Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A equipa de Rui Vitória somou neste domingo, no Funchal, a sua quinta vitória consecutiva ao derrotar o Marítimo. Cinco triunfos (sete nos últimos oito encontros) em que marcou nove golos e não sofreu nenhum. E, no entanto, as exibições continuam a não convencer ou empolgar.

Perante um adversário que está a atravessar um mau momento - 12 encontros consecutivos sem ganhar - o Benfica demorou a impor-se.

Durante 20 minutos os benfiquistas foram incapazes de se aproximar com perigo da baliza adversária. Com algumas alterações no onze incial que tinha jogado a meio da semana passada para a Liga dos Campeões contra o AEK — entraram Jonas, Fejsa, Zivkovic e Cervi, saindo Seferovic, João Félix, Alfa Semedo e Rafa - o Benfica mostrou-se sem ideias e sempre muito dependente do desinspirado Pizzi. 

Com Zivkovic de um lado e Grimaldo do outro a causarem desequilíbrios, a equipa de Rui Vitória ameaçou um par de vezes a baliza de Amir Abedzadeh. E foi já muito perto do intervalo que, em mais um lance de insistência dos benfiquistas, Jonas foi derrubado pelo guarda-redes maritimista e, na conversão da grande penalidade, marcou o único golo da partida.

Jonas_Maritimo.jpg

No segundo tempo pouco ou nada se passou. O Marítimo, apesar de querer dar a volta ao marcador, deixou sempre bem evidentes as suas limitações e praticamente não criou perigo junto da baliza de Odysseas. Já o Benfica, limitou-se a controlar a partida e o resultado e durante os segundos 45 minutos só por uma vez esteve perto do golo, numa jogada em que Jonas já não teve forças para finalizar.

Com Montalegre (Taça de Portugal) e depois Sporting de Braga (campeonato) no horizonte, o Benfica terá duas boas oportunidades para comprovar as suas melhoras. 

O Homem do Jogo

Jonas mostrou novamente o quão importante é para a equipa do Benfica, ao marcar o golo decisivo, o quinto nos últimos cinco jogos da equipa “encarnada”, numa grande penalidade por ele sofrida. Este foi um dos três remates à baliza do brasileiro (máximo da noite), que deu ainda nas vistas com dois duelos aéreos ofensivos disputados, ambos por ele ganhos. Acabou, no entanto, por desperdiçar uma ocasião flagrante de golo, o que fez com que terminasse a partida com nota 7.1 nos GoalPoint Ratings – ainda assim, a mais alta da noite.

Jogadores em Foco

  • Zivkovic 6.0 – A render Rafa no ataque do Benfica, o sérvio deu nas vistas com dois passes para finalização e três dribles eficazes em cinco tentativas.
  • Grimaldo 5.7 – O espanhol fez dois disparos, ambos enquadrados, e criou duas situações de remate. Falhou 17 passes, seis deles no próprio meio-campo, e perdeu a posse em 22 ocasiões. Ainda assim, contabilizou 99 acções com bola e seis intercepções, ambos máximos da partida.
  • Pizzi 5.0 – Foi o jogador “encarnado” com mais passes para finalização, três, mas teve uma noite para esquecer, errando sete passes curtos, perdendo a posse 23 vezes e sendo desarmado em seis ocasiões.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

jonas-rui-vitoria-melhores-new.jpg

Em face dos resultados e dos desempenhos do Benfica na Liga NOS em janeiro, Rui Vitória e Jonas dominaram as preferências dos votantes e alcançaram as distinções mais relevantes: Melhor Treinador e Melhor Jogador do mês, respetivamente.

Rui Vitória (36,9%) ficou à frente de Abel Ferreira (34,5%), do Braga, e Jorge Simão (28,6%), do Boavista, técnicos que completaram o pódio da categoria.

Jonas foi eleito Melhor Jogador da prova no primeiro mês do ano, superiorizando-se a Lucas Evangelista (Estoril) e Fabrício (Estoril) nas votações.

O camisola 10 do Benfica foi ainda considerado o Melhor Avançado da competição (42,2%).

Fonte: SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Jonas quer ultrapassar os 40 golos esta época

por João Silva, em 09.02.18

JONAS.jpg

Jonas acredita que pode ultrapassar a sua melhor marca de golos de sempre numa época. O avançado do Benfica está perto dos 30, mas já aponta aos 43, mais um que os feitos pelo Grémio Porto Alegre, em 2010.

"Penso sempre em melhorar a cada temporada. Como o Benfica está, agora, apenas no campeonato, faltam 13 jogos e eu estou com 28 golos. Tomara que possa manter a média para, quem sabe, passar os números dessa temporada", referiu o jogador, em entrevista ao globoesportes.com.

Jonas é um dos jogadores brasileiros com mais golos, esta temporada, o que o leva a sonhar com uma convocatória para o Mundial da Rússia:

"Por mais que ainda não tenha sido convocado, apego-me muito ao meu momento e ao facto de [Tite, o selecionador] estar atento aos jogadores. É um objetivo meu voltar à seleção, pensando no Mundial. Estou com 33 anos, completo 34 em abril, então esta será a última oportunidade. Depois vou estar com 38, nem sei se vou estar a jogar, ainda."

Jonas ressalvou, contudo, que não se sente "injustiçado" e garantiu que, se não for convocado, apoiará a seleção canarinha "da mesma forma".

Até porque a vida no clube o preenche. Jonas admitiu estar "muito feliz" no Benfica e já pensa no futuro. "Tenho mais um ano de contrato, mas claro que vai depender muito de como terminar esta temporada, como vou estar na outra. A minha relação com o presidente é maravilhosa. Se for ampliar meu contrato, é porque tenho feito bons trabalhos. Caso contrário, terminar aqui tem passado pela minha cabeça", assumiu.

Apesar da felicidade na Luz, Jonas não teve dificuldades em eleger a maior deceção que viveu desde de águia ao peito: a campanha desastrosa do Benfica na Liga dos Campeões, na presente temporada.

"Foi minha maior deceção aqui no Benfica porque, nos anos anteriores, fizemos boas campanhas na Champions. E aí cria a expectativa de, a cada ano, chegar mais longe. Nos dois últimos anos, chegámos aos 'oitavos' e aos quartos de final. Como este ano foi atípico, porque perdemos os seis jogos, foi muito frustrante e dececionante. Nós todos, presidente, jogadores, ficámos muito tristes pela campanha", frisou.

Jonas encontrou vários motivos para o "desastre" europeu, com seis derrotas em seis jogos, 14 golos sofridos e apenas um marcado, com uma humilhante goleada, por 5-0, em Basileia, à mistura.

"Não estivemos mesmo à altura da competição, não fizemos bons jogos. Não tivemos qualidade, concentração. Foi uma soma", explicou o goleador. "Perdemos para os dois rivais com quem poderíamos estar a lutar pela qualificação. Isso deixou-nos muito em baixo".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ederson, Nélson Semedo, Lindelöf, Pizzi, Mitroglou e Jonas foram eleitos para o melhor onze de 2016 da I Liga, no âmbito das Quinas de Ouro.

O SJPF é a entidade responsável pela eleição do melhor 11 da Primeira Liga e o voto é da exclusividade dos jogadores que participam na referida competição.

O Melhor 11 da Primeira Liga é relativo ao ano civil de 2016, compreendendo o período entre 1 de janeiro e 31 de dezembro.

Eis o melhor 11 de 2016 da Primeira Liga:

Guarda-redes: Ederson Moraes (Benfica);
Defesas: Nélson Semedo (Benfica), Victor Lindelöf (Benfica), Sebastián Coates (Sporting) e Alex Telles (FC Porto);
Médios: Danilo Pereira (FC Porto), Adrien Silva (Sporting) e Pizzi (Benfica);
Avançados: Gelson Martins (Sporting), Jonas (Benfica) e Mitroglou (Benfica).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Prémios da Liga na época 2016/17

por João Silva, em 15.07.16

Fair-play: Estoril
Melhor marcador: Jonas
Jogador-revelação: Renato Sanches
Treinador do ano: Rui Vitória
Melhor guarda-redes: Rui Patrício
Melhor jogador: Jonas
Golo do ano: Renato Sanches 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Jonas: "Estamos prontos para o tetra"

por João Silva, em 13.07.16

Jonas.jpg

Jonas está focado no Benfica e já pensa na conquista de mais um título de campeão nacional. Em entrevista ao jornal A Bola, ainda antes de viajar para Lisboa para iniciar a pré-época, o avançado brasileiro foi claro: «Temos de estar prontos para ganhar, vamos perseguir o título, vamos em busca desse tetra.»
 
Jonas também quer outra Bola de Prata, mas frisou que «o coletivo é mais importante» e que sentirá a falta de Gaitán em 2016/2017: «Vou sentir a falta de Nico, sentimos sempre a falta de jogadores de qualidade e ele é extraordinário. Espero encontrar novos parceiros para me darem assistências.»
 
Na mesma ocasião, Jonas falou ainda sobre o atual técnico do Benfica, dizendo que «Rui Vitória revelou personalidade e comando enormes
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19








Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog