Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Seferovic bateu o seu recorde individual

por João Silva, em 31.01.19

seferovic-festejos.jpg

Haris Seferovic que contribuiu com dois golos para o triunfo do Benfica sobre o Boavista, bateu também o seu recorde individual, uma vez que nunca tinha apontado tantos remates certeiros por um clube ao longo de uma temporada: já leva 13 de águia ao peito em 2018/2019.

O anterior marco do atacante era de 11 golos, ao serviço do Eintracht Frankfurt, na época 2013/2014.

 

O primeiro golo do avançado helvético surgiu à passagem do minuto 54 e teve direito a dedicatória: assim que a bola encontrou o fundo das redes axadrezadas, ampliando a vantagem do Benfica para 3-1, o jogador de 26 anos correu na direção do banco de suplentes para festejar com Rui Costa, diretor desportivo e administrador da SAD benfiquista.


Seferovic acabaria por ampliar a conta pessoal minutos depois, bisando aos 73’, atingindo o 13.º golo pelas águias na presente temporada - o décimo remate certeiro no campeonato - antes de ser substituído por Ferreyra (76’).


Depois de ter estado entre as eventuais saídas no mercado de transferências de verão do ano passado, o avançado voltou a ser aposta regular no Benfica, com desempenhos positivos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

GoalPoint-Benfica-Boavista-LIGA-NOS-201819-Ratings

Um resultado gordo, assente numa exibição conseguida e competente, em especial nos momentos ofensivos e de finalização. Uma vitória segura, frente a uma equipa “axadrezada” em transição, orientada interinamente por Jorge Couto, antes de Lito Vidigal assumir as rédeas da equipa.

O momento especial do adversário aconselha cautelas quanto aos elogios da prestação benfiquista, mas há dados saídos deste encontro que são incontornáveis numa apreciação positiva do que os comandados de Bruno Lage fizeram em campo, alguns colectivos, outros individuais.

Falamos de Pizzi, eleito por nós o melhor em campo, e do jovem João Félix, que registou o segundo GoalPoint Rating mais elevado.

 

O regresso às grandes exibições de Pizzi. O médio benfiquista foi o melhor em campo nesta goleada, registando um GoalPoint Rating de 8.3. Uma nota muito alta suportada por diversos detalhes de jogo em que o brigantino esteve a um nível muito elevadoum golo em três remates (dois enquadrados), uma assistênciauma ocasião flagrante criada em cinco passes para finalização (máximo da partida) e três dribles completos em cinco tentativas. Pizzi está a readaptar-se muito bem à função de médio-direito.

 

João Félix 8.0 – Mais um grande jogo do jovem avançado benfiquista. Quando o Boavista quase marcou no arranque, Félix respondeu de imediato com o 1-0, mas não descansou à sombra desse golo. O número 79 terminou com uma assistência, duas ocasiões flagrantes criadas em três passes para finalização e registou 84% de eficácia de passe.

 

Álex Grimaldo 7.0 – O lateral-esquerdo está em grande forma e voltou a estar em bom nível. O golo que marcou (o 5-1), com um excelente remate de fora da área, foi o ponto alto da partida e da sua exibição, que regista também oito cruzamentos, dois deles eficazes, três desarmes, outras tantas intercepções e o máximo de acções com bola no jogo (121).

 

Jardel 6.5 – Bom jogo do central benfiquista. Muito certo no passe – falhou apenas cinco de 71 entregas -, o brasileiro somou oito acções defensivas e foi dominador pelo ar, com quatro duelos aéreos defensivos ganhos em cinco.

 

Haris Seferovic 6.5 – O suíço demorou a arrancar. Na primeira parte desperdiçou duas ocasiões flagrantes, mas na segunda reencontrou-se com os golos, bisando num total de seis remates (máximo do encontro), quatro deles enquadrados.

 

Fonte: GoalPoint.pt

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bruno Lage, admitiu no final da goleada de 5-1 ao Boavista, que a sua equipa fez "uma boa exibição" e que acabou por ser a "continuidade ao trabalho" que tem vindo a ser feito.

 

"Tivemos uma boa semana de trabalho, temos vindo a evoluir e fizemos uma boa exibição. Ganhámos, foi uma vitória, estamos satisfeitos. Vamos analisar e continuar a melhorar. Só assim podemos ser uma equipa competitiva", resumiu.

 

Questionado sobre a importância de João Félix na equipa, Bruno Lage optou por não alimentar os elogios ao jovem avançado. "O importante é ele entender o jogo que queremos. As novas dinâmicas, as posições estão bem definidas em campo, todos eles sabem o que têm de fazer", argumentou.

 

O técnico admitiu que a reação à perda da bola que o Benfica apresentou foi "um fator importante" para garantir os três pontos. "Se queremos uma equipa que quer ter bola, quando a perdemos temos de ter uma reação muito forte. Muitas vezes recuperamos a bola no campo ofensivo, outras não, é um aspeto que temos de melhorar. Fazemos isso no treino, é no dia-a-dia, com muito trabalho, é assim que se faz o caminho", explicou.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Benfica goleia o Boavista

por João Silva, em 30.01.19

Pizzi.jpg

O Benfica alcançou esta terça-feira uma goleada de 5-1 diante do Boavista, no Estádio da Luz, numa partida em que a equipa orientada por Bruno Lage mostrou boa qualidade de jogo e um grande volume ofensivo perante um adversário que, apesar de ter chegado a assustar, raramente se mostrou capaz de ameaçar a superioridade da equipa da casa.

Na Luz, a primeira oportunidade até pertenceu aos axadrezados, com Tahar a atirar ao poste. Na resposta, João Félix marcou o primeiro golo das águias, de cabeça, após livre de Pizzi.

João Félix.jpg

Ainda na primeira parte, Pizzi ampliou a vantagem, na recarga a uma defesa de Helton Leite a remate de Seferovic. Apesar do ascendente do Benfica, o Boavista reduziu perto do intervalo, através de Talocha.

Na segunda parte, Seferovic fez o 3-1, a concluir uma jogada de João Félix. O suíço fez o 4-1 numa recarga a um remate de Pizzi, parado por Helton Leite. Perto do final, Grimaldo, num grande remate de fora da área, fez o resultado final. Já nos 90 minutos, Vlachodimos defendeu um penálti de Mateus, depois de falta de Samaris sobre Carraça.

Seferovic.jpg

Este é um triunfo importante para a formação de Bruno Lage, que vinha de uma derrota com o FC Porto para a Taça da Liga, e enfrenta agora dois derbys com o Sporting, o primeiro em Alvalade para o campeonato já no domingo, e o segundo para a Taça de Portugal na Luz.

Com os três pontos conquistados, o Benfica coloca agora pressão sobre o FC Porto que esta quarta-feira recebe o Belenenses SAD, estando obrigado a vencer para manter os cinco pontos com que partiu na liderança para esta 19.ª jornada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na antevisão do encontro frente ao Boavista, que tem novo treinador, Bruno Lage foi questionado sobre as ausências de alguns jogadores da sua lista de escolhidos, como é o caso de Gedson e Krovinovic.

Para Bruno Lage a qualidade a vontade demonstrada nos treinos é passe garantido para entrar na convocatória para os jogos do Benfica.

“Só podem jogar 11, na semana passada perguntaram pelo Gedson, na próxima semana será sobre outro... Temos muitos jogadores, eles têm de continuar a trabalhar, com uma atitude tremenda, e esperar pela oportunidade. E quando ela surgir, têm de corresponder, respondeu Bruno Lage depois de ser questionado sobre a ausência de Krovinovic.

“O treino é que faz evoluir”

O treinador do Benfica insiste na qualidade e intensidade dos treinos, e diz que é nesse momento que a equipa pode evoluir.

“Há questões sobre treinar uma equipa como o Benfica, que joga de 3 em 3 dias. Desde agosto até agora tem sido constantemente a competir e algumas coisas vão-se perdendo, é normal. O treino é que faz evoluir. À medida que se vai jogando vão-se perdendo coisas e tem de se treinar, mas com jogos de 3 em 3 dias é difícil. Por vezes usa-se o exemplo do futebol inglês, é verdade. Eles competem de 3 em 3 dias, mas semana sim, semana não. O treino é muito importante para qualquer treinador. As coisas que vão acontecendo num jogo, no outro já não acontecem e o treino é muito importante."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em conferência de Imprensa no Caixa Futebol Campus, Bruno Lage, treinador do Benfica, perspetivou a receção ao Boavista na 19.ª jornada da Liga NOS, agendada para as 19h00 de terça-feira. "Entrar em campo com determinação, organização, qualidade, proporcionar bons espetáculos aos adeptos, para que eles tenham orgulho na equipa, e vencer os jogos", apontou o técnico.

 

Teve mais tempo para passar as suas ideias ao plantel. Como correram estes últimos dias de trabalho?

Foram dias importantes para conhecer melhor os jogadores e evoluir o nosso processo de jogo, as dinâmicas de um 4x4x2. Foi uma semana muito produtiva. Eventualmente precisaríamos de outra, mas já estou satisfeito com o tempo que passámos juntos.

 

Que Benfica poderemos ver em campo frente ao Boavista? Uma equipa revoltada com o último resultado ou uma equipa frustrada?

Nem uma coisa nem outra, tem de ser um Benfica determinado. Jogar com vontade, determinação, organizados e com uma atitude tremenda para vencer o jogo.

 

O Boavista mudou de treinador recentemente, Lito Vidigal substituiu Jorge Simão. O adversário não terá ainda as ideias do novo técnico, mas que equipa axadrezada espera defrontar?

Temos visto uma equipa muito competente, com forte organização defensiva, um grupo compacto, com médios muito bons, de enorme qualidade, e avançados rápidos, sempre na procura da profundidade e do jogo entre linhas. Ter um novo treinador mexe sempre com os jogadores, que vão querer provar que pode contar com eles. Temos de fazer o nosso trabalho, entrar determinados e com uma vontade enorme de voltar a jogar no Estádio da Luz, com a qualidade própria de quem representa o Benfica.

Entrevista completa aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5



Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog