Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Análise à crise financeira

por João Silva, em 15.10.08

   

Quanto à situação em Portugal, os 3 grandes são os clubes mais endividados, sendo que o Sporting é de longe o clube em maiores dificuldades com um passivo financeiro a rondar os 270 Milhões de euros. O Porto tem um passivo financeiro que rondará os 120 Milhões a 140 Milhões de euros. Já o Benfica tem um passivo financeiro que ronda os 140 Milhões de euros.

    Dos 3 grandes o Benfica é o clube em melhor situação já que teve os maiores investimentos no Estádio e Centro de Estágio que rondaram os 180 Milhões de euros, sendo o único que tem menor dívida financeira do que os investimentos realizados. Já os investimentos do Porto e Sporting rondaram os 110 Milhões de euros cada.

    Por outro lado, o Benfica também é o clube que tem maiores receitas operacionais anuais em termos consolidados (sem contar com transferências de jogadores), que rondam os 85 Milhões de euros anuais, enquanto que as receitas operacionais do Porto e Sporting rondam os 60 Milhões de euros anuais. Desta forma o Benfica é o clube com maiores receitas operacionais para fazer face à amortização da dívida e ao pagamento dos respectivos juros.

    Por fim, devido à crise financeira o mercado de transferências internacionais de jogadores também irá retrair-se, facto esse que irá prejudicar mais o Porto, já que precisou de vender cerca de 200 Milhões de euros em jogadores nas últimas 5 épocas. O Benfica e o Sporting estão menos expostos à crise internacional já que têm vendido menos jogadores, cerca de 100 Milhões de euros (Benfica) e 80 Milhões de euros (Sporting), nos últimos 5 anos.

Desta forma podemos concluir que o Benfica está em melhor situação em todos os rácios analisados:
- investimento / passivo financeiro
(quanto maior for o rácio melhor, já que não precisa de tanto capital alheio que envolve custos);
- receitas operacionais / passivo financeiro
(quanto maior for o rácio melhor, já que tem maior capacidade para suportar a dívida);
- receitas extraordinárias /passivo financeiro
(quanto menor for o rácio melhor, já que as receitas extraordinárias são proveitos incertos, e o serviço da dívida é um custo certo).

    Esta análise factual e irrefutável só vem demonstrar que a gestão empresarial de Luís Filipe Vieira e de Domingos Soares de Oliveira tem sido excelente.

 Fórum Benfica

 

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)



um passado de glória um futuro de vitória benfica




twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com