Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bravo, Quim!

por João Silva, em 27.03.09

Quem regressa, após uma prolongada ausência, deve fazê-lo em grande, com determinação e sem deixar margem para dúvidas sobre o lugar que lhe pertence. Foi o que aconteceu com o guarda--redes Quim, na final disputada no Estádio do Algarve.
Após um período de baixo rendimento que determinou o seu afastamento das balizas, Quim regressou, por justa e louvável decisão de Quique Flores, no momento certo e com o destaque que lhe é devido. Regressou em grande.
Seguro e sereno, fez, ao longo do jogo, excelentes defesas e no momento determinante, que foi o da defesa dos penáltis, conseguiu evitar que três se transformassem em golos sportinguistas. Deste modo, foi o homem do jogo, merecendo amplamente a homenagem dos colegas e do público.
Quim é um grande guarda-redes, com vastas provas dadas de competência técnica, talento defensivo e segurança psicológica. Regressar para disputar uma final marcada pela tensão no seio dos contendores e dos apoiantes poderia ser uma opção de grande risco, caso o treinador e a sua equipa técnica não tivessem avaliado todos os prós e os contras. Provou--se que a escolha foi certa e que o momento foi o mais adequado. Por isso acentuei, logo no início que,
quem regressa, deve fazê-lo de forma a que não se abram as portas para, em função de um eventual desaire, se registarem novas retiradas.
O futebol é um imenso espectáculo de massas a que a constante mediatização televisiva deu uma enorme dimensão global. A sua magia continua a vir da imprevisibilidade determinada pelo factor humano e pelas variáveis que o condicionam. Uma final é sempre uma final, podendo ser de glória, de sofrimento e de amargura, consoante o modo como as coisas correm e os resultados que alcançam, ou não.
No sábado à noite, com um equipamento escuro, que corresponde também a uma imagem de sobriedade e rigor, Quim foi o homem do jogo e, por certo, guardará este jogo na memória como um dos momentos de glória da sua já longa carreira. Foi a actuação de quem voltou para ficar, determinado e seguro, para
satisfação dos benfiquistas. Bravo, Quim !

 

 in Jornal O Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)


Final da "taça Carlsberg Cup" 2008/09

por João Silva, em 22.03.09

 

 Sporting 1 (2) - SL Benfica 1 (3)

 

Começo esta análise com um ponto prévio: O penalty não existiu.

Mas será por isso que o Glorioso ganhou esta taça? Fomos  "beneficiados" por isso?

Não me parece...e passo a explicar o porquê.

Na altura em que surge esse lance polémico para o árbitro, já estavamos a ser prejudicados, na medida em que alguns jogadores do Zbortem, já deveriam ter sido expulsos!!! Rochemback, Polga, o próprio Moutinho e principalmente o DERLEI!!!

Fomos a equipa com as oportunidades mais flagrantes, tanto na primeira parte como na segunda, e só sofremos um golo que surge de uma distracção do Reyes que simplesmente ficou a olhar para o lance. Resumidamente, parece-me que foi uma conquista justa, não é que me alegre muito este titulo, mas ao menos que possa servir  como um importante  factor de motivação para os jogadores e aumentar os seus  índices de confiança para os restantes jogos que faltam para acabar a época. O Titulo ainda não está perdido.

Uma palavra para Quim, héroi neste jogo, tem sido suplente e conseguiu mostrar que está apto para discutir  a titularidade.

Por último, para o "Maestro" Rui Costa, como Director desportivo e Administrador, que seja o primeiro de muitos titulos.

 

p.s. - Que não nos iludamos que este lance da penalidade foi uma benesse..pelo contrário.

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Já está na hora de rolar cabeças?

por João Silva, em 16.03.09

Dá para perceber que nesta altura, a oito jornadas do fim do campeonato, com o Benfica em terceiro lugar, a cinco pontos do líder (C.R.A.C) e a um ponto dos (viscondes), comecem a surgir as "primeiras" vozes de insatisfação pelo projecto que se inciou com Rui Costa como Director Desportivo.

Confesso que também a mim não me agrada esta situação actual, muito pelo contrário, mas de quem será a culpa?

Equipa técnica? jogadores? Director Desportivo? A direcção?

 Fico com a sensação que neste momento já se está a "sacrificar" alguém, e esse alguém para não variar é o treinador. Concordo que em determinados jogos fiquei com a ideia que Quique Flores poderia ter decidido de outra forma, mas também não terá acontecido o contrário? claro que sim.

Parece-me prematuro nesta altura, estar já a fazer uma avaliação sobre o que possa ter corrido mal no planeamento desta época, sendo certo que algumas ilações que correram menos bem, possam desde já, ser alvo de correcção.

Recordo-me que Quique Flores quando abraçou este projecto a dois anos, não prometeu o titulo no inicio, mas sim criar as bases de uma equipa sólida, para que no segundo ano, ai sim, lutar pelo titulo de campeão nacional e uma afirmação, a nivel europeu. A meta este ano passava essencialmente na qualificação para a champions league, embora não pondo de parte a conquista de alguns titulos a nivel interno.

Deixo um excerto de uma entrevista ao CM de um dos maiores treinadores mundiais, em que fala do Benfica e que talvez sirva para explicar alguma coisa. Lembram-se dele?


– Tem acompanhado a carreira do Benfica?
– Alguns jogos, sobretudo resumos.
– Que opinião tem do técnico Quique Flores?
– Muito bom treinador. Estudioso, culto, inteligente. Fez um grande trabalho em Espanha.
– O Benfica contratou jogadores como David Suazo, Reyes ou Aimar. Este plantel é mais forte do que aquele que foi campeão em 2005?
– O plantel sim, talvez. A equipa não. O meu Benfica era mais forte do que o actual.
– Quer justificar?
– Eu tinha Simão (risos).
– Mas não era só Simão Sabrosa que jogava...
– Tinha Miguel, Ricardo Rocha, Luisão, Dos Santos, Petit, Manuel Fernandes, Nuno Gomes, Geovanni...
– Ficou a ideia de que o Benfica tinha 11 jogadores de bom nível mas apenas isso. Não havia alternativas. Concorda com esta ideia?
– Tínhamos o suficiente para vencer. O grupo era extraordinário. Muito unido. Dos melhores que tive na minha longa carreira.
– Algum jogador que recorde em particular?
– Não tenho como não falar de Simão. Talvez o jogador mais completo que treinei nos últimos anos. E lembro-me de Luisão e Rocha [Ricardo]. Uma grande dupla. E Petit, um ‘grandíssimo’ atleta.
– E Pedro Mantorras?
– Claro. Mantorras também. Todos sabem que foi decisivo em vários jogos.
– Como tem acompanhado o trabalho de Rui Costa enquanto director desportivo?
– Não sei pormenores. Já não estou lá dentro. Mas sempre foi um homem competente e rigoroso. Foi um grande jogador e terá o seu espaço nas novas funções. Tem mostrado grande potencial. O Benfica precisa de alguém que proteja o balneário.

 

 

Saudações Benfiquistas

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Manter o Rumo

por João Silva, em 16.03.09

Excerto de uma entrevista de Luis Filipe Vieira, após o desaire do Benfica com o Vitória de Guimarães, quando começa a surgir alguma contestação a Quique Flores.
Quero salientar que concordo integralmente com o nosso Presidente e que este é o rumo certo, pelo menos para já.

"Nunca vi uma boa colheita ser feita sem tempo, sem consistência e algum sacrifício. Todos sabem que sou exigente e que todos os dias reclamo mais trabalho e dedicação, mas sou ao mesmo tempo conhecedor que os bons projectos necessitam de estabilidade. O caminho do sucesso também conhece contratempos", afirmou, acrescentando que "tal como no passado", mantém "o inconformismo".

Reforçando não se vai "desviar um milímetro" do caminho escolhido para o Benfica, Luís Filipe Vieira, que emocionou-se quando se referiu ao emblema do clube na lapela oferecido por Jorge de Brito, voltou a apontar baterias para o interior do clube e a denunciar o passado recente, advogando que "o tempo dos oportunistas no Benfica passou".

"Quem vier para o Benfica, tem de saber que é para servir o Benfica", disse, acrescentando: "Normalmente, os homens da desgraça aparecem quando o Benfica perde. O meu telemóvel recebeu mensagens curiosas".

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Simbolo
Fundador
114_anos

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18








Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com