Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A equipa de Rui Vitória somou neste domingo, no Funchal, a sua quinta vitória consecutiva ao derrotar o Marítimo. Cinco triunfos (sete nos últimos oito encontros) em que marcou nove golos e não sofreu nenhum. E, no entanto, as exibições continuam a não convencer ou empolgar.

Perante um adversário que está a atravessar um mau momento - 12 encontros consecutivos sem ganhar - o Benfica demorou a impor-se.

Durante 20 minutos os benfiquistas foram incapazes de se aproximar com perigo da baliza adversária. Com algumas alterações no onze incial que tinha jogado a meio da semana passada para a Liga dos Campeões contra o AEK — entraram Jonas, Fejsa, Zivkovic e Cervi, saindo Seferovic, João Félix, Alfa Semedo e Rafa - o Benfica mostrou-se sem ideias e sempre muito dependente do desinspirado Pizzi. 

Com Zivkovic de um lado e Grimaldo do outro a causarem desequilíbrios, a equipa de Rui Vitória ameaçou um par de vezes a baliza de Amir Abedzadeh. E foi já muito perto do intervalo que, em mais um lance de insistência dos benfiquistas, Jonas foi derrubado pelo guarda-redes maritimista e, na conversão da grande penalidade, marcou o único golo da partida.

Jonas_Maritimo.jpg

No segundo tempo pouco ou nada se passou. O Marítimo, apesar de querer dar a volta ao marcador, deixou sempre bem evidentes as suas limitações e praticamente não criou perigo junto da baliza de Odysseas. Já o Benfica, limitou-se a controlar a partida e o resultado e durante os segundos 45 minutos só por uma vez esteve perto do golo, numa jogada em que Jonas já não teve forças para finalizar.

Com Montalegre (Taça de Portugal) e depois Sporting de Braga (campeonato) no horizonte, o Benfica terá duas boas oportunidades para comprovar as suas melhoras. 

O Homem do Jogo

Jonas mostrou novamente o quão importante é para a equipa do Benfica, ao marcar o golo decisivo, o quinto nos últimos cinco jogos da equipa “encarnada”, numa grande penalidade por ele sofrida. Este foi um dos três remates à baliza do brasileiro (máximo da noite), que deu ainda nas vistas com dois duelos aéreos ofensivos disputados, ambos por ele ganhos. Acabou, no entanto, por desperdiçar uma ocasião flagrante de golo, o que fez com que terminasse a partida com nota 7.1 nos GoalPoint Ratings – ainda assim, a mais alta da noite.

Jogadores em Foco

  • Zivkovic 6.0 – A render Rafa no ataque do Benfica, o sérvio deu nas vistas com dois passes para finalização e três dribles eficazes em cinco tentativas.
  • Grimaldo 5.7 – O espanhol fez dois disparos, ambos enquadrados, e criou duas situações de remate. Falhou 17 passes, seis deles no próprio meio-campo, e perdeu a posse em 22 ocasiões. Ainda assim, contabilizou 99 acções com bola e seis intercepções, ambos máximos da partida.
  • Pizzi 5.0 – Foi o jogador “encarnado” com mais passes para finalização, três, mas teve uma noite para esquecer, errando sete passes curtos, perdendo a posse 23 vezes e sendo desarmado em seis ocasiões.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19








Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog