Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 A equipa B do Benfica entrou a vencer na Premier League International Cup ao bater o Schalke por 1-0, com golo de Renato Sanches.

Talvez empolgado pela presença de alguns Benfiquistas nas bancadas do Princess Park, o Benfica B entrou forte, criou várias oportunidades de golo e só a falta de eficácia justifica o nulo com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, o jogo de sentido único continuou e tal avalanche ofensiva do Benfica B trouxe o golo aos 59’ por intermédio de Renato Sanches. Até final, o resultado não mais se alterou, mas a diferença mínima não espelha o maior domínio das “águias” na partida.

O Benfica B alinhou com o seguinte onze: Miguel Santos; Nélson Semedo, Fábio Cardoso, Victor Lindelöf, Pedro Rebocho; Rúben Pinto, Renato Sanches (João Amorim, 75’), Hélder Costa, Nuno Santos (Victor Andrade, 60’), Gonçalo Guedes (Rochinha, 71’) e Rui Fonte.

Fonte: SLBenfica.pt

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A História do Benfica é hoje

por João Silva, em 29.10.14

eusébio.png

 

Hoje, 29 de Outubro de 1973, Eusébio recebeu a sua segunda Bota de Ouro, em Paris. Ao ser o melhor marcador dos campeonatos nacionais da Europa, com 40 golos marcados em 1972/73, o “Pantera Negra” foi novamente consagrado com o prestigiado troféu. A sua primeira Bota de Ouro tinha sido conquistada em 1968, na primeira edição deste prémio instituído pela France Football.

No Museu – Área 24. O “Pantera Negra” e outras lendas

Fonte: SLBenfica

Autoria e outros dados (tags, etc)


Estádio da Luz celebra 11 anos

por João Silva, em 25.10.14

estadio2.jpg

O dia 25 de Outubro de 2003 será, para sempre, uma data inolvidável para a história do Sport Lisboa e Benfica. Depois de muita crença, vontade, capacidade de superação e profissionalismo, ergueu-se o novo Estádio da Luz.

A “nova casa” do Benfica era uma realidade depois de muitas dúvidas e estava pronto para receber os jogos do Campeonato da Europa de 2004. Antes disso jogaria o Glorioso que se estreou frente ao Nacional de Montevideo com um triunfo por 2-1 e um “bis” de Nuno Gomes.

Estava dado o mote para muitas mais vitórias, conquistas e momentos de glória do Clube. Desde a sua inauguração, e apesar da sua ainda tenra idade, a Catedral já assistiu aos festejos de três títulos nacionais e muitos outros eventos que comprovam a capacidade do Estádio da Luz para responder às mais altas exigências, não fosse este um recinto de Elite da UEFA e classificado com cinco estrelas.

Ainda muito nova, a Catedral mostra números à sua imagem, isto é, majestosos.

Na altura em que o Benfica e a “sua casa” estão em festa é tempo de pararmos, reflectirmos e analisarmos os números e algumas curiosidades que, entre festejos, sorrisos e lágrimas, nos passam despercebidos.

Totais do Estádio da Luz:

Número de jogos: 292

Vitórias: 208

Empates: 52

Derrotas: 32

Golos marcados: 601 (262 na 1.ª parte, 334 na 2.ª parte, 5 no prolongamento)

Golos sofridos: 213

Jogador com mais jogos: Luisão com 219

Jogador com mais golos: Cardozo com 109

Total de adversários na Catedral: 94

Equipas portuguesas que jogaram na Luz: 31

Equipas estrangeiras que jogaram na Luz: 63

Maiores goleadas na Luz:

Campeonato Nacional: 8-1 ao V. Setúbal (2009/10)

Taça de Portugal: 6-0 ao Desp. Aves (2012/13)

Taça da Liga: 4-1 ao Olhanense (2008/09)

Liga Europa: 5-0 ao Everton (2009/10)

Liga dos Campeões: 3-0 ao Celtic (2006/07)

Golos na Catedral:

Golo 100: Petit (Rio Ave em 2005)

Golo 200: Rui Costa (P. Ferreira em 2008)

Golo 300: Saviola (U. Leiria em 2010)

Golo 400: Nolito (Trabzonspor em 2011)

Golo 500: Enzo Perez (V. Setúbal em 2013)

Golo 600: Salvio (Arouca em 2014)

Fonte: SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Jonas, uma estrela em ascenção

por João Silva, em 25.10.14

Jonas_SLB.jpg

Chegou à Luz há pouco mais de um mês e já impressionou. Jonas tem uma relação próxima com o golo e provou isso mesmo, com um “hat-trick”, na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

Em apenas dois jogos oficiais - 135 minutos em campo - leva já quatro golos marcados, o que faz uma média de um golo a cada 34 minutos. O internacional canarinho de 30 anos marcou, no passado dia 18 de Outubro, três golos ao Sporting da Covilhã - o que permitiu ao Benfica a passagem à próxima fase da prova.

Estou muito feliz por estar num Clube como o Benfica. Tive o privilégio de jogar três anos e meio no Valência, que foi muito bom para mim. Agora, no Benfica, é um novo desafio, um novo projecto e estou contente. Já estou adaptado, há muitos atletas brasileiros, o povo acolheu-me muito bem e o Clube tem uma estrutura fenomenal”, disse o avançado em entrevista ao canal norte-americano, ESPN. Podem ler o resto da entrevista aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jornal_O_Benfica.jpeg

A cumprir a 12.ª temporada de águia ao peito, Luisão garante que está de pedra e cal no Benfica. Quer retribuir e deixar legado. Palavras do capitão que projetam final de carreira na Luz.

«A cada jogo sinto aquele arrepio do que é ser benfiquista. Os adeptos falam da mística e o Benfica é a minha casa, a minha família. É muito tempo no clube, é uma segunda pele», disse numa entrevista transmitida pela Benfica TV, onde acrescentou: «As comemorações aqui são diferentes. Ficamos muito felizes porque a luta é muito grande para podermos viver esses momentos. O projeto para a minha carreira é continuar no Benfica
«Esta é a minha 12.ª temporada no Benfica. No futebol de hoje, é comum um jogador ficar algum tempo num clube e sair, mas encontrei aqui um projeto muito bom. É uma satisfação contrariar aquilo que, hoje em dia, a maior parte dos jogadores faz. Tenho uma gratidão imensa para com o Benfica. Sei da importância que o clube me deu ao longo dos anos – e ainda dá – , valoriza-me», adiantando que quer deixar a marca no clube e que gostaria que os jovens que estão a começar uma carreira, tenham em si uma referência de um profissional que honrou o clube.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mónaco 0-0 SL Benfica

por João Silva, em 23.10.14

Benfica e Mónaco protagonizaram um jogo de baixa qualidade, de certa maneira justificado pelo péssimo relvado, que terminou tal como começou: 0-0, um resultado que deixa a equipa de Jorge Jesus com vida complicada no Grupo C da Liga dos Campeões.

O Benfica soma assim o primeiro ponto nesta competição, escasso para as ambições que alimenta nas provas europeias. Será uma tarefa difícil chegar ao terceiro lugar da classificação que dá acesso à Liga Europa, já para não falar nas hipóteses de passarem a fase de grupos da Champions.

Foi a equipa do Mónaco quem começou melhor, com os primeiros 20’ a serem de domínio, com Artur a passar por alguns sustos. Mas a equipa de Jorge Jesus conseguiu libertar-se e chegou a protagonizar bons momentos na partida. Aos 39’, grande oportunidade de golo para o Benfica. Cruzamento perfeito de Talisca, o esférico encontra Lima bem no coração da pequena área, mas o guardião, Subasic, disse não ao brasileiro.

Após um primeiro tempo mal jogado pelas duas equipas, a segunda parte trouxe melhorias.

o Benfica regressou melhor e o guarda-redes croata do Mónaco ganhou protagonismo. Eliseu aproveitou um erro de Dirar, entregou a bola a Gaitán e o argentino, após passar por um adversário, disparou: Subasic estava lá (59’). E voltou a estar lá para travar o remate de Salvio, após passe de Talisca, e a recarga de André Almeida (67’).

 Era o melhor Benfica que se via na partida e o resultado ainda podia pender para qualquer lado, mas as pretensões da equipa de Jorge Jesus ficaram comprometidas a um quarto de hora do final, com a expulsão do defesa central Lisandro López.

Em inferioridade numérica, a equipa de Jesus concentrou-se em limitar os estragos e esperar que os minutos se esgotassem.

A Champions regressa no início do mês de Novembro, com a recepção ao Mónaco agendada para dia 4 de Novembro, pelas 19h45, na Catedral. Um desafio alusivo à 4.ª jornada da Liga Milionária e que assume contornos de decisivo.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou de início com Artur; Maxi Pereira, Luisão, Lisandro López e Eliseu; André Almeida, Gaitán (César, 79’), Salvio, Enzo Perez (Samaris, 87’) e Talisca (Tiago,68’); Lima.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mónaco – Benfica: Jornada decisiva!

por João Silva, em 22.10.14

Monaco_Benfica.jpg

O Benfica procura hoje os primeiros pontos na Liga dos Campeões de futebol, na visita ao Mónaco, em jogo da terceira jornada do Grupo C da Liga dos Campeões de futebol.

Depois das derrotas em casa com o Zenit (2-0) e no terreno do Bayer Leverkusen (3-1), nas duas primeiras rondas, o Benfica joga um encontro decisivo no estádio Louis II, frente ao líder com quatro pontos, os mesmos de Zenit e mais um do que o Bayer Leverkusen.
Em 11 jogos esta temporada, o Benfica apenas perdeu duas vezes, sempre na “Champions”, somando mais dois empates, enquanto o Mónaco, depois de um mau início de temporada, tem vindo a melhorar, muito por culpa do setor defensivo, uma vez que apenas sofreu um golo nos últimos sete encontros.
Para o primeiro encontro entre os dois conjuntos, Jorge Jesus, chamou 21 jogadores, entre os quais o jovem médio Gonçalo Guedes, numa lista no qual não estão os lesionados Júlio César, Jardel e Ola John.

O cenário é desfavorável para alcançar o apuramento, mas as contas ainda não estão totalmente fechadas, pelo que hoje é fundamental o Benfica conseguir um resultado positivo nesta deslocação ao Mónaco.

Apoio dos adeptos nas bancadas não vai faltar.

Força Benfica!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Vem ai a festa da Taça!

por João Silva, em 18.10.14

Taça_de_Portugal_Covilhã_Benfica.jpg

Este sábado, pelas 19h45, no Complexo Desportivo da Covilhã, inicia-se mais uma competição em que, com toda a naturalidade, o Benfica parte para vencer, até porque é o detentor do troféu que ganhou brilhantemente na época passada.

A Taça de Portugal é um dos objectivos da temporada e o sorteio da 3.ª eliminatória ditou uma deslocação ao terreno do SC Covilhã, formação que ocupa a 7.ª posição da Segunda Liga, com quatro vitórias, três empates e duas derrotas (14 golos marcados e 12 sofridos).

Nas últimas três jornadas a equipa da AF Castelo Branco mostrou estar em grande forma, com três vitórias, seis golos marcados e nenhum sofrido.

Venceu, em casa, o Desportivo das Aves, por 1-0, com golo de William Kizito, e o Tondela, por 4-0, com golos de Tatui, Erivelto Silva e William Kizito (dois). Pelo meio, na 9.ª jornada, o SC Covilhã foi vencer no terreno do líder da Segunda Liga, o Freamunde, por 0-1, com golo de Zé Tiago.

Histórico favorável… numa longa história de embates

É longa a história de embates entre Benfica e SC Covilhã na Taça de Portugal. As duas equipas enfrentaram-se em cinco épocas para a prova Rainha do Futebol português e o saldo é claramente positivo.

Mas uma partida estará sempre ligada à história do Clube da Luz com a vitória, por 3-1, na Final do Jamor na época 1956/57. Salvador, José Águas e Coluna marcaram os golos que permitiram erguer o título. 

Nas outras quatro épocas a formação Benfiquista eliminou sempre o SC Covilha. A última foi em 1984/85, na meia-final, com um triunfo, por 2-0, com dois golos do dinamarquês Manniche.

A última vez que o Benfica jogou no terreno do SC Covilhã foi para o Campeonato Nacional na época 1987/88. Os golos de Diamantino Miranda (dois) e de Rui Águas permitiram alcançar uma vitória, por 0-3.

No total, entre jogos oficiais e particulares, o Benfica venceu 29 vezes, empatou nove jogos e perdeu por cinco ocasiões.

Que este sábado o percurso favorável se mantenha e se inicie aqui a caminhada rumo à Final do Jamor!

Jorge Jesus já divulgou a lista de convocados e são muitas as caras novas.

Guarda-redes- Artur Moraes e Bruno Varela;

Defesas - Lisandro López, Benito, César e Victor Lindelof;

Médios – Ola John, André Almeida, Cristante e Renato Sanches;

Avançados – Derley, Tiago, Jonas, Nelson Oliveira, Pizzi, Hélder Costa, Gonçalo Guedes e Rui Fonte.

Fonte: SLBenfica.pt

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

rui costa.jpg

 

A UEFA lançou um desafio aos adeptos para que votem nos melhores dez melhores golos apontados nas competições tuteladas pelo organismo.

Entre os nomeados está o golo marcado por Rui Costa à Inglaterra no Campeonato da Europa 2004, que teve lugar em Portugal.

Para votar no golo do Rui Costa basta aceder ao site da UEFA.

 Clique aqui para ver o vídeo e votar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Benfica, representado pela formação B de Futebol, irá disputar a 1.ª edição da Premier League International Cup, uma prova onde marcarão presença 16 equipas, distribuídas por quatro Grupos

Todos os desafios terão como palco solo inglês, numa competição disputada no formato de uma volta numa primeira fase que decorrerá até 31 de Janeiro de 2015, seguindo-se, posteriormente, fases a eliminar, iniciando-se estas com os quartos-de-final.

Este torneio é destinado a jogadores Sub-21, com a equipa B do Benfica, orientada por Hélder Cristóvão, a participar agrupada no Grupo C da competição, onde defrontará as formações do Leicester City, Manchester City e Schalke 04.

Os dois primeiros classificados de cada um dos quatro grupos, segue depois para os quartos de final da competição, que serão disputados em apenas um jogo, tal como as meias-finais e a final.

Uma competição organizada pelo departamento de formação da liga inglesa com o objetivo de dar mais oportunidades aos jovens jogadores entre os 18 e 21 anos das equipas da Premier League e, em simultâneo, proporcionar-lhes uma experiência internacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



um passado de glória um futuro de vitória benfica

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com