Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A SAD do Benfica foi ilibada nesta sexta-feira de todos os crimes de que era acusada no caso e-Toupeira. As acusações a um dos funcionários judiciais, Júlio Loureiro, também caíram.

Por outro lado, Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica, e José Silva, outro funcionário de justiça, vão a julgamento por crimes de corrupção. Este segundo estava em prisão domiciliária e vai aguardar julgamento em liberdade, disse o advogado Paulo Gomes.

O Ministério Público pode recorrer da decisão sobre a não pronúncia de alguns dos arguidos pelo Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) no prazo de 30 dias.

Estamos satisfeitos. Era exactamente esta a expectativa que tínhamos. Era aquilo que queríamos estávamos convictos disso. Foi uma decisão juridicamente correcta. Se o MP recorrer, nós responderemos", disse aos jornalistas o advogado que representou a Benfica SAD neste caso à porta do TCIC, Rui Patrício.

Os representantes jurídicos da Benfica SAD escusaram-se a comentar se está em cima da mesa processar Paulo Gonçalves ou se foi exigida uma indemnização após a queda da acusação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica está a ultimar a queixa contra os bloggers que têm divulgado emails e peças processuais do caso E-toupeira, avança o 'Sol'.

O semanário dá conta este sábado que a "maioria dos bloggers já está identificada" e que a Google "forneceu dados suficientes" que permitem às águias avançar com uma queixa contra as pessoas que estão por detrás desses blogues.

O 'Sol' acrescenta que "em causa estão pessoas ligadas ao Sporting e ao FC Porto e que alguns deles foram colegas de escola e amigos de Rui Pinto", o hacker que a 'Sábado' já tinha identificado há umas semanas.

Refira-se que a Procuradoria Geral da República já está a investigar este processo e que o mesmo está junto aquele em que Pinto da Costa e a administração da SAD do FC Porto foram constituídos arguidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Benfica SAD espera que seja esclarecedora a inspeção às garagens do Estádio da Luz. "É esse o nosso objetivo", afirmou aos jornalistas João Medeiros, no final de mais uma sessão da fase de instrução do processo e-toupeira, depois de questionado sobre a diligência marcada para quarta-feira, no estádio do Benfica.

João Medeiros afirmou que a sessão de ontem "correu bem", mas não avançou quaisquer detalhes sobre os assuntos abordados no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), nem se alongou sobre o alegado envolvimento do ex-assessor jurídico da Benfica SAD, Paulo Gonçalves, no caso e-toupeira.

"Essas são as questões que se discutem neste processo lá dentro e não no meio da rua", sublinhou, após uma sessão que durou cerca de duas horas e meia.

Sobre a ausência de Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, que também foi arrolado como testemunha da Benfica SAD e que pediu o adiamento da diligência de forma a poder acompanhar o jogo de Portugal-Polónia, para a Liga das Nações A, que se realiza hoje em Guimarães, e sobre se o responsável vai ser ouvido em nova data, João Medeiros deixou tudo em aberto.

"Ainda não tomámos posição quanto a isso", limitou-se a dizer.

Foram ouvidos pela juíza de instrução criminal Ana Peres o presidente da Liga de clubes, Pedro Proença, o diretor financeiro do Benfica, Miguel Moreira, e o diretor de comunicação do clube, Luís Bernardo, testemunhas arroladas pela Benfica SAD no processo e-toupeira.

Pedro Proença entrou e saiu do TCIC pela porta lateral, pelo que não foi visto pelos jornalistas, mas foi possível confirmar junto de diferentes fontes intervenientes neste processo que o dirigente deu o seu testemunho à juíza Ana Peres, tal como fonte da Liga adiantou à Lusa no início da tarde.

Miguel Moreira e Luís Bernardo, que não prestaram declarações à comunicação social à entrada para o TCIC, também evitaram as questões colocadas pela comunicação social à saída dos trabalhos.

"Correu bem", lançou apenas o diretor de comunicação do clube da Luz face à insistência dos jornalistas.

A fase de instrução do processo 'e-toupeira', requerida pelos quatro arguidos, incluindo a Benfica SAD, começou na quarta-feira da semana passada no TCIC, em Lisboa.

A instrução, fase facultativa que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue para julgamento, tem decorrido à porta fechada, com início sempre às 14:00, exceto no debate instrutório, agendado para 26 de novembro, e na leitura da decisão instrutória, sessões que serão públicas.

No Requerimento de Abertura de Instrução (RAI), a SAD do Benfica defende que a acusação do Ministério Público (MP) é infundada e que terá de cair nesta fase. O RAI assenta em três pontos essenciais, nomeadamente o desconhecimento dos factos imputados ao seu antigo assessor jurídico Paulo Gonçalves e restantes dois arguidos, ambos funcionários judiciais.

A acusação do MP considera que o presidente da Benfica SAD, Luís Filipe Vieira, teve conhecimento e autorizou a entrega de benefícios aos dois funcionários judiciais, por parte de Paulo Gonçalves, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais.

A SAD do Benfica está acusada de 30 crimes e Paulo Gonçalves de 79 crimes. O MP acusou a SAD do Benfica de um crime de corrupção ativa, de um crime de oferta ou recebimento indevido de vantagem e de 29 crimes de falsidade informática.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Com a confirmação que a SAD do Benfica foi constituída arguida no processo e-toupeira, os encarnados já preparam a defesa no processo.

Adianta o jornal A Bola, que o clube da Luz considera que a acusação foi incapaz de apresentar qualquer facto ou prova concreta sobre os crimes imputados à SAD. O Benfica pretende assim desmontar a acusação.

Um dos objetivos da defesa será tentar provar que a acusação não apresenta concretamente uma relação entre os factos imputados aos arguidos e o Conselho de Administração da SAD. Também considera que a acusação não conseguiu relacionar que tipo de uso foi dado às informações, que alegadamente, elementos da SAD terão tido acesso.

Em relação aos crimes imputados, cerca de 30, e de acordo com a referida fonte, o Benfica entende que a acusação dá como provado que os diretores da primeira linha do Benfica estão autorizados a pedir bilhetes e oferecer artigos de merchadising sem necessitar de autorização por parte de Luís Filipe Vieira. As águias consideram que a acusação se contradiz ao referir que estas ofertas foram feitas com autorização da SAD em contrapartida de informações, servindo esse dado para uma acusação por corrupção.

Em relação ao eventual "ok" dado por Luís Filipe Vieira para a cedência das águias, a defesa sustenta que o presidente das águias recebe milhares de emails com pedidos semelhantes.

Em relação às eventuais contrapartidas que o Benfica teria recebido por tais ofertas, o Benfica considera que a acusação ainda não se mostrou capaz de provar qual foi o uso ou vantagem que as águias retiraram, uma vez, que um dos arguídos já não exercia a função de observador de árbitros.

Em relação ao crime informático, o Benfica ironiza e considera "caricato que tendo sido o Benfica vítima do maior roubo e divulgação de correspondência privada", possa ser acusado pelo mesmo facto.

A Bola adianta ainda que em relação às sanções propostas pelo Ministério Público - que vão desde seis meses e três anos de suspensão de participação em competições oficiais -, não são proporcionais e não têm fundamento e enquadramento legal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

"O Conselho de Administração da Benfica SAD vem informar que recebeu hoje a notificação da acusação do processo n.º 64/21 da 9.ª Secção do DIAP de Lisboa. Depois de reunir e apreciar a dita acusação, vem informar os Sócios, adeptos e simpatizantes do Sport Lisboa e Benfica, bem como os seus accionistas e parceiros, do seguinte:
 
Como era expectável, a acusação em nada vem alterar a certeza já anteriormente afirmada de total licitude nos comportamentos e actuação da Benfica SAD neste ou em qualquer outro processo. Na dita acusação não existe qualquer facto mesmo que indiciário que permita a imputação à Benfica SAD dos crimes aí descritos. Nem existe qualquer conduta circunstanciada no tempo, modo e lugar que relacione a Benfica SAD com qualquer dos crimes aí descritos.
Aliás, crê-se que terá sido por esse mesmo motivo que a nenhum membro do Conselho de Administração da Benfica SAD foi feita qualquer imputação nem contra nenhum deles foi deduzida qualquer acusação. Tal como aquando da constituição de arguida neste processo, a Benfica SAD não pode deixar de repudiar, indignar-se quanto ao tempo, modo e forma como se viu envolvida nesta acusação sem existência de qualquer fundamento sério que o justifique.
 
A Benfica SAD assegura a todos os Benfiquistas que continuará a defender de forma intransigente a reputação do Benfica, que prestará toda a colaboração ao sistema judicial e espera, com a maior brevidade, demonstrar a sua inocência neste processo ou noutros em que tenha sido infundadamente envolvida.
A Benfica SAD apela a todos os Benfiquistas que confiem e transmitam essa confiança quanto à licitude dos seus comportamentos e à seriedade da sua actuação quotidiana no passado, no presente e no futuro. E garante que irá actuar neste processo com a mesma determinação com que recuperou a credibilidade do Benfica e a sua competitividade desportiva, financeira e patrimonial.
 
Por último, a Benfica SAD relembra aos Benfiquistas que até à presente data todas as decisões administrativas e judiciais de carácter definitivo nos foram favoráveis e afirmaram expressamente a licitude da nossa conduta. Assim, o debate comunicacional a que certamente iremos continuar a assistir, e onde não faltarão os tradicionais julgamentos em praça pública, em nada altera a confiança na independência dos tribunais e a certeza de que as decisões judiciais definitivas limparão o bom-nome e a honra do Sport Lisboa e Benfica. Que todos os Benfiquistas confiem nisto.
 
Viva o Benfica!"
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


O "Polvo Azul e Verde" começa a ser exposto!

por João Silva, em 26.04.18

Reproduzo uma transcrição de um excelente artigo do "Benfica Eagle" no blog NGB.

Esta semana começaram a ser conhecidos alguns dos nomes que estão ligados ao "Polvo Azul & Verde" que envolve o FC Porto e o Sporting CP, que uniram esforços para lançar uma campanha de difamação ao Benfica, com base em e-mails roubados por "hackers", e na denúncia anónima que ficou conhecida esta semana aparecem os NOMES dos principais responsáveis desportivos, judiciais, policiais e na comunicação social ligados às estruturas do Porto e do Sporting!
 
Para quem ainda não conhece a denúncia anónima que expõe os responsáveis pelo "POLVO Azul & Verde" recomendo a leitura dos posts deste blogue de 24 de Abril 2018,  publicados pelo BenficaByGB (GRAVÍSSIMO! Mentiras anti-Benfica orquestradas pelo FCPorto e elementos da PJ) e pelo Shadows (A tal denúncia, na versão integral).
 
Começam a vir a público muitos factos confirmados que já tinha adiantado a 7 de Março e a 18 de Março de 2018, neste mesmo blogue!
 
Já há várias semanas tinha exposto a ligação dos "blogues" envolvidos no caso dos e-mails às estruturas de Porto e Sporting, e respectivas agências de comunicação e respectivos "avençados"(ESCÂNDALO: Benfica apresenta queixa-crime contra Blogues "alegadamente" financiados por rivais - 18 de Março 2018). Também tinha referido que as investigações ao Blogue "Mercado de Benfica Polvo" tinham de ser direccionadas a norte, enquanto que Mister do Café e outros blogues do Sporting estarão alegadamente ligados e a serem financiados pela estrutura do Sporting CP / YoungNetworkA denúncia desta semana confirma isso mesmo!
 
Também referi a 7 de Março 2018 no post (BASTA! A "pouca vergonha" no futebol português vai ter de acabar!), que esta campanha de difamação ao Benfica tem como principal objectivo esconder e tirar a atenção dos inúmeros "escândalos" que envolvem o Porto e o Sporting (actualização da lista, com factos que vieram a público nas últimas semanas):
 
(1) Ameaças a Artur Soares Dias, no Centro de Estágio da Maia - árbitro que poderá ter "oferecido" este campeonato ao Porto, analisando-se as suas intervenções nos principais jogos em que arbitrou, onde se inclui o Benfica-Porto desta época.

(2) Justiça do Porto que permitiu que o Porto Canal andasse a divulgar e-mails privados do Benfica, resultantes de um ROUBO organizado por "hackers" ... e que ao que parece já "identificados".

(3) Alegada "Corrupção" no Estorilgate, que envolveu o Estoril-Porto, com a invasão de campo por parte dos SuperDragões, o adiamento do jogo e o "pagamento" de uma dívida no intervalo do jogo entre os 2 clubes. 

(4) Irregularidades do Porto no licenciamento da UEFA com a ocultação durante anos de dívidas a clubes, onde se incluia a dívida ao Estoril, não referenciada nos R&C's.

(5) Investigações criminais ao principal investidor da Sporting SAD (Alvaro Sobrinho) alegado responsável pelo desvio de mais de 600M€ do BES Angola, que ajudou ao colapso do Grupo BES e GES.

(6) Investigações criminais a Bruno de Carvalho, sobre alegados recebimentos de comissões nas transferências de jogadores, conforme tem sido denunciado por vários empresários.

(7) Escândalo dos VMOC's e o Escândalo das alegadas gravações entre Ricciardi e Sikander Sattar para "controlar" o Sporting (Sikander Sattar, responsável da KPMG Portugal e KPMG Angola com cargos na estrutura do Sporting CP, que auditava o BES Angola e BES Portugal e é responsável máximo pelas auditorias ao Sporting CP até 2012. O Responsável da KPMG Portugal & Angola já está a ser acusado publicamente nos últimos dias de ter ocultado mais de 5.000M€ de prejuízos no BES Angola, nas contas do BES Portugal e que ajudou ao colapso do Grupo BES e GES, com prejuizos de mais de 10.000M€ para o Estado Português e lesados do BES e GES)

(8) Tentativa de "desviar as atenções" para os mais de 150M€ de prejuízos da Porto SAD e os mais de 100M€ de prejuízos da Sporting SAD desde 2010, enquanto a Benfica SAD alcança mais de 75M€ de lucros desde 2010!

(9) Dificuldades do Porto em renovar com 10 jogadores importantes (Casillas, Ricardo, Marcano, Reyes, Maxi Pereira, Dalot, Brahimi, André André, Herrera, Hernâni) com contratos a terminar em 2018 e 2019, que poderão sair todos no próximo verão, além de outras vendas fundamentais para tapar prejuízos.

(10) Crise no Sporting provocada pelo Presidente Bruno de Carvalho, para despachar Jorge Jesus,criticando publicamente os jogadores no Facebook, com o objectivo de forçar uma "ruptura" com Jorge Jesus tentando mandar embora o Treinador no final da época sem pagar qualquer indemnização,  tendo já alegadamente um substituto contratado (treinador do Rio Ave - Miguel Cardoso).

(11) Dificuldades do Porto e do Sporting em renovar financiamentos bancários, seja em Portugal ou no estrangeiro, pelo facto de estarem "FALIDOS", situação que já ficou conhecida nos últimos dias (o "escândalo" público do "default" do Sporting nos 30M€ de empréstimo obrigacionista que vencem em Maio 2018e também as dificuldades do Porto em renovar o empréstimo obrigacionista de 45M€ que também vence a 26 de Maio 2018enquanto que o Benfica facilmente renovou no início de Abril 100M€ de financiamento na Banca estrangeira com melhorias contratuais, por via do contrato com a NOS e sem necessidade de apresentar "garantias" extra.
 
Devido a TODOS estes escândalos GRAVÍSSIMOS que envolvem o Porto e o Sporting, foi lançada uma campanha de manipulação da opinião pública e de ataque ao Benfica, para desviar a atenção de todos estes "ESCÂNDALOS" que já começam a ser conhecidos por parte da opinião pública ... e que já eram conhecidos em certos "círculos" e "corredores" do nosso país!
 
Não é por acaso que este post é publicado no 25 de Abril!
 
Os próximos meses serão ainda mais "interessantes" ;)
 
Fonte: NovoGeraçãoBenfica
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog