mais de alterou!

As meias-finais da competição estão agendadas para dia 21 de Abril, com o SL Benfica a defrontar o vencedor do jogo entre Real Madrid e Ajax.

A grande Final da 4.ª edição da UEFA Youth League realiza-se no dia 24 de Abril.

Esta final four terá como palco Nyon.

O SL Benfica alinhou de início com Fábio Duarte, Aurélio Buta, Rúben Dias, Pedro Álvaro, R. Mangas, Florentino, João Félix, Gedson, Diogo Gonçalves, D. Tavares e Zé Gomes.

Suplentes: Daniel Azevedo, Nuno Gonçalves, Diogo Mendes, F. Soares, Tiago Dias, Vinícius e Mesaque Dju.

Fonte: SLBenfica.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica entra hoje em ação na Youth League quando forem 13 horas em Portugal continental, no Estádio Oktyabr, frente ao CSKA Moscovo, numa partida em que os juniores encarnados vão tentar confirmar o tão almejado regresso à final four da competição, marcada para Nyon, na Suíça, entre 21 e 24 de abril.

Em 2013/14, o Benfica marcou presença nessa fase da competição e venceu o Real Madrid (4-0) nas meias-finais, saindo derrotado na final contra o Barcelona (3-0).

Em Moscovo, a equipa de João Tralhão vai encontrar várias dificuldades, a começar pelo frio que se fará sentir na capital russa e pelo facto de o jogo se disputar num relvado sintético. Apesar disso, a ambição dos jovens encarnados não esmorece.

João Tralhão chamou alguns elementos da equipa B, como Buta, Rúben Dias, João Filipe, Diogo Gonçalves ou José Gomes. Esta deverá ser a equipa que o treinador deverá alinhar frente aos russos: Fábio Duarte; Buta, Rúben Dias, Pedro Álvaro, Ricardo Araújo; João Félix, Gedson Fernandes, Diogo Mendes; João Filipe, Diogo Gonçalves e José Gomes.
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18








Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com