Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O tricampeão sofreu como raramente tem acontecido nesta Liga mas passou o teste de Guimarães e pode encarar os próximos compromissos com mais tranquilidade. Dois golos, apontados na primeira parte, chegaram para o Benfica ultrapassar um Vitória que entrou em campo sem perder há sete jogos.

Guimaraes_Benfica 2.jpg

Com Salvio de regresso à direita e a letal dupla Jonas/Mitroglou na frente, Rui Vitória não hesitou em mostrar que queria sair de um estádio onde também foi feliz com os três pontos. E o certo é que foram esses três homens a definir a vantagem segura com que o Benfica foi para o intervalo, isto apesar de se ter batido com um Vitória que não teve medo de jogar olhos nos olhos e de procurar sempre chegar à baliza de Ederson. Demorou aliás 35 segundos a fazê-lo, mas o guarda-redes brasileiro dos encarnados estava atento e não deixou que o remate de Soares causasse mossa.

No entanto, e apesar da entrega vimaranense, o conjunto de Pedro Martins falhou sempre no último terço, fosse pelas más opções dos homens na frente (sobretudo Soares, que condenou duas transições perigosas por isso mesmo), fosse pela boa colocação da defensiva encarnada, isto apesar de Fejsa ter saído cedo por lesão, cedendo o seu posto a Samaris.

A equipa de Rui Vitória abriu o marcador aos 19", depois de Konan perder um duelo com Mitroglou, deixando o corredor vago para Salvio soltar o seu talento e oferecer o primeiro golo na Liga deste ano a Jonas. Em posição central, sem guarda-redes, o Pistolas não falhou e colocou os líderes da prova em vantagem.

Guimaraes_Benfica 1.jpg

O segundo golo apareceu em cima do descanso (42"), num lance em que Lindelöf agarrou Soares, que ficou no chão, com Nuno Almeida a dar a lei da vantagem. No entanto, a equipa da casa perdeu logo a bola, e no contra-ataque respetivo, a bola chegou ao ataque encarnado, com Jonas a solicitar Mitroglou e o grego a rematar à entrada da área de pé esquerdo: a bola saiu fraca mas colocada e surpreendeu Douglas.

No segundo tempo, o Vitória continuou a pressionar e a jogar mais perto da área visitante, criando três boas ocasiões para reduzir a desvantagem - na última delas, apenas uma extraordinária defesa de Ederson evitou que Hernâni festejasse um golaço. O Benfica percebeu que o melhor era não facilitar - até porque os homens da casa já mostraram várias vezes nesta época que não se rendem, como sucedeu frente ao Sporting, por exemplo - e baixou linhas. Com Luisão em bom plano, apenas o flanco esquerdo da sua defesa era constantemente assaltado pela velocidade vimaranense, mas a verdade é que as coisas não melhoraram muito quando chegava a hora da verdade. E, no outro lado, até foi Douglas a evitar por três vezes que o resultado se dilatasse para números sem correspondência com o que se verificava em campo.

Na terça-feira as duas equipas têm o segundo round, no mesmo local, para a Taça da Liga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



um passado de glória um futuro de vitória benfica

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com