Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Benfica SAD espera que seja esclarecedora a inspeção às garagens do Estádio da Luz. "É esse o nosso objetivo", afirmou aos jornalistas João Medeiros, no final de mais uma sessão da fase de instrução do processo e-toupeira, depois de questionado sobre a diligência marcada para quarta-feira, no estádio do Benfica.

João Medeiros afirmou que a sessão de ontem "correu bem", mas não avançou quaisquer detalhes sobre os assuntos abordados no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), nem se alongou sobre o alegado envolvimento do ex-assessor jurídico da Benfica SAD, Paulo Gonçalves, no caso e-toupeira.

"Essas são as questões que se discutem neste processo lá dentro e não no meio da rua", sublinhou, após uma sessão que durou cerca de duas horas e meia.

Sobre a ausência de Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, que também foi arrolado como testemunha da Benfica SAD e que pediu o adiamento da diligência de forma a poder acompanhar o jogo de Portugal-Polónia, para a Liga das Nações A, que se realiza hoje em Guimarães, e sobre se o responsável vai ser ouvido em nova data, João Medeiros deixou tudo em aberto.

"Ainda não tomámos posição quanto a isso", limitou-se a dizer.

Foram ouvidos pela juíza de instrução criminal Ana Peres o presidente da Liga de clubes, Pedro Proença, o diretor financeiro do Benfica, Miguel Moreira, e o diretor de comunicação do clube, Luís Bernardo, testemunhas arroladas pela Benfica SAD no processo e-toupeira.

Pedro Proença entrou e saiu do TCIC pela porta lateral, pelo que não foi visto pelos jornalistas, mas foi possível confirmar junto de diferentes fontes intervenientes neste processo que o dirigente deu o seu testemunho à juíza Ana Peres, tal como fonte da Liga adiantou à Lusa no início da tarde.

Miguel Moreira e Luís Bernardo, que não prestaram declarações à comunicação social à entrada para o TCIC, também evitaram as questões colocadas pela comunicação social à saída dos trabalhos.

"Correu bem", lançou apenas o diretor de comunicação do clube da Luz face à insistência dos jornalistas.

A fase de instrução do processo 'e-toupeira', requerida pelos quatro arguidos, incluindo a Benfica SAD, começou na quarta-feira da semana passada no TCIC, em Lisboa.

A instrução, fase facultativa que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue para julgamento, tem decorrido à porta fechada, com início sempre às 14:00, exceto no debate instrutório, agendado para 26 de novembro, e na leitura da decisão instrutória, sessões que serão públicas.

No Requerimento de Abertura de Instrução (RAI), a SAD do Benfica defende que a acusação do Ministério Público (MP) é infundada e que terá de cair nesta fase. O RAI assenta em três pontos essenciais, nomeadamente o desconhecimento dos factos imputados ao seu antigo assessor jurídico Paulo Gonçalves e restantes dois arguidos, ambos funcionários judiciais.

A acusação do MP considera que o presidente da Benfica SAD, Luís Filipe Vieira, teve conhecimento e autorizou a entrega de benefícios aos dois funcionários judiciais, por parte de Paulo Gonçalves, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais.

A SAD do Benfica está acusada de 30 crimes e Paulo Gonçalves de 79 crimes. O MP acusou a SAD do Benfica de um crime de corrupção ativa, de um crime de oferta ou recebimento indevido de vantagem e de 29 crimes de falsidade informática.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19







Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog