Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Benfica_Arouca.jpg

Era um jogo a meio de uma semana de Inverno contra um adversário de segunda divisão. Não havia muita gente nas bancadas da Luz para um encontro que não se esperava que tivesse grande história, com o favoritismo todo do lado do Benfica, que pretendia usar esta eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Arouca, como relançamento de uma época que não tem corrido nada bem. 

Rui Vitória apresentou uma equipa de segundas escolhas e temperada com alguns titulares habituais. Jogadores como Svilar, Alfa Semedo, Conti ou Krovinovic (de regresso à actividade após dez meses de ausência) tinham a sua oportunidade ao lado dos indiscutíveis Jonas, Seferovic, Rúben Dias e Grimaldo.

Pensaria o técnico do Benfica que talvez fosse uma equação para resolver cedo frente a um Arouca que já não é uma equipa de primeira desde 2017. Em todos os jogos anteriores na Luz, o Arouca só tinha conhecido a derrota, mas percebeu-se que queria algo mais neste jogo de Taça, assente numa boa estratégia defensiva e de aproveitamento dos espaços concedidos por um adversário composto por jogadores pouco habituados a actuar juntos.

O Benfica segue em frente na Taça de Portugal, mas só um golo de Rafa nos descontos evitou o prolongamento. As águias estiveram a perder devido a um golo de Bukia (19') e só chegaram ao empate em cima do intervalo, por Jonas (42'). No segundo tempo, quando já se adivinhava mais meia-hora de jogo, Rafa resolveu (90'+3).

Com a proximidade de um decisivo jogo europeu, esta vitória da forma como aconteceu, não tranquiliza ninguém, nem serve para moralizar uma equipa ou galvanizar adeptos. Pelo contrário.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog