Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Liga dos Campeões: Celtic

por João Silva, em 17.09.12

Quarta-feira o Benfica inicia a fase de grupos da Liga dos Campeões, época 2012/13, com o Celtic: adversário demasiado fiel ao velho estilo britânico.

 

Pontos fortes:

Dos dezassete golos já marcados, nove foram de bola parada, e sete dos quais de canto! Os centrais Mulgrew e Lustig são fortes nesse aspeto (Wilson e Rogne não tanto), mas o destaque vai para Wanyama, o queniano que também pode jogar no eixo da defesa, mas que tem sido utilizado no meio-campo.

Pontos fracos:
Equipa combativa mas pouco evoluída tecnicamente, ao velho estilo britânico. Tem tendência para «queimar etapas» na construção de jogo. O meio-campo trabalha pouco a bola e os defesas insistem demasiado no pontapé longo para os avançados. A equipa é também pouco versátil taticamente, deixando muito espaço entre linhas.

Ao pormenor:
Mulgrew, Wilson, Rogne e Lustig são os centrais utilizados regularmente, por esta ordem, ainda que este último também possa ser lateral direito. Um escocês, um inglês, um norueguês e um sueco. Fortes fisicamente mas permeáveis pelo chão, como manda a tradição. Matthews e Izaguirre são os laterais habituais, com pouca ou nenhuma liberdade para subir, ainda que este último, internacional hondurenho, seja um jogador interessante. O dono da baliza é Fraser Forster, elemento regular.

O meio-campo tem sofrido de alguma instabilidade neste início de época, devido aos problemas físicos do capitão Scott Brown, do galês Joe Ledley e do israelita Beram Kayal. O treinador Neil Lennon raramente contou com os três em simultâneo. Wanyama, que também pode ser central, tem sido quase sempre titular no «miolo», e até o jovem checo Filip Twardzik, de apenas 19 anos, já foi aposta inicial (partilha o balneário com o irmão gémeo Patrick). Ao plantel falta um verdadeiro «playmaker». Commons aparece na zona de decisão, por vezes, mas não é um jogador para encontrar espaços, antes para os aproveitar. Tem um bom esquerdo para finalizar as jogadas, nomeadamente em lances de bola parada. O ex-sportinguista Rabiu Ibrahim raramente é utilizado.

A principal referência ofensiva (e coletiva) é Samaras. O grego também rende como segundo avançado, mas é a partir da esquerda, em 4x3x3, que mais desequilibra. A sua ausência é, naturalmente, uma boa notícia para o Benfica. Hooper costuma ser a unidade mais adiantada, e é o típico avançado britânico: trabalhador, combativo, de remate fácil, mas pouco dotado tecnicamente e pouco eficaz a jogar com os apoios, fora da área. Com Stokes lesionado, Watt tem sido a outra alternativa ofensiva. Mais móvel, mas com apenas 18 anos, vai perder espaço com a contratação de Miku e Lassad. Neil Lennon conta ainda com os extremos James Forrest e Paddy McCourt. O primeiro, de 21 anos, muito rápido com a bola nos pés; o segundo, mais experiente e também mais habilidoso, capaz de furar em diagonais para o coração da área.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Simbolo
Fundador
115-anos
Reconquista-37

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2019/20








Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

CONTACTO silva.joaodiogo@hotmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog