Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Discurso de LFV durante o jantar de Natal

por João Silva, em 14.12.18

Luís Filipe Vieira proferiu um discurso otimista durante o jantar de Natal em que estiveram funcionários, atletas, equipas técnicas e colaboradores do Benfica.

O presidente dos encarnados elogiou o trabalho desenvolvido pela sua direção e não escondeu que ao nível desportivo o objetivo das águias é a reconquista do título já esta época.

"Ficamos orgulhosos pelo reconhecimento que existe relativamente ao trabalho que foi desenvolvido pelos benfiquistas nestes últimos 18 anos.

No campo desportivo voltámos aos tempos do tri, até de um único tetra, de novas finais europeias, de grandes vitórias nas modalidades de pavilhão e projeto Benfica olimpico", constatou o líder benfiquista.

"Consolidámos a estratégia de aposta nos atletas formados no Benfica. Para este ano o mote é a reconquista, para consolidar uma hegemonia que muito trabalho nos deu a conquistar", prosseguiu.

Vieira anunciou, ainda, a expansão do Caixa Futebol Campus, cuja conclusão das obras está prevista para o próximo mês. "É o nosso presente de Natal e de Ano Novo. 

Um Caixa Futebol Campus ainda mais forte, apetrechando o clube com um dos mais avançados complexos desportivos de futebol do mundo. Que faremos questão de abrir e mostrar a todos os benfiquistas."  Ler discurso completo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luís Filipe Vieira deu uma conferência de Imprensa no Estádio da Luz na noite de quinta-feira para falar exclusivamente sobre a temática "treinador". O presidente do Sport Lisboa e Benfica explicou as suas convicções e esclareceu como se processou a tomada de decisão da permanência de Rui Vitória no comando da equipa.

«Rui Vitória continuará a ser o nosso treinador. Não vou esconder que falámos sobre a sua continuidade ou não. Rui Vitória é um treinador comprometido com o projeto do Benfica, que assenta muito na formação dos nossos jovens no Seixal. Rui Vitória lançou jovens como Ederson, Lindelof, Nélson Semedo, Renato Sanches. E agora, numa fase em que estamos a reter talento, lançou Gonçalo Guedes, Rúben Dias, Iuri Ribeiro, Gedson e João Félix», afirmou.

«Há um descontentamento generalizado nos benfiquistas, os resultados não têm sido os melhores, mas para o projeto do Benfica é importante que o Rui Vitória continue. Todos os títulos em Portugal estão em aberto. Nos dois primeiros anos conseguiu ganhar seis títulos, nesses dois anos foi eleito treinador do ano e garantiu um lugar nos oitavos de final da Liga dos Campeões. No terceiro ano as coisas não correram pelo melhor, esta época ainda não acabou», realçou Luis Filipe Veira.

«Nos últimos dez anos o Benfica teve dois treinadores que conquistaram dez títulos. Basta comparar com os nossos rivais e ver quantos treinadores tiveram…», referiu, destacando a «estabilidade» como mais-valia do emblema da águia.

Luís Filipe Vieira relatou a conversa que manteve com Rui Vitória na manhã desta quinta-feira, no Seixal.

«Foi uma decisão muito amadurecida durante a noite. Comuniquei-a ao Tiago Pinto numa primeira fase. Depois foi esperar que o Rui Vitória chegasse e falámos um pouco. Disse-lhe o que pensava do Benfica e da sua continuidade no Benfica, se ele estava preparado e motivado para continuar face ao que tinha acontecido. Perante a opinião pública, Rui Vitória parecia uma carta fora do baralho».

«A responsabilidade da decisão assenta em mim. Houve um grupo de pessoas reunidas no dia anterior e a decisão apontava para um sentido. Depois de refletir muito durante a noite, decidi noutro sentido. Veremos se o tempo me dá razão ou não. Temos uma SAD e administradores, nem todos alinhamos, mas depois de as decisões estarem tomadas, estamos todos de acordo», frisou.

Vieira deixou o aviso: «No dia em que o Benfica for comandado de fora para dentro alguma coise está mal. Fui eleito para tomar decisões.»

E recuou à noite mal dormida no Seixal. «Dormi no Seixal. Horas de sono foram poucas. Meditei bastante. A primeira pessoa a quem comuniquei a decisão foi o Tiago Pinto, que ficou um pouco perplexo. Também já li no passado que Vieira ficou isolado e depois ficámos isolados no primeiro lugar do campeonato.»

A reconquista, acredita, continua a ser possível. E com Rui Vitória ao leme da nau encarnada.

«Achamos que temos plantel suficiente para fazer a reconquista. Rui Vitória será de certeza o treinador até final da época, salvo algum imprevisto que possa surgir de um momento para o outro», ressalvou.

Ler mais aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

homenagem-campeoes-europeus-Benfica.jpg

Luís Filipe Vieira, presidente do Sport Lisboa e Benfica, marcou presença no Auditório António Almeida Santos, na Assembleia da República, onde decorreu, esta quinta-feira, uma homenagem aos Campeões Europeus de 1961 e 1962, organizada pela Associação de Benfiquistas no Parlamento.

O líder dos encarnados recordou a preservação da história feita diariamente pelo Clube através do Museu Benfica – Cosme Damião; reconheceu a importância do feito alcançado pelos homenageados – e muitos outros – na globalização do futebol português e do Benfica; apontou para o futuro, projetando novos feitos do ponto de vista desportivo, mas também na sustentação da instituição ao nível das infraestruturas.

“Não há futuro sem memória e no Benfica sabemos bem o quanto isto é verdade. Há quase duas décadas iniciámos um processo de valorização da nossa história, da história do Sport Lisboa e Benfica, do seu património ímpar de vitórias e de conquistas, mas, também, de apoio a quem as concretizou”, começou por afirmar.

O Museu Cosme Damião é a face mais visível desse esforço de constante valorização da memória do Clube, dos seus símbolos e dos seus feitos. Um esforço de reconhecimento do passado e de apoio no presente. Saudamos, por isso, a Associação de Benfiquistas no Parlamento por esta justa homenagem aos Campeões Europeus de 1961 e 1962 e aos participantes de outras finais dessa década de ouro: Ângelo Martins, António Simões, Artur Santos, Fernando Cruz, José Augusto e Mário João, aqui presentes e homenageados, representam juntos a conquista de 82 títulos de Campeões Nacionais e Europeus. Feito absolutamente notável. Vocês, os seis, são os justos homenageados desta noite”, considerou.

“Mas é justo que se recordem aqueles que, de igual forma, contribuíram para essas conquistas: Costa Pereira, Cavém, Germano, José Neto, Joaquim Santana, Mário Coluna, José Águas, capitão nas duas finais, e Eusébio, símbolo maior de todos nós e que aqui também já homenageámos. O treinador Béla Guttmann e os presidentes Vieira de Brito e Fezas Vital. As vossas conquistas pioneiras confirmaram o Benfica como referência desportiva nacional e internacional”, lembrou Luís Filipe Vieira.

“Portugal foi pioneiro da globalização, através dos descobrimentos. O Sport Lisboa e Benfica foi pioneiro da globalização do futebol português. O Benfica é uma instituição que sempre soube projetar, dignificar e honrar o nome de Portugal. Quando pensamos sobre as instituições que mais se identificam com o País, que mais o representam, que maior ligação genuína têm ao seu povo, o nome do Sport Lisboa e Benfica surge naturalmente à cabeça. Foi graças ao nosso património de valores, de conquistas e de articulação entre a memória e o presente que o Benfica em muitos pontos do mundo é Portugal”, enfatizou.

Homenagem aos Campeões Europeus

Foi o vosso exemplo desportivo excecional que nos levou a querer ter no Benfica melhores condições de trabalho para a formação, para as várias modalidades e para uma crescente participação desportiva através de equipas masculinas e femininas. Nos últimos anos é reconhecido por todos o crescimento que o nosso Clube tem tido em infraestruturas, património, consolidação financeira e resultados desportivos. Hoje, o Benfica é visto como um exemplo de gestão desportiva em termos internacionais. Reconhecimento só possível devido ao ciclo de estabilidade e crescimento que criámos”, enalteceu.

“Na última década invertemos o ciclo de vitórias existente no futebol português, conquistando 17 títulos, mais do que qualquer outro clube. Para isso, muito contribuiu a estabilidade que imprimimos a este projeto, bem exemplificado pelo facto de o Benfica, nesse período, apenas ter tido dois treinadores. Entrámos agora num novo ciclo, com novos projetos e obras que são garantia de um Benfica ainda mais forte, sólido e ambicioso no futuro”, vaticinou o presidente das águias.

“Foi a memória dos vossos feitos que nos desafiou a querer transformar a excecionalidade das vossas conquistas em algo estrutural. Portugal é hoje uma referência internacional em várias áreas. O futebol é uma das maiores manifestações sociais, uma relevante indústria da economia nacional e uma plataforma para a internacionalização do país. E estando na casa da democracia, gostaria de realçar e relembrar o contributo absolutamente decisivo e único que os clubes, nas mais diferentes modalidades, têm dado ao desporto nacional”, destacou.

As instituições desportivas prestam um serviço à comunidade, sem paralelo na afirmação conjunta da promoção do desporto, responsabilidade social e afirmação do país”, acrescentou.

Termino, reafirmando que, no Benfica, sabemos de onde partimos, onde estamos e onde queremos estar. Com memória. Com presente. E com sentido de futuro. Obrigado à Associação de Benfiquistas no Parlamento. Parabéns aos homenageados! Viva o Sport Lisboa e Benfica! Viva Portugal”, assegurou Luís Filipe Vieira. Ler mais em SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Num momento complicado para o Benfica, que não vence desde o jogo com o Sertanense, relativo à terceira eliminatória da Taça de Portugal, Luís Filipe Vieira vai acompanhar a equipa na deslocação a Tondela, procurando passar uma mensagem de confiança, mas também de exigência ao plantel liderado por Rui Vitória.

A acompanhar o presidente do Benfica estarão José Eduardo Moniz e Domingos Almeida Lima, ambos vice-presidentes, bem como Rui Cunha, vogal do Conselho Fiscal, além de Alcino António e Sílvio Cervan, vice-presidentes suplentes.

Esta acção visa reforçar as condições da equipa e do treinador, que desde o jogo com o Belenenses tem sido muito contestado, para chegar ao triunfo. Na derrota com os azuis, houve mesmo lenços brancos, cenário repetido nas recepções a Moreirense - após o desaire por 3-1 pedindo-se mesmo, nas bancadas, a demissão de Rui Vitória.

Luís Filipe Vieira enfrenta alguma pressão interna, pois há quem defenda que Rui Vitória já não reúne condições para se manter nas águias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A fazer um grande arranque de temporada no Al Hilal (10 vitórias em 10 jogos), Jorge Jesus voltou a falar à comunicação social portuguesa, sobre… Luís Filipe Vieira.

Em declarações ao jornal O Jogo, o técnico encarnado mais titulado (10 troféus) da Era Vieira deixou vários elogios ao dirigente das águias, que considera ter sido o grande responsável pela reabilitação do clube.

«É um Presidente a tempo inteiro para o clube. Está sempre em cima do acontecimento. Recuperou o Benfica desportiva e financeiramente, transformando-o num clube moderno. (…) É um grande líder, sempre muito próximo dos jogadores e da estrutura», afirmou o treinador de 64 anos.

Ao jornal O Jogo falou também Quique Flores, antigo treinador dos encarnados. O técnico espanhol considera que Luís Filipe Vieira é um «Presidente especial e duro, mas com sensibilidade», que entende de futebol e que «sabe o que quer e como quer». Nas suas curtas declarações, o timoneiro de 53 anos abordou, igualmente, a sua passagem por Portugal.

«É um dos melhores presidentes com quem trabalhei. Os anos passaram, mas continuamos com uma boa relação. Entendi o que queria, mas não tivemos a possibilidade de comprar muitos jogadores. Foi um ano de transição em que contratámos o Aimar e outros jogadores secundários e não conseguimos o primeiro lugar. Depois, o clube contratou jogadores importantes e deu um salto qualitativo para colocar o Benfica num grande patamar», confessou.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na véspera de completar 15 anos como presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira concedeu à TVI uma grande entrevista em que abordou uma série de temas do passado, presente e futuro do Clube. E fez diversas revelações...

TELEFONEMA ESCLARECIDO

“Vender Rui Vitória [em dezembro de 2017]? Não. Normalmente quando fazemos um contrato com um treinador é para cumprir. Primeiro do que tudo dizer que é de estranhar como aparece uma conversa destas [com um empresário] na Comunicação Social. Disseram-me quais eram as condições e o Benfica disse qual era a cláusula de rescisão, e tudo o que seja para melhorar a vida do nosso treinador… Rui Vitória conhecia a proposta [do Everton], era muito superior à do Benfica. Manifestou-me que não queria sair e que queria levar o projeto até ao fim. Havia um conhecimento do processo através do seu empresário. Clarificámos um com o outro, está mais do que clarificado. Pelas condições que me disseram que ele iria fazer o contrato, não era eu que lhe iria cortar as pernas, nunca o fiz. A diferença de vencimentos era oito vezes mais.”

RUI VITÓRIA “É O HOMEM CERTO”

“Há hoje uma grande injustiça em relação a Rui Vitória... Nos dois primeiros anos de Benfica, conquista seis títulos; é campeão com o recorde de pontos: 88; vai aos oitavos e quartos de final da Liga dos Campeões. Tem feito um trabalho fantástico, consegue ter equipas competitivas, lançando sempre jogadores da formação. É o homem certo para o projeto que o Benfica quer. Por minha vontade, será o treinador do Benfica até ao final do contrato. Tem havido um tipo de crítica a Rui Vitória que ele não merece. O Benfica vive pelos seus meios e não quer ser amarrado financeiramente. Continua a investir no Caixa Futebol Campus, porque ali produzem-se verdadeiros campeões. Rui Vitória é o treinador mais indicado para continuarmos a desenvolver este projeto. Além dos jogadores lançados, temos previstos mais três ou quatro para a próxima época. O Benfica não pode andar aos ziguezagues, ao sabor dos resultados. O Benfica está a preparar-se para dominar o futebol português. Queremos ganhar e é com Rui Vitória que vamos ganhar.”

PRESENTE E FUTURO PASSAM PELO SEIXAL

“Todo o nosso projeto assenta no Seixal. As pessoas têm de entender que o Benfica não deverá fazer o que fez no passado. Temos de ganhar com os talentos e já provámos que podemos ganhar com eles. Nesta altura estamos a reter os talentos. Não saem a não ser pela cláusula de rescisão. Imagine que tínhamos conseguido reter os outros talentos que saíram... Já temos a base da Seleção Nacional. Se tivermos ofertas de 20/25 milhões de euros, não deixamos. Tivemos ofertas de 40 milhões e 35 milhões nesta época e não vendemos. Qualquer jogador que entre na primeira equipa do Benfica é logo blindado com cláusulas de rescisão elevadas. Gedson renovou e João Félix também vai renovar. Se tivéssemos ganho ao FC Porto… Não ganhámos por um detalhe, mas fomos competitivos, estivemos na luta até ao fim. Quando um jogador recebe uma proposta 2,5 milhões de euros limpos [por ano], como é que se retém este jogador? A única hipótese de sonhar com uma conquista europeia é retendo talento. Há jogadores com 10, 11 e 12 anos de Benfica e podem ficar mais dois ou três anos para irem ao encontro à ambição do Benfica, que é fazer um determinado trajeto na Europa. Depois, poderão sair.”

MOMENTO DESPORTIVO

Compreendo que as pessoas ficassem frustradas com o jogo que perdemos com o Belenenses. Lenços? O que mais me aborreceu foi ver pessoas a sair ao intervalo. Espero que continuem a apoiar como têm apoiado. Ainda no jogo com o Ajax estavam lá 3000. Na hora da derrota temos de estar juntos, porque só juntos ganhamos. Foi sempre assim. São os Sócios que contagiam e arrastam para os êxitos. Num momento negativo não se pode pôr tudo em causa, porque aquilo que se fez até hoje custou muito a fazer. Há 17 anos, o Benfica partiu com um endividamento de 365 ou 370 milhões de euros. Hoje tem 150 milhões de euros de dívida pelos empréstimos obrigacionistas. É autossuficiente há quatro anos. A grande maioria dos Benfiquistas reconhece o trabalho feito e que estamos a fazer. O Benfica está a recuperar os seus capitais próprios e há de continuar a fazê-lo. Temos uma equipa supercompetitiva para o futebol português e a Europa está em aberto. Só peço às pessoas que acreditem e nos apoiem.”

CASOS E REPUTAÇÃO

Os nossos principais parceiros têm renovado contrato connosco. A Emirates renovou, outro vai renovar, porque as pessoas sabem a gestão que fazemos e acreditam.”

PARCERIAS

“Vamos ser uma realidade na China, nos Estados Unidos e noutros paísesPerguntaram ao Benfica se estaria disponível para gerir um clube em Inglaterra. Estamos a estudar isso. Hoje há uma procura muito grande, as pessoas querem falar com o Benfica porque, na realidade, somos um sucesso na Europa. Dentro de pouco tempo vamos ter uma boa notícia para os Benfiquistas, uma bomba...”

PAULO GONÇALVES

“Em relação ao que se passou num primeiro momento, nada sabíamos. A juíza não decretou medidas de coação. O Paulo Gonçalves não queria continuar na SAD do Benfica. Eu e a Direção reunimos e, por unanimidade, decidimos que deveria ficar. Num segundo momento, constituído arguido, o Paulo Gonçalves foi ter connosco, disse que não tinha condições para continuar no Benfica e que queria dedicar-se à sua defesa. O que é mau para o Benfica é que o Clube perdeu um grande profissional na área dele. Tudo o que o Benfica ganhou foi dentro de campo com o seu suor.”

VITÓRIAS DENTRO DE CAMPO

Se se provar que o Benfica ao longo destes 15 anos cometeu atos menos lícitos que levassem à corrupção, eu demito-me imediatamente. Estive sempre na primeira linha pela defesa da verdade desportiva, mas estamos num País em que há muitas denúncias anónimas. Não digo mais nada sobre os processos que estão em segredo de Justiça. Ganhámos sempre dentro do campo, com muito suor, com os nossos jogadores, treinadores e adeptos. Reforçámos a nossa equipa de advogados para que eu e o Domingos Soares de Oliveira não nos envolvêssemos mais nisto. Os Benfiquistas não estão preocupados, sabem quem está à frente do Clube.”

 

E-MAILS

“Receber e-mails a pedir bilhetes? A isso respondo 'OK'. Acha que tenho tempo para ver os e-mails com calma? Eu não trabalho nas bilheteiras do Benfica. Eu tenho outras responsabilidades e preocupações. O Clube tem profissionais que são elogiados na Europa. O que se deve condenar é o roubo de correspondência de dez anos do Benfica. Espionagem industrial? Revolta-me falar nisto. Obviamente alguém entrou na correspondência privada do Benfica, expondo as vidas dos funcionários. Não há lá ofertas a ninguém, dinheiro a prostitutas, almoços com árbitros, nada.”

ATÉ ÀS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS

“A história dos e-mails marcou-nos, não estávamos preparados para lidar com o crime organizado. Os hackers e os bloggers têm de ser penalizados. Iremos até às últimas consequências. Fizeram muito mal ao Benfica. FC Porto e Sporting por detrás disto? Isso é com a Justiça. Vamos aguardar pela chegada de notícias, e acredito que em breve haverá novidades. A verdade tem de aparecer. Quem pagou, por que pagou... O Benfica tem de pedir altas indemnizações pelos estragos que nos fizeram. Parece que há uma Justiça para uns e uma Justiça para outros. O futebol português é uma indústria que gera milhões e milhões de euros e tem sido maltratada.”

 

LUISÃO

“Tem 15 anos de Benfica, é um grande capitão do Benfica, é o meu companheiro de viagem, o único que conhece a desgraça que havia e a fartura, no bom sentido, que hoje existe no Benfica, onde nada falta. Pela influência que tem, eu tinha de lhe renovar o contrato. Um dia falámos os dois, falámos com o treinador, rescindiu e fica no Benfica a trabalhar de outra maneira, com outras funções. Gostamos de tratar bem todos os atletas e Luisão merecia uma atenção especial. Como não estava a jogar, não se sentia bem. Problema com Rui Vitória? É difícil que haja um problema dentro da nossa casa. Duvido que tenha havido. São vizinhos, falam muito um com o outro. Disse-me que estava na hora de pendurar as chuteiras. A princípio não estava a acreditar, mas quando vi que era a sério perguntei-lhe como é que ia ser a festa de despedida.”

CASO ANTÓNIO SIMÕES

“Quem me conhece sabe que nunca fiz censura no Benfica, praticamente nem vou ao canal [BTV]. Não vou falar muito de António Simões por respeito ao Benfica. O senhor António Simões mentiu! Quando quiser ficar clarificado de vez, vai falar comigo. O Benfica respeita-o e ele tem de respeitar o Benfica. Eusébio só há um! Não admito que venha dizer que é o Benfica. Devo ter sido o único presidente do Clube que apoiou os antigos jogadores. Ninguém pode imitar Eusébio. Não posso receber lições de António Simões. Se alguém está perto e ajuda sou eu. O senhor António Simões não tem o direito de fazer o que fez publicamente, manchando grandes profissionais da nossa casa. Não foi ele que ligou para mim, fui eu que liguei para ele, porque sabia de conversas dele e do Malheiro na rua. A conversa que tive com ele não vou divulgá-la. Se ele tem algum problema com o Benfica que o resolva dentro do Clube. Veja-se o que ele fez com o Calado. Simões esqueceu-se de quem o ajudou no passado. Não há um comentador nas televisões que leve um recado meu.”

15 ANOS DE PRESIDÊNCIA

O Benfica era um Clube falido, nem as pedras da calçada eram nossas. Investimos na construção do estádioFizemos um centro de estágio que é considerado um dos melhores da Europa. Vamos continuar a aumentar a capacidade do Caixa Futebol Campus porque é por ali que passa o nosso projeto. Temos uma aposta firme na FormaçãoVamos ser a primeira SAD a ter os capitais próprios recuperados. Não dependemos de nenhum banco, temos uma estrutura profissional que é reconhecida internacionalmente. Há clubes de renome que vêm ter connosco para saber como é que o Benfica tem sucesso e recuperou financeiramente tão depressa. Isto só foi possível pela estabilidade das Direções que tenho comandado. Posso já dizer que sou candidato às próximas eleições.”

15 ANOS DE ESTÁDIO DA LUZ

“O melhor momento foi na inauguração. Foi uma sensação muito esquisita, a forma como foi construído, o envolvimento no projeto… Não foi fácil e só foi possível por causa do Mário Dias. O dia da maior tristeza foi o do adeus ao Eusébio. Foi um dia que marcou muito os Benfiquistas. As pessoas sabem como sou.”

JORGE MENDES E RENOVAÇÃO DE JOÃO FÉLIX

“A Gestifute, empresa de Jorge Mendes, é parceira do Benfica. Ainda ontem acordámos a renovação de João Félix. Não é fácil faturar 100 milhões de euros em vendas de jogadores. Tem de haver uma parceria.”

A RENOVAÇÃO DE SALVIO

“A vontade do Benfica é que renove. Depois de amanhã vou estar com o empresário dele. Temos toda a vontade de que fique. E Salvio tem toda a vontade de ficar. Samaris? É um ativo do Benfica.”

MERCADO DE INVERNO

“Temos um plantel com 28 jogadores e poderemos encurtar um pouco.”

JONAS

O Benfica sempre manifestou vontade de renovar contrato com Jonas. Acho que houve uma fase em que ele esteve inclinado em sair, mas, depois de falar com a família, disse-me que não queria sair. É o jogador mais caro do Benfica, não interessa quanto ganha.”

CANDIDATO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES

"Se alguma coisa me move são os Sócios do Benfica. Faltam-me dois anos para terminar o mandato. E vou ser novamente candidato a presidente do BenficaE se tiver de fazer outro, faço. A oposição vai sempre existir. Quando houver unanimidade é muito mau. Os Sócios é que vão decidir. Até agora têm-me escolhido. Pelo trabalho que desenvolvi, acredito que a grande maioria vai votar em mim. Temos projetado fazer o Colégio, em três fases, estamos a negociar mais um terreno, vamos ter direito de superfície de 50 a 75 anos para mais seis campos e um polo hoteleiro. O Seixal fica blindado. Estamos a fazer o projeto do Centro de Alto Rendimento para arrancar. Outra coisa que queremos fazer em termos estatutários é limitar o endividamento. Não temos hipotecas, zero! Todo o património é do Sport Lisboa e Benfica. Quero entregar o Benfica aos Benfiquistas."

Luís Filipe Vieira

GRUPOS ORGANIZADOS DE ADEPTOS

“Aquilo que chamam de claques, mas não são claques. E assim vou manter este assunto. São Sócios do Sport Lisboa e Benfica, pagam as suas quotas, têm as mesmas regalias que eu tenho, têm RED PASS. Tenho de os respeitar como Sócios do Clube.”

ARBITRAGEM CONDICIONADA

Artur Soares Dias não desistiu da queixa [da invasão ao Centro de Treinos da Maia]. Onde é que ela está? Se calhar o Conselho de Arbitragem não tem protegido os árbitros. Estou à vontade, nunca almocei com árbitros, nunca estive em túneis a criticá-los, a ameaçá-los... A arbitragem está condicionada, mas não somos nós. Nós não condicionamos ninguém! Eu não estou contra a arbitragem em si. Não voltámos ao tempo do Apito Dourado, atenção. Erram com todos [os clubes] e vão errar. Se até o VAR erra...”

RELAÇÃO COM OS RIVAIS 

“Conheci e lidei de perto com cinco presidentes do Sporting. Quando se preocupavam só com o Sporting, ganhavam alguma coisa, alguns títulosOs que, para unir as tropas, tiveram de falar no Benfica, ficaram pelo caminho. O senhor Frederico Varandas, se vem com o mesmo propósito, também não deve lá ficar muito tempo. Se se preocupar só com o Sporting, pode ser que tenha sucesso. Se se preocupar com o vizinho do lado, nunca mais lá vai chegar, porque o vizinho do lado já vai com grande andamento. Não tenho problema nenhum em sentar-me com os outros presidentes. Isso aconteceu para resolvermos problemas da Liga. Uma coisa que acordámos [Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa] é que nem o Benfica nem o FC Porto podiam ter pessoas nos órgãos da Liga, e assim vai continuar.”

RECONQUISTA, CHAMPIONS E FORMAÇÃO NAS MODALIDADES

“A Reconquista é um objetivo que temos. Estruturámos uma equipa para ganhar o Campeonato e para estarmos na Europa. Nas modalidades a mesma coisa, tendo equipas competitivas sem nunca nos desviarmos da Formação. No próximo ano, qualquer plantel das modalidades tem de ter pelo menos 25% de jogadores saídos da Formação. Se é assim no futebol, também tem de ser nas modalidades. O futuro passa por aqui e não me vou desviar. Champions? Não é impossível o Benfica ir aos oitavos de final. A derrota na Holanda [com o Ajax] foi uma injustiça. Mas temos de recuperar e é já na próxima terça-feira [segundo jogo com o Ajax, agora no Estádio da Luz] que temos de ganhar.”

Fonte: SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog