Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ambiente espetacular no Estádio Cidade de Coimbra, com a "onda vermelha” a responder em força à convocatória, para apoiar o Bicampeão em mais uma “final” do Campeonato Nacional.

Académica_Benfica_1.jpg

O Benfica em busca da vitória para manter a liderança isolada da Liga NOS; a Briosa, à procura de pontuar para assegurar o mais rapidamente possível a fuga aos perigosos lugares de despromoção.

Apenas com uma alteração face ao onze que subiu ao relvado do Allianz Arena, com Samaris a trocar com Fejsa, foi um Benfica personalizado e convicto que entrou em campo.

Aos 16’, Mitroglou deu o mote, mas na resposta, em contra ataque, foi mesmo a Briosa quem se adiantou no marcador. Cruzamento de Rafa na esquerda, alívio para a entrada da área da defesa “encarnada”, com Pedro Nuno a rematar colocado sem hipótese para Ederson.

O Benfica, em organização e posse de bola, iniciou então uma autêntica cavalgada rumo à baliza de Pedro Trigueira, com Gaitán, Jonas, Pizzi e Mitroglou a testarem a atenção do guarda redes adversário.

Do outro lado, a Académica baixou ainda mais as linhas, apostando no erro… Aos 39’, finalmente o golo da justiça! Pizzi cruza para a área e, nas alturas, surge Mitroglou a cabecear como mandam as regras para o empate.

Académica_Benfica_2.jpg

Até ao intervalo, numa primeira metade intensa e emotiva, autêntico “massacre” dos comandados de Rui Vitória, a carregarem com tudo em busca da vantagem. Pizzi e Jardel tiveram soberanas oportunidades, mas a redondinha não quis entrar e o empate manteve-se.

Segunda metade e enorme, enormíssimo Benfica! Primeiro Gaitán, de livre direto, depois Eliseu num cruzamento viperino… Seguiu-se Jonas – para a defesa da noite de Trigueira – mais uma! - (67’), depois foi a vez de Jardel…

Já com Carcela e Talisca em campo, o Benfica continuou a carregar com tudo, perante uma Briosa a fechar as linhas por completo, a defender com tudo e todos e “queimar” minutos atrás de minutos em claro anti jogo…

Gaitán, Talisca, Mitroglou tentaram de forma incansável mas foi Raúl, recém entrado, que aos 85’, recebe no peito, desvia de Iago e, de primeira, remata para o 1-2! Golaço do mexicano a trazer justiça ao marcador em Coimbra!

Académica_Benfica_3.jpg

Vitória justa, na Briosa, numa reviravolta épica! Faltam cinco finais!

O Benfica alinhou de início com Ederson; André Almeida, Lindelof, Jardel e Eliseu (Raúl, 80’); Samaris (Talisca, 70’), Renato Sanches, Pizzi (Carcela, 61’) e Gaitán; Jonas e Mitroglou.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com