Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Foram 15 anos à Benfica. Luisão fecha o ciclo com números lendários: o mais titulado da história do Clube (20 troféus), o jogador que mais vezes envergou a braçadeira de capitão (414 jogos) e o segundo com mais partidas de águia ao peito (538), com a particularidade de ter sido sempre titular.

Foram 15 anos a vestir e a defender o Manto Sagrado nos estádios nacionais e internacionais. O primeiro dos 538 jogos em que participou (sempre como titular!!!) data de 14 de setembro de 2003. Luisão tinha 22 anos e alinhou no Benfica-Belenenses (3-3), da 4.ª jornada do Campeonato, realizado no Jamor – o novo Estádio da Luz estava então quase a nascer. O central perfumou a estreia com um golo (atingiria 47, no total).

Gráfico golos de Luisão

Fruto de muito trabalho, empenho, dedicação, persistência, entrega e compromisso, Ânderson Luís da Silva, o Girafa, tocou o céu com as cores do Benfica: despede-se dos relvados, aos 37 anos, como jogador mais titulado de sempre das águias (20 troféus). A Taça de Portugal de 2003/04, época em que se iniciou na Luz, inaugurou a extensa lista de sucessos, que mostra 6 Campeonatos Nacionais na primeira linha das conquistas.

Gráfico jogos de Luisão

Com registos ímpares, Luisão tornou-se o benfiquista que mais vezes envergou a braçadeira de capitão (414 jogos!), ultrapassando lendas como Mário Coluna e Nené. Além disso, fechou o seu ciclo como segundo jogador com mais presenças de águia ao peito (538), figurando num restrito lote de quatro nomes que representaram o Clube em mais de meio milhar de partidas. O camisola 4 conseguiu também ser o futebolista com mais jogos por uma equipa portuguesa nas competições da UEFA.

A utilização do ex-internacional brasileiro até podia ser mais ampla e quem sabe permitir-lhe discutir o primeiro lugar deste ranking com Nené (578), não fossem alguns "acidentes" físicos como, entre outros de menor gravidade, um braço partido nos últimos dias de novembro de 2015, uma lesão que o afastaria de muitos desafios.

Nas primeiras declarações que prestou ao Jornal O Benfica em setembro de 2003, Luisão assumiu ao que vinha: “Quero fazer história no Benfica!”   Cumpriu com formidável distinção!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luisão marca ao Liverpool.jpg

Luisão é exemplo de raça, de Mística, de quem veste o Manto Sagrado com orgulho e respeito! Para além de tudo, Luisão é exemplo também no que toca a golos. Apesar de serem já 46 os tentos apontados de águia ao peito – 14 anos consecutivos sempre a marcar – o capitão revelou há pouco tempo que era um fascinado pela arte de defender.

Desde cedo que Luisão revelou também um gostinho especial por agitar as redes, uma atração especial pela baliza… e são da sua assinatura vários golos decisivos que significaram vitórias, eliminatórias ultrapassadas e títulos, muito títulos!

Tudo começou em 2003/04… Luisão fez 22 jogos e assinou quatro golos! Ora, logo na sua estreia mostrou ao que vinha. No dia 14 de setembro de 2003 o Benfica viajou até ao Jamor, casa emprestada na altura, e, frente ao Belenenses, o central brasileiro apontou um dos golos do empate a três bolas à 4.ª jornada do Campeonato. Remate poderoso de pé esquerdo, oportuno, letal e à ponta de lança. Leia todos os detalhes de 14 anos ao serviço do Benfica aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Estreia de Renato Sanches no Estádio da Luz

por João Silva, em 09.11.15

Renato_Sanches.jpg

O encontro entre Benfica e Boavista já se aproximava do apito final quando Rui Vitória decidiu lançar o jovem Renato Sanches, que assim se estreou no Estádio da Luz. Sem tempo para participar de forma muito ativa no jogo, o médio ainda conseguiu tocar na bola graças a Luisão, que o procurou e lha entregou, arrancando aplausos dos adeptos benfiquistas.

"Estava ali um filme muito curioso daquilo que significa neste momento o Benfica: o nosso jogador mais novo a receber a bola do nosso jogador menos novo na casa. Foi a simbiose perfeita, com toda a gente a aplaudir. Teve uma mensagem importantíssima", destacou Rui Vitória no final do encontro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A 14 de setembro de 2003 Luisão estreou-se com a camisola do Benfica ao peito. O jogo contra o Belenenses (3-3), no Estádio do Jamor, foi o início de uma carreira que já conta com 12 anos ao serviço das águias, uma partida em que o brasileiro se estreou também a marcar. Aos 87 minutos, Luisão fez o 3-1 para a equipa da Luz, mas não foi o suficiente para garantir a vitória para os pupilos de José Antonio Camacho, que sofreram nos minutos de compensação dois golos que viriam a empatar a partida, por Sané e Leonardo. Não foi o melhor resultado, mas aqui começou um jogador que se viria a tornar capitão da equipa e um dos atletas mais acarinhados pela massa associativa do clube.

Luisão_12_Anos_no_Benfica.jpg

Luisão chegou ao Benfica do Cruzeiro a 1 de agosto de 2003, com 22 anos de idade. Já leva 34 anos, 462 jogos (41 580 minutos) e 43 golos. 4 Campeonatos Nacionais, 2 Taças de Portugal, 6 Taças da Liga e 2 Supertaças Cândido de Oliveira.
Luisão tem contrato com o Benfica até ao final da época 2016/2017, quando completar os seus 36 anos de idade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Grande gesto do nosso capitão!

por João Silva, em 21.07.15
 

Ao ver o pequeno Lennon chorar por não ter conseguido o seu autógrafo, Luisão desceu do autocarro e deu-lhe a camisola."Nem todos os heróis usam capas, alguns vestem a camisola do Benfica."

Posted by Sport Lisboa e Benfica on Segunda-feira, 20 de Julho de 2015
A história completa em https://goo.gl/N7TGlK!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luisão_Cruzeiro.jpg

Quando chegou à Luz em 2003/04, vindo do Cruzeiro, Luisão estava longe de adivinhar que se tornaria, anos depois, uma figura incontornável da história contemporânea do Futebol do Sport Lisboa e Benfica.

Luisão percorreu um caminho até 2005/06, altura em que Ronald Koeman lhe deu a possibilidade inesquecível de, pela primeira vez na carreira, ostentar a braçadeira de capitão do Glorioso.

A consagração como capitão do Benfica chegou pela mão de Fernando Santos, quando, em 2007/08, o promoveu a número 1 na hierarquia do balneário. Vislumbrar Simões, Humberto Coelho, Francisco Ferreira seriam, a partir daqui, o próximo objetivo do brasileiro.

Mesmo não sendo fácil, ultrapassar Coluna como o Capitão dos Capitães seria uma questão de tempo. O tempo neste caso foi bem longo: 27 584 minutos depois, Luisão iguala, num estádio do Restelo “pintado pela onda vermelha”, o mítico médio português.

Atingir feito histórico em casa

Luisão_Benfica.jpeg

O clássico no Estádio da Luz será, para sempre, algo singular na carreira de Luisão. O jogo em si já estaria rodeado de importância, para o defesa central ganha importância extra pois significa tornar-se o Capitão dos Capitães, tornando-se Mário Coluna o eterno capitão.

Há sempre imponderáveis, mas sem motivos de força maior que o evitem, Luisão vai a jogo com o FC Porto completando, assim, o jogo 329 como capitão da equipa de Futebol.

Fonte: SLBenfica.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog