Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Taça da Liga: Jardel e Fejsa convocados

por João Silva, em 20.09.17

Jardel e Fejsa estão de regresso à convocatória do Benfica, divulgada esta quarta-feira, no dia em que as águias defrontam o Sp. Braga para a Taça da Liga.

O central brasileiro e o médio sérvio tinham ficado de fora dos últimos jogos dos encarnados, devido a lesão, mas regressam às opções de Rui Vitória.

Em sentido inverso, Salvio ficou fora das opções. O extremo argentino tinha saído lesionado do jogo no Bessa, diante do Boavista, sendo logo rendido por Rafa. 

Lisandro López também é ausência notada na lista, ele que já tinha ficado fora da ficha de jogo com os axadrezados devido a gripe. 

De fora continua Douglas, reforço contratado no último defeso ao Barcelona.

Benfica e Sp. Braga defrontam-se esta noite (21h15), no Estádio da Luz.

Lista de 20 jogadores:

Guarda-redes: Júlio César, Bruno Varela;

Defesas: André Almeida, Luisão, Jardel, Rúben Dias, Grimaldo e Eliseu;

Médios: Fejsa, Samaris, Filipe Augusto, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Rafa e Zivkovic;

Avançados: Jonas, Seferovic, Raúl e Gabriel.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gabriel Barbosa tem boas possibilidades de se estrear a titular, amanhã, na Taça CTT. Rui Vitória já admitiu que pretende incluir o avançado na equipa de forma faseada e este jogo com o Sp. Braga reúne as condições ideais para dar ritmo a alguns futebolistas que foram pouco utilizados nos primeiros compromissos da época.

O internacional canarinho, de 21 anos, já contabiliza dois jogos, sempre na condição de suplentes utilizado, nas partidas com CSKA Moscovo e Boavista. Recorde-se que nos dois encontros o reforço emprestado pelo Inter entrou em fases complicadas, quando os tetracampeões nacionais procuravam chegar à igualdade. Com cerca de 15 minutos disputados em cada um dos desafios, o brasileiro teve poucas oportunidades para mostrar o seu valor, uma situação que deseja ver alterada já amanhã.

A aposta em Gabigol também vai permitir ao responsável técnico dos encarnados dar algum descanso a Jonas que, na presente temporada, entrou em todas as partidas e sempre como titular, ao lado de Seferovic.

Tendo em vista o calendário dos encarnados nas próximas duas semanas, Rui Vitória terá de fazer uma gestão cuidada no plantel de forma a dar oportunidade a todos os jogadores e, ao mesmo tempo, controlar os níveis de fadiga dos que já acumulam mais minutos. Jonas, sublinhe-se, é um dos atletas que está nesta última situação e, frente ao Sp. Braga, deve descansar.
 
Fonte: Record.pt
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Benfica e Sp. Braga estão no mesmo grupo da fase de grupos da Taça da Liga, segundo ditou o sorteio realizado nesta quinta-feira. Sporting é o cabeça de série no Grupo B, tal como o V. Guimarães no C, onde defronta o Moreirense, atual detentor do troféu, e o FC Porto no D.

Esta fase de grupos tem três jornadas e passam à Final Four, que se joga de 23 a 27 de janeiro em Braga, os primeiros de cada grupo. De acordo com o sorteio, o vencedor do Grupo A defrontará na meia-final o vencedor do Grupo C, enquanto o Grupo B cruza com o D. Portanto, Sporting e FC Porto podem defrontar-se antes da final, mas o Benfica, se passar em primeiro, não encontrará outro dos «grandes» nessa fase.

A grelha do sorteio ditou também que na primeira jornada o cabeça de série de cada grupo joga em casa com a equipa do Pote 2. Portanto, a primeira jornada terá Benfica-Sp. Braga, Sporting-Marítimo, V. Guimarães-Feirense e FC Porto-Rio Ave.

 

Os grupos da Taça da Liga 2017/18:

Grupo A

Benfica

Sp. Braga

V. Setúbal

Real*

Grupo B

Sporting

Marítimo

Portimonense*

U. Madeira

Grupo C

V. Guimarães

Feirense

Moreirense

UD Oliveirense

Grupo D

FC Porto

Rio Ave

Paços Ferreira

Leixões

Calendário do Benfica nesta terceira fase:

1ª jornada
Benfica-Sp. Braga
Real Massamá-Vitória Setúbal

2ª jornada
Benfica-Real Massamá
Vitória Setúbal-Sp. Braga

3ª jornada
Vitória Setúbal-Benfica
Sp. Braga-Real Massamá 

 

Recorde-se que existe um processo em curso em que o Real Massamá é acusado de inscrição irregular de um jogador e, caso seja condenado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, o seu lugar no Grupo A será ocupado pelo Portimonense.

O Benfica tem sido o grande dominador da competição com sete triunfos. Moreirense, que venceu na última temporada, eliminando precisamente os encarnados nas meias-finais, Vitória de Setúbal e Sp. Braga apresentam um título cada um.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Taça CTT: Benfica eliminado pelo Moreirense

por João Silva, em 27.01.17

O Estádio Municipal do Algarve recebeu a segunda meia-final da Taça CTT. Frente a frente, as formações do Moreirense e do Sport Lisboa e Benfica, com os minhotos a levarem a melhor e a vencerem por 3-1.

Face à última jornada da Liga NOS, Rui Vitória fez seis alterações na equipa, depois do triunfo na Luz com o Tondela. Eliseu foi o destaque nas escolhas iniciais, após mês e meio de paragem por lesão.
O Benfica nem demorou muito tempo até inaugurar o marcador, logo na primeira chegada com perigo à baliza de Makaridze, aos seis minutos: Salvio iniciou a jogada com um bom pormenor individual e concluiu pouco depois, após cruzamento bem medido do regressado Eliseu. Melhor começo não se podia esperar, tudo levava a crer que iria ultrapassar este adversário com alguma "facilidade". Mas não!

Moreirense_Benfica_Taça_CTT.jpg

Após o tento inaugural, a equipa de Rui Vitória manteve um domínio quase absoluto da posse de bola a meio-campo, frente a um Moreirense que, durante a primeira metade, se preocupou mais em manter as linhas recuadas, procurando evitar o 'assalto' benfiquista. Sem acelerar muito no último terço, criou algumas ocasiões de relativo perigo por Jonas, aos 19 e 23 minutos, mas só obrigou Makaridze a aplicar-se nos minutos finais do primeiro tempo, em remates de Jonas (35) e Salvio (38).

O treinador do Moreirense mexeu ao intervalo, com as apostas em Fernando Alexandre e Dramé, e não podia ter esperado melhor reação da sua equipa, que empatou logo na primeira jogada do segundo tempo: Francisco Geraldes descobriu o isolado Dramé, que ultrapassou Ederson e atirou para a baliza aberta.

Perante um Benfica surpreendentemente adormecido no reinício, a equipa minhota foi somando boas ocasiões e mais dois golos, ambos apontados pelo ganês Boateng: aos 54, na recarga a um corte da defensiva 'encarnada' após um livre da direita, e aos 71, isolado, a finalizar um contra-ataque na 'cara' de Ederson, assistido por Podence.

O Benfica só 'acordou' nos dez minutos finais, quando o jogo já estava completamente 'partido': Makaridze defendeu dois remates perigosos de Pizzi e Jonas (81) e o avançado brasileiro somou um 'tiro' à barra (82) e outro ao poste (86).

O Moreirense conseguiu aguentar a pressão final e segurar o triunfo. O resultado manteve-se em 3-1 até final.

Aos jogadores do Benfica e equipa técnica, resta-lhes culparem-se a si próprios nesta eliminação e retirar a devidas ilações sobre os erros cometidos, para não voltar a cometê-los no futuro. Os erros servem para aprender.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Taça CTT Final Four

por João Silva, em 25.01.17

Taça_CTT_Final_Four.jpg

Líder do campeonato, semi-finalista da Taça de Portugal e presente nos oitavos de final da Liga dos Campeões, o Benfica é o favorito ao triunfo na 10.ª edição da Taça da Liga em futebol, que se decide numa inédita ‘final four’, no Algarve.

Vencedor da prova em 2009, 2010, 2011, 2012, 2014, 2015 e 2016, o Benfica chega ao Algarve com aspirações de chegar à sua 8.ª final nesta competição. Mas para tal acontecer, o Benfica tem de superar primeiro o Moreirense, equipa que esta época já venceu por 3-0, na Luz, em encontro a contar para a I Liga.

Caso cheguem à sua oitava final, as águias encontrarão uma das outras equipas que já conquistaram esta competição, ou o Vitória de Setúbal, vencedor da primeira edição (2007/08), ou o Sporting de Braga, que ganhou em 2012/13.

O jogo do Benfica-Moreirense decorre na próxima quinta-feira, às 20h45, e o jogo Vitória de Setúbal-Sporting de Braga decorre esta quarta-feira, à mesma hora. A final da competição disputa-se no próximo domingo, às 20h45, no Estádio do Algarve.

Segundo os responsáveis da Liga irão existir várias atividades paralelas durante esta semana, do qual se destacam o Jogo das Lendas, onde estarão presentes antigos internacionais portugueses, e a Corrida do Adepto, aliando o desporto da corrida ao futebol, na zona do Algarve. Os bilhetes para os jogos da Taça da Liga terão o custo de cinco euros.

A competição terá também uma fan zone, onde irão decorrer concertos de Jimmy P e dos Capitão Fausto, numa tentativa de atrair os adeptos à zona de Faro e de Loulé, cidades que irão acolher os jogos da final four.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica e o Vitória de Guimarães reencontram-se esta terça-feira na ‘Cidade Berço’ para discutir a passagem às meias-finais da Taça da Liga, três dias depois do triunfo dos ‘encarnados’ em jogo do campeonato (2-0).

Líder e segundo classificado do grupo D, respetivamente, Benfica e Vitória chegam à terceira jornada separados por dois pontos (seis contra quatro), bastando o empate aos lisboetas para marcarem presença na ‘final four’ — já os vimaranenses têm obrigatoriamente de ganhar. O outro jogo do grupo, o Paços de Ferreira-Vizela, não tem qualquer implicação nas contas finais.

Rui Vitória em declarações à BTV, afirmou: “A dificuldade vai ser semelhante face ao último desafio, agora, vai ser um jogo diferente porque acredito sempre que mesmo que sejam as mesmas equipas, no mesmo local, basta ser um dia diferente e, se calhar também com intervenientes das duas equipas diferentes, para que as coisas mudem. Nesse sentido, espero um jogo difícil, frente a uma equipa que vai - naturalmente - lutar muito porque também tem objetivos nesta competição. Um jogo muito exigente para nós, mas que como é nosso apanágio em qualquer competição, vamos a Guimarães para vencer e é esse o nosso propósito, obviamente, respeitando muito aquilo que é o valor da equipa do Vitória, um valor que vimos muito recentemente. Queremos ganhar, resolver logo esta Fase de Grupos e atingir a Final Four”.

Estão convocados para este jogo:

Guarda-redes – Ederson e Júlio César;

Defesas – Lisandro, Luisão, Lindelöf, Jardel, André Almeida, Yuri Ribeiro e Nélson Semedo;

Médios – Samaris, André Horta, Carrillo, Zivkovic, Salvio, Pizzi, F. Cervi, Rafa e Danilo;

Avançados – Jonas, Mitroglou e Gonçalo Guedes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica somou ontem a segunda vitória na fase de grupos da Taça da Liga e está agora a apenas um ponto de garantir o apuramento para a final four da competição. Zivkovic, com três assistências, e muito outros lances de classe, foi quem mais brilhou numa partida em que Jonas, o pistoleiro, regressou aos golos com um bis.

Benfica_Vizela 2.jpg

Mesmo com várias alterações ao habitual onze, onde se destacou a inclusão de Jonas na frente de ataque ao lado de Mitroglou, a dupla que encantou os benfiquistas na temporada passada, o Benfica dominou os 90 minutos como quis. O Vizela, aliás, só aos 81 minutos de jogo obrigou Ederson a uma defesa mais apertada.

Empurrados por um "elétrico" chamado Zivkovic, que fez gato-sapato da defesa do Vizela, os encarnados controlaram todos os minutos do primeiro tempo. A bola poucas vezes saiu de junto da área dos visitantes e as águias só não chegaram ao intervalo com o jogo resolvido por manifesta falta de pontaria.

