Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O desafio tem um duplo significado já que as duas equipas protagonizam mais um desafio da International Champions Cup, sendo que também está em jogo a Eusébio Cup.

Benfica e Lyon defrontaram-se apenas duas vezes na história, ambas em 2010, para a Liga dos Campeões. Em França a vitória foi dos gauleses, por 2-0, mas na Luz o Benfica conseguiu ganhar por 4-3.

Este é o derradeiro teste da formação do treinador Rui Vitória antes de defrontar o Fenerbahçe, para a 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da “Chamipons”, que se disputa dia 7 de agosto.

Segundo os últimos dados disponíveis a partida terá casa cheia, num recinto que tem capacidade para 30 mil espetadores.

Entre os 27 convocados a novidade chama-se: Luís Pinheiro. O jogador, de 18 anos, atual defesa-direito da equipa júnior, surge a colmatar a falta de Ebuehi que sofreu uma rotura no joelho esquerdo.

Convocados:

Guarda-redes: Svilar, Bruno Varela e Odysseas;

Defesas: Conti, Grimaldo, Luisão, Rúben Dias, Yuri, Lema, Jardel, André Almeida e Luís Pinheiro;

Médios: Fejsa, Cervi, Alfa Semedo, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Samaris, Rafa, Keaton Parks, João Félix e Gedson Fernandes;

Avançados: Jonas, Seferovic, Ferreyra e Castillo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luis_Filipe_Vieira.jpg

Em Newark, Luís Filipe Vieira deixou a garantia de que 2018/2019 «será a época da reconquista» do Benfica. «E de regresso rápido ao nosso ciclo vitorioso e de hegemonia do futebol português», afiançou.

De visita ao Sport Newark e Benfica, onde foi recebido por multidão de adeptos entusiastas, o presidente dos encarnados deixou vincada mensagem de credibilidade e otimismo:

«O Benfica de hoje é um clube moderno, organizado, responsável, sustentável, credível e preparado para continuar a vencer. É um clube que a todos, sem exceção, deve encher de orgulho. O Benfica de hoje é o clube mais rentável de Portugal, é o único clube que consegue que nove dos dez principais patrocinadores sejam multinacionais de referência; é o único clube que está em vias de recuperar os seus capitais próprios a 100 por cento; é o maior clube de Portugal em número de sócios e um dos três maiores do mundo; é o clube português que mais jogadores forneceu às seleções que disputaram o último Mundial; é a base da maioria das seleções jovens nacionais; é o clube que mais títulos conquistou nos últimos cinco anos; é um clube com uma estabilidade diretiva ímpar; é o clube que tem o melhor estádio do País, único capaz de receber finais de Champions ou de campeonatos europeus; é o clube que tem o melhor centro de formação e estágio do País, distinguido recentemente como melhor academia do mundo; é o único clube que enche os estádios portugueses na qualidade de visitante.»

«É por tudo isto que afirmo que não somos grandes, somos gigantes», realçou Luís Filipe Vieira.

Com a nova temporada prestes a ter início, ficou também o apelo à valorização do futebol português: «Torna-se exigível, a todos, mas todos, sem exceção, contribuírem para uma melhoria do ambiente no desporto português. O Benfica saberá honrar a sua história dando um contributo de serenidade e de paz ao futebol português

Fonte: abola.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Foi um bom jogo, frente a uma equipa difícil

por João Silva, em 26.07.18

O Benfica estreou-se em bom plano na Internacional Champions Cup em futebol, ao bater o Borussia Dortmund por 4-3, nas grandes penalidades, após um jogo que empatou a dois, depois de estar a perder por 2-0.

Maximilian Philipp marcou dois golos de rajada para os alemães, aos 20 e 22 minutos, mas o Benfica, que até tinha entrado melhor, conseguiu chegar ao empate na segunda parte, com tentos de André Almeida, aos 51', e Alfa Semedo, aos 69'.

André_Almeida.jpg

A formação encarnada entrou em 4-3-3, com André Almeida, Rúben Dias, Jardel e Grimaldo, à frente de Svilar, um meio campo com Fejsa, Gedson Fernandes e Pizzi e dois extremos (Zivkovic e Rafa) no apoio ao ponta de lança Castillo.

O Benfica começou bem, com pressão muito alta, a condicionar a saída de bola do adversário, mas sem criar perigo, ao contrário dos alemães.

O Dortmund chega à vantagem de dois golos, o primeiro aos 20 minutos, após jogada entre Larsen e Götze, com passe do dinamarquês, e depois, aos 22, após uma assistência do autor do golo que decidiu o Mundial2014.

Para a segunda parte, Rui Vitória trocou o trio da frente, fazendo entrar Salvio, Cervi e Ferreyra, e o Benfica reduziu aos 51 minutos, por André Almeida, na área, sobre a direita, após assistência de Pizzi.

Aos 69 minutos, chegou à igualdade, com Alfa Semedo a rematar à entrada da área contra a defesa, a ganhar o ressalto, a isolar-se e, com calma, a bater Hitz.

Alfa_Semedo.jpg

Na parte final, Rui Vitória, que ainda fez entrar Ebuehi e Lema, tentou chegar ao terceiro, que Alfa Semedo e Salvio tiveram na cabeça, mas o Dortmund também teve duas ocasiões.

Seguiram-se os penáltis, para atribuir dois pontos ao vencedor e um ao vencido, e o Benfica levou a melhor, com Sergio Gomez, ao terceiro pontapé, e Samaris, ao oitavo, a atirarem ao ferro e Svilar a fazer a diferença ao nono, ao parar Isak.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A equipa de Rui Vitória era cabeça de série neste sorteio e tinha como possíveis adversários ainda o Spartak Moscovo (Rússia), o Standard de Liège (Bélgica) e o Slavia de Praga (Rep. Checa). 

 

Benfica - Fenerbahce

PAOK/Basileia - Spartak de Moscovo

Slavia de Praga - Dínamo de Kiev

Standard de Liège - Ajax/Sturm Graz

 

O Fenerbahce acabou a última edição da liga turca no segundo lugar, a três pontos do campeão Galatasaray. 

Na Liga Europa não passou do play-off, onde caiu às mãos do modesto Vardar, da Macedónia. 

A primeira mão do Benfica-Fenerbahce vai realizar-se a 7 ou 8 de agosto, e a segunda será feita a 14 de agosto. 

Os vencedores da terceira pré-eliminatória terão ainda de disputar o play-off, antes de terem acesso à Fase de Grupos da Liga dos Campeões. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confissão de Peter Beardsley, antigo internacional inglês que representou Liverpool e Everton nas décadas de 80 e 90, depois de assistir a um treino do Benfica no St. George’s Park, aberto a treinador ingleses que estão a finalizar o curso UEFA A.

«Com todo o respeito que tenho pelos outros clubes portugueses, nós, em Inglaterra, vemos o Benfica como o melhor de Portugal. Desejo-vos toda a sorte do mundo e espero que consigam alcançar a fase de grupos da Liga dos Campeões», referiu à BTV, recordando o início da «maravilhosa» relação do Benfica com o futebol inglês – o Mundial de 66, em Terras de Sua Majestade, onde brilhou Eusébio da Silva Ferreira. 

- Eusébio era um jogador de topo mundial, não há qualquer dúvida. Ele e Pelé, na altura, eram como Ronaldo e Messi agora. Havia essa competição e rivalidade, mas ele era uma superestrela. Quando me lembro dele, e do que fazia com a bola em campo… Eu tinha cinco anos na altura, nesse Mundial. Eusébio e Pelé eram, para mim, dois jogadores muito especiais e provavelmente os dois melhores futebolistas da época em que cresci.

Sobre a sessão de treino, Beardsley, que orienta agora os sub-23 do Newcastle, mostrou-se igualmente surpreendido com os métodos dos encarnados: «Foi incrível. Não temos muitas oportunidades de ver outras equipas aqui, nos períodos em que aqui estamos. Nem sempre coincide. A técnica, a velocidade, o ritmo, a qualidade… a qualidade, foi realmente um prazer de assistir. Todos queremos ser treinadores, todos queremos ser melhores. Ver isso hoje, a forma como foi orientado, organizado, foi realmente muito bom

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Benfica vence Torneio do Sado

por João Silva, em 14.07.18

Benfica_Torneio_do_Sado.jpg

O Benfica empatou (1-1) com o V. Setúbal, esta sexta-feira, num jogo disputado no Estádio do Bonfim, relativo ao Torneio Internacional do Sado. Ferreyra (33') marcou na primeira parte para as águias de cabeça, mas Vasco Fernandes (53') faria o empate para a equipa do Bonfim na etapa complementar.

Apesar das duas equipas terem somado um empate e uma vitória nos dois jogos que disputaram neste torneio, o Benfica sagrou-se vencedor fruto de ter mais golos marcados.

O Benfica surgiu no Estádio do Bonfim perante o Vitória de Setúbal com algumas alterações no onze inicial, como seria de esperar, face à equipa que jogou frente aos sérvios do Napredak. O treinador Rui Vitória voltou a apostar no reforço Conti para fazer dupla com Jardel no eixo da defesa, e fez estrear na equipa inicial o guarda-redes Vlachodimos e Ferreyra na frente.

Nota ainda para os primeiros minutos de Ebuehi, recém-chegado aos encarnados. O defesa nigeriano, que esteve presente no Mundial, entrou na etapa complementar.

Convém lembrar que na equipa encarnada estiveram ausentes Luisão e Krovinovic, a recuperar lesão, e ainda Rúben Dias, Salvio, Zivkovic e Carrillo, que estiveram no Mundial 2018.

A equipa de Rui Vitória parte este domingo para Inglaterra onde cumprirá um novo estágio de pré-época. A próxima partida dos encarnados está agendada para o dia 21 de julho em Zurique diante do Sevilha.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com