Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SLBenfica 2 - Olhanense 1

por João Silva, em 30.10.11

Da promessa de uma goleada tranquila na primeira parte à intranquilidade e incerteza do resultado na segunda metade. Foi entre estes dois extremos que oscilou o Benfica na recepção ao Olhanense.

 

Um entrada no jogo de alto nível, com dois jogadores em evidência: Maxi Pereira, regressado ao lado direito da defesa, depois de uma lesão, mas, fundamentalmente, o jovem Rodrigo, autor dos dois golos e uma aposta ganha de Jorge Jesus. Aimar e Gaitán foram as restantes novidades do técnico em relação ao jogo com o Beira-Mar.

 

 

Os dois golos foram desenhados no flanco direito do Benfica. No primeiro, Rodrigo isolou-se perante Fabiano e, com o pé esquerdo, dirigiu a bola para o poste mais distante da baliza, inaugurando o marcador com um golo soberbo.
No segundo, cabeceou sobre a linha, após um grande sprint e cruzamento de Maxi. Foi o segundo remate do encontro para os “encarnados”, que alcançavam uma eficácia de 100 por cento na finalização.

 

 

Uma vantagem confortável, que permitiu à equipa do Benfica baixar o ritmo e ceder alguma iniciativa ao Olhanense. Mas os algarvios não estavam preparados para responder e a reacção traduziu-se num vazio atacante, com a excepção de um tímido e inofensivo remate de Wilson Eduardo, aos 25’.

 

 

Após o intervalo, em apenas dois minutos, O Olhanense agitou o jogo, quando um erro colectivo da defesa benfiquista deixou o lateral João Gonçalves cruzar na direita para Wilson Eduardo, sem oposição, finalizar.
Este golo dos Algarvios, criou alguma intranquilidade ao Benfica. Por outro lado o Olhanense acreditou que podia chegar ao empate, mostrou-se mais atrevido e, acima de tudo, agressivo, travando, por todos os meios, as tentativas do Benfica para alcançar o golo da tranquilidade. Este chegou a ser festejado na Luz, aos 69’, mas foi anulado a Cardozo, por um fora-de-jogo inexistente.
A incerteza prosseguiu até final e Djalmir ainda fez gelar o estádio, em tempo extra, num remate interceptado por Luisão.

 

 

A missão foi cumprida: Conquistar os três pontos e não deixar fugir o FCPorto, que já tinha ganho nesta jornada. Agora é pensar no Basileia, onde o Benfica pode, desde já, garantir o apuramento para os oitavos-final da Champions.

 

Força Benfica!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Modalidades

por João Silva, em 28.10.11

Andebol

 

Próximo jogo
 
 
Basquetebol
 
Próximo jogo
 
 
Futsal
 
Próximo jogo
 
Hóquei Patins 
 
Próximo jogo  
 
Voleibol 
 
Próximo jogo 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O estatuto do Benfica extravasa as nossas fronteiras. Será talvez um dos “produtos” nacionais mais reconhecidos, e com todo o mérito, porque justificado nas vitórias desportivas.

Como em tudo na vida, o estatuto implica responsabilidade equivalente. E por isso, não importa o ano, ou a competição, ninguém aceitaria, muito menos os adeptos, que o Benfica deixasse de ser candidato ao topo de todas as competições.

Felizmente, para já, tudo vai bem. Na Liga dos Campeões, o Benfica é líder destacado do grupo, de que faz parte, não esqueçamos, o Manchester United, finalista vencido da última edição.

 

Aqui chegados e tal qual disse o Cardozo, nosso goleador de serviço, também eu sonho com uma presença na final, em Munique

Na Taça de Portugal o Benfica venceu em Portimão, e segue na eliminatória contra a Naval. E para o campeonato, lá ombreamos com o Futebol Clube do Porto, no primeiro lugar da tabela classificativa, depois de uma vitória difícil em Aveiro. Por tudo isto, podemos dizer que o Benfica se tem comportado à altura dos seus pergaminhos.

 

Continue então o Jorge Jesus a treinar a equipa como tem feito, e a distrair-se menos com a política, para que não foi talhado, e lá mais para o fim, acredito, teremos muitas razões para festejar.

 

Nuno Melo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8.º aniversário do Estádio da Luz

por João Silva, em 25.10.11

 

Rui Costa viveu vários momentos no actual Estádio da Luz, uns ainda como jogador, outros já como administrador do Clube. Em declarações à Benfica TV, o Maestro recordou as experiências vividas no recinto, mas também no velhinho palco dos “encarnados”.

São dois estádios completamente diferentes. Um era extraordinário pela magia e grandeza que tinha. Este é extraordinário pela beleza e modernidade que apresenta. São dois estádios magníficos e é difícil escolher entre um e o outro, entre a história e magia do antigo e a beleza e o conforto deste”, afirmou.

 

“Faz agora oito anos e continua a ser dos mais modernos que há no mundo do futebol. Isso significa que o projecto foi bem feito. Ao ter feito esta obra, o Benfica acompanhou a modernização no mundo do futebol e oferece aos adeptos um estádio que se podem orgulhar. É um dos mais bonitos estádios do mundo e creio que isto é também importante para os adeptos”, prosseguiu.


 
Rui Costa recuou no tempo e mostrou-se contente com o que viveu nos dois palcos do Benfica. “Um marca o início e o outro marca o fim da minha carreira. Num fui campeão do mundo, noutro perdi o Campeonato da Europa, mas acabei por seu muito feliz nos dois. Tive esta grande felicidade de poder ter vivido como intérprete nos dois campos”, recordou.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Beira-Mar 0 - SLBenfica 1

por João Silva, em 23.10.11

Jorge Jesus optou por gerir o plantel e sentar no banco alguns dos jogadores titulares, casos de Aimar, Gaitán e Javi Garcia.
O Benfica entrou forte e pressionante, mas sentiu dificuldade em criar oportunidades, uma vez que a equipa do Beira-Mar revelou sempre grande rigor nas marcações. Sinal que confirmava o estatuto de defesa menos batida da prova no início da jornada.

 

 
Cardozo, de cabeça, na sequência de uma falha clara do guarda-redes do Beira-Mar Rui Rego, permitiu ao Benfica selar a conquista dos três pontos em Aveiro.
Numa deslocação difícil, o Benfica manteve o controlo do jogo, não com uma exibição artística, mas com querer e garra.
 
 
 
São jogos como estes, num campeonato longo, em que equipas como o Beira-Mar, têm como único objectivo, que é conquistar um ponto que seja, que se revela importante vencer e arrecadar os três pontos.
Neste momento o Benfica está isolado na liderança provisória da Liga.
 
Carrega Benfica!!!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Basileia 0 - SLBenfica 2

por João Silva, em 19.10.11
 

Num jogo que se revestia de grande importância e alguma dificuldade, a equipa do Benfica respondeu com classe, rubricando na Suiça uma exibição personalizada e com grande maturidade.

 

 
Jorge Jesus surpreendeu na hora de escolher a equipa. Ficou no banco Cardozo, entrou de início Rodrigo, titular pelo segundo jogo consecutivo (o outro foi para a Taça, com o Portimonense). Saviola também ficou de fora e avançou Bruno César para acompanhar Aimar e Gaitán no apoio ao ponta-de-lança, enquanto mais recuados ficavam Witsel e Javi García.
 
O Benfica demorou um pouco a entrar no jogo, resultado da pressão que o Basileia exerceu nos minutos iniciais da partida. Mas com o desenrolar do jogo, o Benfica foi conseguindo impor o seu futebol, com maior envolvência dos médios no ataque, colocando o jogo a seu favor. Gaitán tabela com Aimar, avança para a área, mete a bola para Rodrigo, que a deixa passar para Bruno César, que isolado abre o marcador ao 20'.
 
  
 
O Basileia, tentava mudar o rumo dos acontecimentos e até conseguia ganhar espaço para os cruzamentos, mas Garay e Luisão chegaram a quase tudo. E aquilo que passava, o grande Artur segurava. Mais uma grande exibição do "Rei" Artur!
 
 
  
A segunda parte começa com o Benfica a ter uma boa oportunidade para novo golo, só que Emerson, já na pequena área, não conseguiu dar o melhor fim ao lance.
Cardozo, que entrara para o lugar de Rodrigo instantes antes, garante o triunfo “encarnado”, fazendo o 2-0 aos 75’, num livre directo ao seu jeito, numa falta que é cometida sobre ele.

 
 
Com a decisão dos três pontos resolvida, ainda houve tempo para Emerson ser expulso, bem como Jorge Jesus, que também não viu o resto do jogo porque o árbitro não gostou de o ouvir reclamar...
 
O Benfica assume a liderança do grupo C da Champions League, nada está decidido, mas foi dado um passe de gigante no objectivo de se qualificar para a fase seguinte da Liga dos Campeões.
 
Carrega Benfica!!!!
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2018/19






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com