Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Após prolongamento, o Benfica perdeu por 3-2 com o Rio Ave na visita a Vila do Conde e foi afastado da Taça de Portugal nos oitavos de final. Numa noite farta em chuva, vento e frio, a equipa benfiquista fechou a primeira parte na frente (0-1, por Jonas), mas o jogo virou-se no segundo tempo, onde até um penálti de Jonas o guardião do Rio Ave parou. Com 2-2, Luisão lesionou-se e o Benfica teve de jogar o prolongamento dos oitavos da Taça de Portugal com 10 jogadores... Veja o resumo aqui.

Rio_Ave_Benfica.jpg

Rui Vitória encarou com naturalidade a eliminação, lembrando que a vida das equipas de futebol é feita de momentos bons e menos bons, mas que é nestes que crescem mais. A Taça de Portugal era um dos objetivos da época, mas o técnico das águias recordou que há outras competições para vencer...

O Benfica publicou esta quinta-feira nas redes sociais uma mensagem motivadora depois da eliminação da Taça de Portugal.

"O momento é de união. Enorme vontade de vencer já este domingo. Já focados em Tondela", pode ler-se no Twitter oficial do clube da Luz.

A equipa de Rui Vitória volta a entrar em campo no Estádio João Cardoso, frente aos beirões, às 20h15 de domingo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Taça de Portugal: Benfica visita o Rio Ave

por João Silva, em 13.12.17

Rio-Ave_Benfica_taça.jpg

O Benfica desloca-se a Vila do Conde para defrontar o Rio-Ave, num dos jogos mais escaldantes dos oitavos de final da Taça de Portugal. Será o segundo encontro da época entre as duas formações, que empataram em Vila do Conde para o campeonato.

A equipa liderada por Miguel Cardoso é uma das sensações da temporada, nem tanto pelo interessante sétimo lugar, mas sobretudo por praticar um futebol arrojado, vistoso e de muita posse. Este é um Rio Ave capacitado para fazer mossa. A equipa tem uma enorme tendência para ter bola e para a trocar com qualidade.

O Benfica chega a esta partida com menor margem de erro. Uma semana depois do fim europeu e após minimizar a ferida com o triunfo diante do Estoril, é tempo de novo teste carregado de exigência e que traz uma certeza: falhar é proibido.

Por isso, de um lado e do outro não são esperadas quaisquer poupanças. O aspeto físico importa para gerir, pois claro, mas o espaço para experiências é muito limitado: é jogo de Taça e não dá para compensações futuras.

Como afirmou Rui Vitória na conferência de imprensa realizada no Estádio da Luz:

Vamos encontrar uma equipa de qualidade e sabemos que uma delas vai ter de ser eliminada. Sabemos que este jogo é fundamental, frente a uma das boas equipas do campeonato, com características muito bem vincadas. Para contrariar isso temos de impor a nossa forma de jogar e olharmos para nós. Vai ser um jogo bem disputado, com uma equipa que circula bem a bola e tem bom jogo interior. Tem jovens de qualidade na frente e joga com as linhas subidas. Vai ser um jogo interessante de seguir. Vai ser complicado para nós e para o Rio Ave”.

O treinador do Benfica convocou 20 jogadores para esta partida que está agendada para as 21h00 de quarta-feira, no Estádio do Rio Ave:

Guarda-redes: Svilar e Bruno Varela;

Defesas: Lisandro, Grimaldo, Luisão, Jardel e André Almeida;

Médios: Fejsa, Filipe Augusto, Samaris, Zivkovic, Salvio, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Diogo Gonçalves e João Carvalho;

Avançados: Raúl, Jonas e Seferovic.

 

#CarregaBenfica

#RumoAoJamor

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Benfica faz último jogo do ano na Liga

por João Silva, em 21.12.16

Raul_Gimenez.jpg

Benfica e Rio Ave encontram-se no Estádio da Luz, esta quarta-feira, naquele que será o último jogo de 2016 do Campeonato Nacional. Rui Vitória quer terminar o ano com a conquista de mais três pontos.

O Rio Ave é uma equipa que já mostrava qualidade. Agora acertaram o rumo das vitórias e vêm com quatro seguidas – temos essa consciência – mas isso não muda em nada o nosso foco. Sabemos quem vamos encontrar, sabemos a forma de jogar do Rio Ave de jogar, portanto espero um jogo complicado. Mas vamos jogar no Estádio da Luz, no nosso Estádio, com uma moldura humana muito boa e onde é sempre difícil jogar para os nossos adversários. Estamos preparados para o jogo, respeitando sempre muito o adversário”, analisou o treinador em conferência de imprensa realizada no estádio da Luz.

Independentemente do resultado de hoje, o Benfica terminará o ano de 2016 na liderança da Liga NOS. Rui Vitória recusa fazer balanços nesta altura, alertando para o facto de haver ainda muito Campeonato pela frente.

Não gosto de fazer balanços a meio de uma competição, isso é no final. Faltam jogar mais jornadas do que aquelas que já foram jogadas. Qualquer balanço é prematuro. Se é preferível andar à frente? Claro que sim. Mas ainda falta muito. Estamos preocupados apenas connosco, fazendo tudo para somar sempre os três pontos. Em cada jogo é como se voltássemos à primeira jornada”, referiu o técnico.

Com o FC Porto a um ponto, que antecipou a sua partida desta ronda ganhando ao Marítimo (2-1), é fundamental chegar ao final deste ano de 2016 com quatro pontos de vantagem após esta 15.ª jornada.

O histórico de confrontos dá claro favoritismo ao Benfica, que, em 22 jogos em casa para o campeonato frente aos vila-condenses, apenas cedeu quatro empates.

Carrega Benfica!!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Num Estádio dos Arcos pintado de vermelho o Benfica partiu em busca de mais três pontos, e conseguiu-o! Mais três pontos… e faltam três finais!

Rio Ave-Benfica1.jpg

Entrada fortíssima do Bicampeão, com Jardel, logo no primeiro minuto, a tirar as medidas à baliza de Cássio. Canto cobrado por Gaitán, com o central brasileiro a cabecear certeiro e Pedrinho, em cima da linha de golo, a desviar por cima da trave.
As equipas encaixaram, ambas em pressão alta, com poucos espaços para jogar, não obstante a intensidade e a entrega dos jogadores.
Aos 15’, Renato Sanches remata ao lado do poste, movimento repetido aos 32’ por Gaitán, com Cássio a controlar ambas as investidas.

Rio Ave-Benfica2.jpg

Primeira metade morna em termos de oportunidades de golo, com o intervalo a chegar e o nulo a manter-se.
Segunda parte a começar com o Benfica a impor o ritmo, com o coletivo a crescer. Gaitán (53’), Jonas (54’) e Mitroglou (55’) tiveram soberanas oportunidades para inaugurar o marcador mas a bola teimava em não entrar…
Jogo de nervos em Vila do Conde! Os comandados de Pedro Martins baixaram as linhas e o Benfica começou a carregar com tudo.
Minuto 73’ e loucura nas bancadas do Estádio dos Arcos. Cruzamento largo para a área, André Vilas Boas alivia de forma defeituosa com o esférico a beijar a trave e a ser devolvida… Raúl, recém-entrado no desafio, surge oportuno e cabeceia para o 0-1.

Rio Ave-Benfica4.jpg

Três pontos... faltam três Finais!

Com este resultado, o Benfica recupera a  líderança isolada da classificação geral, com 79 pontos, com 81 golos marcados e 21 sofridos!

O SL Benfica alinhou de início com Ederson; André Almeida, Lindelöf, Jardel, Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Gaitán, Pizzi (Salvio, 58’); Jonas (Samaris, 85') e Mitroglou (Raúl, 67’).


Autoria e outros dados (tags, etc)


Antevisão ao jogo com o Rio Ave

por João Silva, em 24.04.16

Ria-ave-Benfica-Jonas.jpg

Quando faltam quatro finais para o final do campeonato, esta visita ao Rio Ave é talvez o obstáculo com maior grau de dificuldade para o Benfica, que vem de oito vitórias consecutivas na Liga e se for feliz em Vila do Conde, como se espera, fica bem mais perto do título.

Como afirmou Rui Vitória na antevisão ao encontro, realizada no Estádio da Luz: «A equipa está preparada, vai ser um jogo difícil como têm sido todos e a equipa tem-se mostrado preparada para todos. Agora, sabemos o que vamos encontrar e da nossa responsabilidade. O Rio Ave tem qualidade, joga bem, vai-nos causar problemas, tem vindo a melhorar, está a lutar pela Europa e tem uma grande dose de experiência. Mas vamos a Vila do Conde para ganhar. Se amanhã é decisivo? Todos os jogos têm sido decisivos desde o início da época. Demos conta do recado e vamos dar amanha também, sempre com grande afinco».

A equipa de Pedro Martins tem antes de mais objetivos europeus e ocupa o sexto lugar, em igualdade com o Arouca. Vem de um empate frente a esse adversário direto, no quarto jogo sem sofrer golos. Um bom argumento para quem recebe o ataque mais concretizador da Liga.

Para o Bicampeão, há só um objetivo em mente: A conquista dos três pontos.

Carrega Benfica, rumo ao TRInta e cinco!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rui Vitória antevira um desafio complicado, face a um adversário atrevido… mas avisou que os seus jogadores “iam deixar a pele em campo” com um único objetivo em mente, a vitória, pois claro!

Início muito prometer, com um Benfica personalizado a marcar logo nos minutos inaugurais.

Minuto 3’, Pizzi – de calcanhar - assiste Jonas que, primeiro remata à figura de Cássio, mas à segunda, depois de um ressalto em Gonçalo Guedes, atira sem hipóteses para o primeiro golo da tarde… e o 12.º na sua conta pessoal.

Benfica_Rio-Ave_1.jpg

No lance seguinte, as “águias” poderiam ter dilatado a vantagem, mas o remate de Renato Sanches passa a centímetros do poste.

Bom jogo, bem disputado… mas o golo do empate chegaria antes do primeiro quarto de hora.

Lisandro faz falta à entrada da área sobre Renan Bressan. Na cobrança do livre, o médio brasileiro remata de forma irrepreensível, a fazer a bola entrar junto ao poste direito da baliza, sem qualquer hipótese para Júlio César. Estava reposta a igualdade, à passagem do minuto 13.

Benfica_Rio-Ave_3.jpg

Segunda metade com o Benfica a controlar, face a um Rio Ave organizado e a espreitar o contra- golpe. Mitroglou, Jonas e Pizzi bem tentaram a sorte, mas Cássio respondeu sempre à altura. 

Perante 45955 nas bancadas da Luz, Rui Vitória fez entrar Fesja, Carcela e Raúl com as “águias” instaladas no meio campo adversário em busca dos três pontos.

No tudo por tudo final, Renato Sanches (76’) avisou… e, aos 81’, o golo da justiça! Cruzamento com conta, peso de medida de Carcela, com Jonas a cabecear mortífero para a vantagem! 

Benfica_Rio-Ave_2.jpg

Grande momento na Luz.

Dois minutos depois foi a vez do brasileiro assistir Raúl que, na cara de Cássio, atirou sem hipótese para o 3-1 final!

O SL Benfica alinhou de início com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Jardel e Eliseu; Samaris (Fejsa, 45’), Pizzi, Gonçalo Guedes (Carcela, 59’) e Renato Sanches; Jonas e Mitroglou (Raúl, 69’).

Com este resultado, o Benfica ocupa o 3.º lugar da classificação, soma 31 pontos, fruto de dez vitórias, um empate e três derrotas, com 34 golos marcados e dez sofridos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com