Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os médios Pizzi e Anderson Talisca falaram ao UEFA.com sobre o sonho de ajudarem o Benfica a chegar às meias-finais da UEFA Champions League, numa altura em que as "águias" entram na decisão dos quartos-de-final, em Lisboa, em desvantagem por 1-0.

UEFA.com: Está ansioso com a recepção ao Bayern na segunda mão dos quartos-de-final?

Pizzi: Há sempre uma atmosfera fantástica no Estádio da Luz. Os nossos adeptos têm uma paixão enorme pela equipa e todos no clube esperam mais uma grande noite europeia.

Talisca: Vai ser fantástico para os jogadores e para os adeptos, que são sempre maravilhosos no apoio que nos dão e na forma como nos motivam. O clube ganha muito com eles.

UEFA.com: Como é fazer parte de uma equipa do Benfica que tantas cartas tem dado na Europa esta temporada?

Pizzi: É um orgulho fazer parte desde grupo fantástico. Tivemos muitos problemas no início da época mas, juntos, conseguimos dar a volta à situação. E, agora, penso que estamos a atravessar um período fantástico. Todos nós crescemos a ouvir falar das grandes noites europeias do Benfica, com Eusébio e outros, por isso representar o Benfica nestes grandes palcos é o realizar de um sonho.

Talisca: Antes só via jogos destes pela televisão. Agora estou a jogá-los, pelo que tem sido uma grande emoção para mim.

UEFA.com: Como é que o treinador Rui Vitória ajudou o Benfica a dar este passo em frente na Europa esta temporada?

Pizzi: Ele treinou-me no Paços de Ferreira e é sempre bom quando temos um treinador que consegue fazer de nós melhores jogadores. É, também, fantástico ver tantos jovens a jogar. O Benfica teve sempre camadas jovens muito forte, como o comprovam Renato Sanches, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes e outros. Uma equipa não pode ser só composta por jogadores experientes – precisa de jovens e da irreverência que estes trazem consigo. A nós, os mais velhos, cabe-nos ajudar os mais jovens para que eles se possam afirmar.

Talisca: Ele explica-nos o que está bem e o que está mal. E, quando nos explica isso, compreendemos o que nos quer dizer e fazemos o que ele pretende. Exige o que tem de exigir e conhece muito bem o clube e a equipa.

UEFA.com: O Benfica não chega às meias-finais desta competição desde 1990. Poderá ser desta?

Talisca: Temos muito potencial. Trabalhamos muito todos os dias e estamos a fazer uma boa campanha tanto na Europa como na Liga portuguesa. Sabemos que vai ser um jogo muito complicado, mas vamos continuar a fazer o que temos feito até aqui.

Pizzi: Temos mostrado o nosso valor na Champions League. É um sonho meu e de todos os meus colegas atingir as meias-finais da Champions League. Estamos perto, sabemos o quanto será difícil, mas vamos dar tudo – vamos lutar do primeiro ao último minuto por esse objectivo.

Fonte: UEFA.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

jogadores_do_Benfica.jpg

Os nomes de Talisca, Salvio, Gaitán, Samaris e Maxi Pereira foram esta quarta-feira destacados no site "Don Balón", uma publicação online espanhola, onde é ainda realçado o poder de Jorge Jesus na hora de potenciar jogadores.

"Um treinador não só dotado de uma equipa de alto nível competitivo, mas também capaz de tirar o melhor dos jogadores que teve e tem ao seu dispor. Além do êxito que tem, podendo repetir o título de campeão, as águias estão a mostrar um grupo de jogadores que podem (re)valorizar, até ser desejados por grandes clubes da Europa"

Pode ler-se no artigo, a propósito daquilo que o Benfica tem feito em 2014/15.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


SL Benfica 1-0 Rio-Ave

por João Silva, em 01.11.14

Com esta merecida vitória, o Campeão nacional recuperou provisoriamente os quatro pontos de vantagem sobre o segundo classificado.

Depois de ter perdido na última jornada em Braga, Jorge Jesus alterou o onze inicial, metendo dois pontas-de-lança de início: Jonas e Lima. Gaitán ficou no banco de inicio, relegando Talisca para o flanco esquerdo, enquanto Samaris e Enzo ficavam com o controlo do meio-campo. Com o lateral Eliseu como baixa de última hora, André Almeida foi chamado para o seu lugar.

Talvez por essa razão, a formação de Jorge Jesus esteve um pouco apática na primeira parte, embora tenha criado algumas oportunidades para marcar, mas os remates esbarraram sempre no guarda-redes do Rio Ave.

 Lima, Enzo Perez e até Lisandro Lopez tentaram a sua sorte, mas Cássio esteve sempre muito seguro nas redes dos vila-condenses.

Na segunda parte, Jesus lançou Gaitan, deixando Samaris nos balneários. O médio grego voltou a mostrar bastante desacerto na formação benfiquista, somando vários passes errados na primeira parte.

 Com Gaitan na esquerda e Talisca de regresso ao meio, os primeiros minutos foram de pressão benfiquista que o Rio Ave ia suportando com dificuldade. O campeão nacional foi acumulando lances de perigo junto da área do Rio Ave e coube a Talisca novamente a responsabilidade de resolver um jogo, que, com a passagem dos minutos, prometia ficar cada vez mais problemático para os da casa.

O brasileiro pegou na bola à entrada da área e, num remate em jeito com o seu pé esquerdo, não deu hipóteses a Cássio, que bem se esticou, sem sucesso, para impedir o golo do Benfica. Um golão de se tirar o chapéu!

Mesmo assim, a partida não ficou mais facilitada, já que o Rio Ave foi à procura do empate, criando algumas situações complicadas. Primeiro Júlio Cesar impediu um remate de Diego aos 68 minutos, Esmael meteu mesmo a bola na baliza do guardião brasileiro, mas o fiscal de linha assinalou fora de jogo, num lance em que o avançado dos vila-condenses está ligeiramente adiantado.

No final o mais importante foi alcançado: Conquistar os três pontos e consolidar a liderança.

 O Benfica alinhou com: Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Lisandro, André Almeida, Salvio, Enzo Perez, Samaris (Gaitán, 46), Talisca, Jonas (Derley, 89) e Lima (Pizzi, 76).

(Suplentes: Artur, Sulejmani, Gaitán, Pizzi, Derley, Benito e César).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Taça de Honra, SL Benfica 0-1 Sporting CP

por João Silva, em 20.07.14

O estádio do Restelo foi palco da Final da centésima edição da Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa.

Frente a frente os dois eternos rivais, com o dérbi dos dérbis a aquecer esta antecâmara da temporada 2014/15.

Sport Lisboa e Benfica e Sporting defrontaram-se, naquele que foi o 29.º dérbi desta competição, com os “verde e brancos” a levarem a melhor desta vez.

A primeira metade da partida foi repartida como, aliás, ilustra a estatística, com 50 por cento de posse de bola para cada um dos lados. Já em cima do apito para o intervalo, André Martins (42’) aproveita um erro da defensiva “encarnada” e coloca o Sporting a vencer, por 0-1, resultado com que se desceu aos balneários.

Na segunda metade, mais do mesmo, com ambos os técnicos a aproveitarem para lançar novos rostos no relvado, não fosse esta a altura ideal para fazer experiências e afinar a máquina.

No final, vitória para o Sporting, que assim conquista a sua 13.ª Taça de Honra, contra as 18 do Sport Lisboa e Benfica.

Com 15 dias de trabalho, partida “rasgadinha”, com intensidade q.b., não fosse um dérbi… Bom teste!

O reforço brasileiro, Anderson Talisca, foi eleito o melhor jogador da centésima edição da Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze inicial: Artur; Benito, César, Jardel, Luís Felipe (João Cancelo, 63’); João Teixeira (Bernardo Silva, 80’), Talisca, Ola John (Ivan Cavaleiro, 73’) e Gaitán (Candeias, 63’); Cardozo (Derley, 45’) e Lima (Jara, 63’).

 

Fonte: SLBenfica.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anderson Talisca é o mais recente reforço confirmado pelo Sport Lisboa e Benfica. O jogador, de 20 anos, chega dos brasileiros do Bahia e vai agora juntar-se aos trabalhos de pré-época da equipa. Em declarações à BTV, fala da grandeza do Clube e explica que pretende dar o máximo para ajudar o grupo rumo às metas traçadas.

 

Podem esperar muito de mim! Sei da importância que os adeptos têm para o Clube e juntos vamos ser fortes em todas as competições. Esperem o melhor de mim pois venho para fazer história”, disse, não deixando de acrescentar como veio para o Benfica: “Fiz um bom Campeonato brasileiro, o Benfica apareceu, tive duas opções, mas escolhi o Benfica.”

 

Está em Portugal há poucos dias mas já conhece a realidade que vai encontrar e quer ter sucesso. “Venho para um grande Clube e estou muito feliz por estar aqui. Vou dar o meu melhor. Podem esperar isso de mim pois eu sei o que posso dar. Chego para ajudar o grupo a conquistar títulos para o Benfica. Quero fazer história aqui, no Clube, como fiz no Bahia”, sustentou.

 

Quando um estrangeiro ruma a Portugal, a adaptação a um novo País e a um novo Futebol é sempre questionada. Talisca não se mostrou preocupado e acredita no seu valor. “A adaptação está a ser tranquila. Cheguei domingo de madrugada, descansei bastante e agora está a ser uma nova história em Portugal. Está a ser muito bom, estou a conhecer a cidade e a fazer os últimos testes médicos para que tudo corra pelo melhor”, revelou.

 

Instado a descrever-se como futebolista, o “canhoto” não foi de meias-medidas: “Sou ousado, alegre, vou jogar o meu Futebol de sempre, com dedicação e ajudar os meus companheiros. Aspectos positivos? Passe longo, curto, técnica, bola parada, chuto e ajudo na marcação. Treino muito a bola parada e todos os aspectos a melhorar, sempre para acertar e corrigir os defeitos e aprimorar as qualidades.”

 

Os adeptos são uma força enorme que catapulta a equipa para as vitórias. Conquistar títulos está no horizonte de Talisca para dar alegrias aos benfiquistas. “É um Clube de ‘torcida’, como é o Bahia no Brasil. Agora só penso no Benfica e quero, com os meus companheiros, ajudar o Clube a conquistar títulos. Quem chega aqui tem de ter espírito de vencedor e ganhar. O objectivo é ajudar os companheiros e o Clube. Sabem e acreditam no meu potencial, quero demonstrá-lo dentro de campo e agradecer ao Benfica a confiança depositada em mim”, frisou.

 

Talisca é uma alcunha que o jogador “ganhou” no Brasil devido à sua estatura e peso (1,90m, 70 kg).

 

Fonte: SL.Benfica.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog