Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Zenit 1-0 SL Benfica

por João Silva, em 26.11.14

Grupo C (1).jpg

O Benfica perdeu por 1-0 com o Zenit e está fora das competições europeias, depois da vitória do Mónaco no terreno do Leverkusen. A equipa de Jesus pode lamentar-se dos golos falhados em São Petersburgo.

É verdade que o grupo era difícil, muito equilibrado, mas o Benfica parece não ter levado a "Champions tão a sério. Basta a ver a forma como jogou na Alemanha frente ao Bayer Leverkusen, fazendo descansar habituais titulares.

zenit_Benfica.jpg

A derrota na Rússia apenas confirmou a má campanha do Benfica na prova dos “milhões”. O Zenit, que nunca perdeu em casa com adversários portugueses, resolveu um jogo equilibrado pela técnica e qualidade dos seus dois melhores jogadores: Hulk cruzou da direita, Danny fez o golo. Apareceu numa altura em que o Zenit estava por cima, depois de uma excelente entrada do Benfica no segundo tempo, com duas boas oportunidades de golo. Num encontro tão equilibrado, os detalhes assumem importância capital. Não marcou o Benfica, acabou por sofrer.

O derradeiro encontro, em casa, será para cumprir calendário, frente ao Bayer Leverkusen, equipa que precisa de vencer para garantir o primeiro lugar do grupo. Oportunidade para Jesus dar minutos aos menos utilizados na prova. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais um passo rumo ao Jamor

por João Silva, em 22.11.14

taca de portugal.jpg

O Benfica prossegue hoje a defesa do título da Taça de Portugal, ao receber o Moreirense, em jogo da quarta eliminatória.

A festa da Taça regressa ao Estádio da Luz, esperando-se um bom espectáculo, golos e dificuldades para o Benfica, basta recordar o que sucedeu com este adversário no último jogo para o Campeonato.

Ao contrário do que se passou na eliminatória com o SC Covilhã, Jorge Jesus não deve fazer uso da rotatividade de forma tão radical. Aqui e ali é natural que haja alguma mudança a pensar no jogo com o Zenit na quarta-feira, mas todo o cuidado é pouco, pois estamos a falar de um clube de Primeira Liga e a Taça de Portugal é um dos objectivos da época.

Em termos históricos, os dois emblemas já se defrontaram em 12 ocasiões. Os minhotos nunca venceram, o melhor que conseguiram foi três empates. Sofreram nove desaires; se atentarmos apenas na Taça de Portugal, este será o 3.º desafio, sendo que nos dois anteriores, o SL Benfica venceu sempre e por 2-0.

Carrega Benfica!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

slb-o-maior-clube-do-mundo.jpg

 É sempre difícil aceitar o facto de um País como Portugal, com 10 milhões de habitantes, contar com o Clube com maior número de Sócios do Mundo. Mas os números são o que são. E são reais. Em 2015 – por obrigação estatuária – haverá renumeração e aí cabe aos Sócios manter este título.

Uma das grandes razões do sucesso do Benfica, desta última década, assentou nos seus sócios. É fundamental que a força dessa ligação se mantenha!

Foi desta forma que o director de Comunicação do Sport Lisboa e Benfica, João Gabriel, reagiu esta semana, a propósito das dúvidas levantadas pelo presidente do Bayern de Munique acerca do tema.

Números de Sócios (members) divulgado em Fevereiro pela revista "The Weekly", da FIFA:

1.º SL Benfica: 235,000
2.º Bayern Munique: 223,985
3.º Barcelona: 177,246
4.º Manchester United: 151,079
5.º Arsenal: 130,000
6.º Schalke 04: 119,040
7.º Juventus: 111,100
8.º Inter de Milão: 110,000
9.º Internacional de Porto Alegre: 100,135
10.º Boca Juniors: 100,000
11.º Borussia Dortmund: 95,000

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Jorge Jesus: Antevisão ao Jogo com o Mónaco

por João Silva, em 04.11.14

Jorge_Jesus.jpg

Jorge Jesus, em conferência de imprensa, lançou a partida com o Mónaco a contar para a 4.ª jornada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões.

A intervenção do técnico começou por versar sobre o facto de ser um jogo decisivo para os da Luz, algo que admitiu. “Para continuar na Champions temos de ganhar amanhã. Não é uma Final, mas vencendo determina que o Benfica fica com possibilidades de passar a Fase de Grupos”, considerou.

Instado a revelar que “miolo” vai apresentar frente ao Mónaco, Jesus disse que poderia Enzo Perez jogar a “6”, mas não o confirmou: “É uma hipótese. Nos jogos que temos tido apresentámos várias duplas no meio-campo. Face à ideia de jogo vamos escolher uma dupla que não vou dizer qual é, mas essa [Enzo Perez e Talisca] poderá ser uma.

“Não vamos condicionar este encontro em virtude do jogo com o Nacional. Queremos vencer o Mónaco e temos de lançar os melhores táctica e fisicamente”, sublinhou ainda.

O treinador desvalorizou alguma pressão que a equipa possa sentir por ter de vencer na terça-feira. “Os jogadores do Benfica estão habituados aos jogos das competições europeias e temos experiência. Se não vencermos não é por falta dessa experiência”, sustentou.

Ainda na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Mónaco, o técnico do Sport Lisboa e Benfica abordou a menor capacidade de concretização da equipa na Liga “Milionária” apesar de ser o ataque mais concretizador do Campeonato.

Temos um golo em três jogos, mas o Mónaco também. Temos capacidade para fazer mais golos. Somos uma equipa com ideias ofensivas, mas ainda podemos recuperar a quantidade de golos, mas não tanto a qualificação, porque só temos três desafios, isto é nove pontos”, alertou.

O Benfica nunca perdeu na Luz diante de formações gaulesas, algo que é para ser mantido na terça-feira. “Frente às equipas francesas temos tido vantagem apesar do equilíbrio nos embates. O Mónaco é uma boa equipa, mas podemos ter a vantagem de jogar no nosso Estádio, com o nosso público”, referiu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


SL Benfica 1-0 Rio-Ave

por João Silva, em 01.11.14

Com esta merecida vitória, o Campeão nacional recuperou provisoriamente os quatro pontos de vantagem sobre o segundo classificado.

Depois de ter perdido na última jornada em Braga, Jorge Jesus alterou o onze inicial, metendo dois pontas-de-lança de início: Jonas e Lima. Gaitán ficou no banco de inicio, relegando Talisca para o flanco esquerdo, enquanto Samaris e Enzo ficavam com o controlo do meio-campo. Com o lateral Eliseu como baixa de última hora, André Almeida foi chamado para o seu lugar.

Talvez por essa razão, a formação de Jorge Jesus esteve um pouco apática na primeira parte, embora tenha criado algumas oportunidades para marcar, mas os remates esbarraram sempre no guarda-redes do Rio Ave.

 Lima, Enzo Perez e até Lisandro Lopez tentaram a sua sorte, mas Cássio esteve sempre muito seguro nas redes dos vila-condenses.

Na segunda parte, Jesus lançou Gaitan, deixando Samaris nos balneários. O médio grego voltou a mostrar bastante desacerto na formação benfiquista, somando vários passes errados na primeira parte.

 Com Gaitan na esquerda e Talisca de regresso ao meio, os primeiros minutos foram de pressão benfiquista que o Rio Ave ia suportando com dificuldade. O campeão nacional foi acumulando lances de perigo junto da área do Rio Ave e coube a Talisca novamente a responsabilidade de resolver um jogo, que, com a passagem dos minutos, prometia ficar cada vez mais problemático para os da casa.

O brasileiro pegou na bola à entrada da área e, num remate em jeito com o seu pé esquerdo, não deu hipóteses a Cássio, que bem se esticou, sem sucesso, para impedir o golo do Benfica. Um golão de se tirar o chapéu!

Mesmo assim, a partida não ficou mais facilitada, já que o Rio Ave foi à procura do empate, criando algumas situações complicadas. Primeiro Júlio Cesar impediu um remate de Diego aos 68 minutos, Esmael meteu mesmo a bola na baliza do guardião brasileiro, mas o fiscal de linha assinalou fora de jogo, num lance em que o avançado dos vila-condenses está ligeiramente adiantado.

No final o mais importante foi alcançado: Conquistar os três pontos e consolidar a liderança.

 O Benfica alinhou com: Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Lisandro, André Almeida, Salvio, Enzo Perez, Samaris (Gaitán, 46), Talisca, Jonas (Derley, 89) e Lima (Pizzi, 76).

(Suplentes: Artur, Sulejmani, Gaitán, Pizzi, Derley, Benito e César).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


um passado de glória um futuro de vitória benfica


twiiter

# Classificação 2016/17




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com