O jovem internacional sérvio desenhava as jogadas e os cruzamentos milimétricos, mas na finalização os seus colegas não correspondiam. Ainda assim, Mitroglou, aos 27", lá conseguiu enviar de cabeça a bola para o fundo das redes, mas já antes o grego, e por várias vezes Jonas, de baliza aberta, atiraram para as nuvens.

Benfica_Vizela 1.jpg

O Benfica chegou ao intervalo a vencer com justiça e Ederson era um mero espectador. Para ainda sonhar com um possível apuramento, a equipa de Rui Quinta teria de responder no segundo tempo, mas um golo a abrir de Lisandro, de cabeça, num canto marcado por... Zivkovic, deitou por terra as esperanças do Vizela.

Aliás, a equipa nortenha pouco mais conseguiu fazer, pois a vencer por 2-0 os encarnados nunca tiraram o pé do acelerador, sobretudo Zivkovic, que muito prometeu ontem, sobretudo no entendimento com Jonas. O brasileiro haveria de regressar aos golos, que tanto procurou, aos 57", na marcação de um livre direto e mais de quatro meses depois de ter festejado o último de águia ao peito. 

Não conformado, o brasileiro, que fugia facilmente à marcação dos vizelenses, conseguiria o bis três minutos depois. Mais uma vez Zivkovic encontrou o brasileiro com um cruzamento da direita para a cabeça do pistoleiro.

Benfica_Vizela 3.jpg

Com o quarto golo, as águias aproveitaram para reduzir a velocidade e Rui Vitória deu descanso a jogadores como Pizzi e Jonas. O Vizela cresceu um pouco, mas só aos 81" conseguiu um remate digno de registo, que Ederson segurou sem dificuldades.

Boas dores de cabeça para Rui Vitória para o futuro próximo, com Jonas a regressar ao que mais sabe fazer - golos - e Zivkovic a prometer ser uma boa opção para a segunda metade da época, depois de um começo ao pé-coxinho, devido à sua adaptação e a uma lesão que também o afastou dos relvados.

Fonte: DN.PT

Autoria e outros dados (tags, etc)


Taça da Liga: Começar o Ano Novo a Vencer

por João Silva, em 03.01.17

O Benfica realiza esta terça-feira o primeiro jogo no novo ano, no Estádio da Luz, frente ao Vizela, em partida da segunda jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

Rui Vitória fez algumas alterações para esta partida, na lista de convocados, é certo as saídas de Lindelof, Luisão, Fejsa, Cervi e Raul Jiménez.
O central sueco Lindelof esteve na última convocatória, no jogo com o Paços de Ferreira, mas acabou por não fazer parte da ficha do jogo.

Rui Vitória optou ainda por deixar de fora o titularíssimo médio sérvio Fejsa, bem como o argentino Cervi, além do avançado mexicano Raúl Jiménez, que saiu tocado no último jogo, na quinta-feira.
Kalaica, um central de 18 anos entra assim nas escolhas - embora a titularidade deva pertencer à dupla Jardel/Lisandro López.
Regressam também Pizzi, que cumpriu castigo, e Danilo, bem como o avançado Luka Jovic.
O Benfica lidera juntamente com o Vitória de Guimarães o seu grupo da Taça da Liga, com ambas as equipas, que se defrontarão na terceira jornada, em Guimarães, a terem uma vitória na estreia.

Lista de convocados:
Guarda-redes: Ederson e Paulo Lopes.
Defesas: Lisandro, Kalaica, Jardel, André Almeida, Nélson Semedo e Yuri Ribeiro.
Médios: Samaris, André Horta, Carrillo, Zivkovic, Pizzi, Rafa, Celis e Danilo.
Avançados: Jonas, Mitroglou, Gonçalo Guedes e Luka Jovic.

Realço as palavras de Pizzi que garantiu entrar em 2017 "com a mesma ambição de vencer"

"Ano novo mas com a mesma ambição e vontade de vencer! Vamos com tudo Benfica", escreveu o médio na sua conta do Instagram."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica venceu o Paços de Ferreira por 1-0 e fechou o ano desportivo de 2016 da melhor forma. O único golo da partida foi marcado por Franco Cervi na primeira parte e foi o suficiente para garantir a vitória na primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

Jardel e Celis foram as únicas alterações no onze inicial num jogo em que o Benfica demonstrou sempre o favoritismo que lhe era atribuído. Entrou mais forte, a beneficiar de quatro cantos nos primeiros oito minutos e das primeiras oportunidades de golo. Primeiro Cervi, a tentar a sorte de pé esquerdo, mas com a bola a sair por cima da baliza de Mário Felgueiras; e depois Celis, com um remate poderoso para a excelente intervenção do guarda-redes pacense.
Aos 16’, outra vez Mário Felgueiras a negar o golo, desta vez a Rafa que tinha entrado na área isolado depois de um grande passe do mexicano Raúl.

Benfica_Paços_de_Ferreira 1.jpg

Benfica_Paços_de_Ferreira 2.jpg

Ederson foi um mero espectador até ao intervalo, mas Mário Felgueiras voltou a ter trabalho quando a bola chegou a Jiménez, num contra-ataque conduzido por Gonçalo Guedes. Só que a recepção saiu mal ao mexicano e o remate não perturbou o guarda-redes. Porém, a insistência das águias deu frutos aos 39’, quando Cervi inaugurou o marcador. Tudo começou num bom passe de Rafa para André Almeida, que na esquerda ofereceu o golo a Gonçalo Guedes — o remate foi cortado por Miguel Vieira sobre a linha de baliza, mas na recarga o argentino atirou para o fundo da baliza pacense.

Benfica_Paços_de_Ferreira 3.jpg

Benfica_Paços_de_Ferreira 4.jpg

Após ter sido inofensivo na primeira parte, o Paços melhorou no segundo tempo. Jardel fez um excelente corte a evitar que Ricardo Valente criasse perigo (51’) e Gleison ameaçou, mas Ederson estava atento (81’). O Benfica controlou os acontecimentos e Rui Vitória ainda conseguiu aproveitar para dar minutos a Jonas e André Horta, ambos a regressar de lesões.

Benfica_Paços_de_Ferreira 5.jpg

Benfica_Paços_de_Ferreira 6.jpg

Um destaque para Cervi. Marcou um golo e esteve em bom plano no jogo contra o Paços de Ferreira. Rápido nos processos ofensivos foi uma seta apontada à baliza defendida por Mário Felgueiras. Apesar de só ter chegado à Europa este ano, o extremo vai mostrando que está a ter uma boa adaptação ao futebol europeu.

Com esta vitória o Benfica assume a liderança do grupo D da Taça da Liga à condição. O Tricampeão Nacional regressa em 2017, precisamente com mais um jogo da Taça CTT. A 2.ª jornada disputa-se no dia 3 de janeiro, no Estádio da Luz, diante do FC Vizela.

Venha 2017.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ai está a Taça da Liga

por João Silva, em 29.12.16

Taça_da_Liga.png

O Benfica, vencedor de sete das nove edições da Taça da Liga em futebol, inicia hoje a defesa do título na receção ao Paços de Ferreira.

Este jogo marca o arranque do Grupo D, num embate em que não estará Pizzi, por castigo, e no qual Rui Vitória poderá proceder a mais alterações, sendo provável o regresso de Jonas no onze inicial.

A chamada de André Horta é a grande novidade nos convocados, o jovem médio está recuperado de uma lesão muscular, ele que não joga desde o dia 6 de novembro, no empate do Benfica com o FC Porto no Dragão.

Rui Vitória convocou 20 jogadores:

Guarda-redes: Ederson e Paulo Lopes;

Defesas: Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Jardel, Lisandro e André Almeida;

Médios: Fejsa, Samaris, André Horta, Cervi, Celis, Rafa, Carrillo e Zivkovic;

Avançados: Mitroglou, Jonas, Gonçalo Guedes e Raúl.

O jogo entre o Benfica e o Paços de Ferreira está marcado para às 21h15 desta quinta-feira, na Luz. Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria, foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


um passado de glória um futuro de vitória benfica




twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com