Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



  • O Benfica não perde na Luz, em todas as competições, há 50 jogos; 
  • Já lá vão seis derrotas consecutivas dos leões em casa do Benfica em jogos do campeonato;
  • 88 meses é o tempo que o Sporting está sem marcar na Luz para o campeonato;
  • resultado mais vezes repetido nos jogos da Luz na Liga é 1x1: dez ocasiões. A última vez foi na temporada 2006/07;
  • primeiro Benfica x Sporting para a Liga terminou 1x1 em 1934/35. Carlos Torres, do Benfica, foi o primeiro a marcar nos dérbis da Liga na Luz;
  • Nove é o máximo de golos num dérbi na Luz na Liga. Aconteceu em 1943/44 (5x4) e 1945/46 (7x2); 
  • Eusébio e Peyroteo são os melhores marcadores dos dérbis na Luz, com 16 golos cada um;
  • João Vieira Pinto é o único que marcou pelas duas equipas, na Luz, para o campeonato;
  • Luisão é o jogador das duas equipas com mais jogos e golos em dérbis: quatro golos em 21 partidas;
  • O Benfica não perde na Luz para o campeonato há 35 jogos: a última derrota foi contra o FC Porto, 2x3, em 2011/12;
  • Se marcarem, os encarnados atingem 80 jogos consecutivos a fazerem golos na Luz. A última vez que ficaram em branco foi contra a Académica, em 2008;
  • O Sporting empatou os dois últimos jogos fora e não perde há sete. A sua última derrota foi na Luz, em Fevereiro;
  • Se jogar contra o Sporting, Franco Jara faz 50 jogos pelo Benfica. Marcou 11 golos;
  • Há um ano Sporting e Benfica empataram a um golo em Alvalade, também na terceira jornada do campeonato. Montero e Markovic foram os marcadores dos golos;
  • Nani jogou duas vezes na Luz. Não perdeu e não marcou qualquer golo.

Fonte: www.zerozero.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


SL Benfica 2-0 Paços de Ferreira

por João Silva, em 18.08.14

O Benfica iniciou a defesa do título nacional com uma vitória frente ao Paços de Ferreira, no Estádio da Luz, por 2-0. Um golo em cada parte fez com que a equipa quebrasse o registo de não vencer, desde 2005, o jogo inaugural do Campeonato.

Para o arranque da edição 2014/15 da Liga, Jorge Jesus apostou no mesmo onze que entrou para jogar a Supertaça Cândido de Oliveira, no domingo anterior. Do lado contrário, o Paços de Ferreira entrou com o intuito de incomodar a baliza de Artur Moraes, apresentando linhas muito subidas, o que dificultou, inicialmente, as saídas para o ataque por parte do Benfica.

Ainda assim, a equipa da Luz criou a primeira situação antes dos 10 minutos, através de um remate perigoso de Lima (8’).

No minuto seguinte, o Paços de Ferreira arrancou uma grande penalidade, muito contestada pelos jogadores da casa, nomeadamente por Eliseu. O árbitro Cosme Machado considerou que o defesa-esquerdo empurrou Hurtado no interior da área.

Depois de ter defendido três penáltis na Supertaça, Artur Moraes voltou a ser enorme na baliza, ao defender a tentativa de Manuel José (9’).

O Benfica libertou-se aos poucos da pressão do conjunto orientado por Paulo Fonseca e começou, assim, a desequilibrar o adversário em termos defensivos. Numa das boas jogadas de ataque, Maxi Pereira cruzou e Lima rematou por cima (23’).

Adivinhava-se o golo e ele apareceu pouco depois. Gaitán combinou com Maxi Pereira, este entrou na área e rematou para o fundo da baliza do Paços de Ferreira (25’).

A partir daqui foi um Benfica ainda mais dominador, perante um opositor com mais dificuldades para sair com perigo para o ataque.

Uma das notas antes do descanso foi a saída do argentino Enzo Perez, que foi substituído por Franco Jara (42’).

A segunda parte continuou a mostrar um Benfica muito consistente nos seus processos, a gerir os tempos de jogo e atacar a baliza nos momentos certos. Depois de ter estado perto de marcar por intermédio de Jara (54’) e Lima (56’), o chamado golo da tranquilidade apareceu aos 72 minutos. Gaitán, que tinha visto um remate ser bloqueado por um braço de um adversário (65’), cruzou para o cabeceamento colocado de Salvio. 

O Benfica venceu por 2-0 e começou, assim, a defesa do título nacional da melhor forma possível. Na próxima jornada, a equipa treinada por Jorge Jesus vai jogar no recinto do Boavista. O encontro está marcado para as 19h30 do próximo domingo. 

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com a seguinte equipa: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão (c), Jardel e Eliseu; Ruben Amorim, Enzo Perez (Jara, 42’), Gaitán, Salvio e Talisca (André Almeida, 74’); Lima (Ola John, 87’).

Fonte: SLBenfica.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Alguns mitos e boatos sobre Eusébio

por João Silva, em 18.08.14

Apelidado de "Pantera Negra", Eusébio foi conhecido mundialmente pela sua velocidade, técnica e uma capacidade fora do normal para marcar golos. Considerado um dos melhores jogadores de sempre, Eusébio marcou o final da década de 60 ajudando Portugal a colocar o seu nome na história dos Campeonatos do Mundo. Eusébio foi o melhor goleador da edição de 1966 do Campeonato do Mundo, com nove golos (sendo quatro deles contra a Coreia do Norte).  Não obstante, Eusébio foi a grande estrela do Benfica na conquista da segunda Taça dos Campeões Europeus (hoje corresponde à UEFA Champions League) de 1962 ante o Real Madrid de Di Stefano. 

A carreira após o futebol português

Após sair do Benfica em 1975 (depois de 15 anos com o clube), Eusébio teve pequenas passagens por outras equipas, principalmente por equipas dos Estados Unidos, que estavam começando a fomentar o futebol no país. Eusébio chegou a jogar contra Pelé em equipas como Boston Minutemen, Toronto, Las Vegas Quicksilvers e New Jersey Americans. Foram poucos os golos, mas foi uma passagem interessante na sua carreira.

Após acabar a sua carreira futebolística, Eusébio não seguiu o caminho que hoje é comum para jogadores famosos (Ronaldo, por exemplo, tem uma empresa que agencia atletas, a 9ine e é imagem de marca de um site de poker, a Poker Stars). Ele apenas se dedicou a comentar alguns jogos na TV e algumas passagens como técnico.

Eusébio continua a ser a materialização do sucesso do futebol português.

A famigerada história do sequestro

Embora Eusébio tenha jogado num clube com afiliação ao Sporting em Moçambique (o Sporting Lourenço Marques), seu contrato profissional foi com o Benfica.

Aí surgiu um boato: seria verdade que dirigentes do Benfica sequestraram Eusébio na sua chegada a Portugal, forçando-o a morar numa vila de pescadores, treinando sozinho na praia?

Um dirigente do Sporting levantou a hipótese de que Eusébio havia sido sequestrado. Mas tudo não passou de mentiras, dado que nunca apareceu nenhuma evidencia de que houvesse qualquer acordo entre Eusébio e o Sporting

Segundo o próprio Eusébio em entrevista para o site Four Four Two, sua mãe assinou um contrato com o Benfica por 250 contos (o que hoje seria algo como 1250 euros), insistindo numa cláusula de que caso o seu filho não se adaptasse, o dinheiro já estaria depositado num banco em Moçambique e nada seria retirado da sua conta.

A polémica pela marcação cerrada a Pelé

Uma das partidas mais emociantes na história dos Campeonatos do Mundo é justamente uma das mais felizes na história do futebol português. Portugal derrotou o Brasil e seguiu seu caminho na competição. Naquela partida, Pelé foi "ferozmente" marcado e foi alvo de algumas faltas.

Morais, um dos responsáveis pela marcação, foi também responsável pelo derradeiro lance que tirou Pelé da partida. Ali ficou um estigma de que Eusébio teria ido falar com Morais após o lance para defender Pelé. Não é verdade. Em entrevista ao referido site acima, Eusébio lembra que não ficou chateado com o seu companheiro de equipa. Para ele, claro, Pelé era um adversário mas também um amigo. Eusébio recorda-se de que Pelé já estava ligeiramente lesionado antes da partida e não tinha condições de jogar aquela partida. Para ele, o único objetivo pelo qual Pelé entrou em campo foi para “assustar” os portugueses. O "Rei" reafirma que não disse nada a Morais, só mostrou apoio a Pelé e nada mais.

Eusébio consola Pelé, sem condições de jogo na Inglaterra

2014 foi o ano em que o mundo perdeu Eusébio. Mas ele nunca será esquecido pelas suas conquistas, dentro e fora de campo.

A pessoa morre, mas o seu legado permanecerá em nossos corações para sempre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arranca o Campeonato Nacional 2014/15

por João Silva, em 17.08.14

As emoções do Campeonato Nacional voltam este domingo ao Estádio da Luz, com o Benfica a defrontar o Paços de Ferreira.

O 33.º título nacional já faz parte da história grandiosa do Sport Lisboa e Benfica e, no arranque de mais uma edição da Liga, o desejo é conquistar o BI-CAMPEONATO! Para isso, nada melhor que começar com uma VITÓRIA, que nos tem fugido desde 2004/5.

 

Vamos a isso Campeões!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Rumo ao "Póquer"

por João Silva, em 10.08.14

O Benfica pode tornar-se na primeira equipa portuguesa, a conquistar os quatro troféus nacionais relativos a uma época. Depois da conquista da Liga, Taça da Liga e Taça de Portugal, é agora a vez de tentar juntar a Supertaça Cândido de Oliveira.

Em caso de vitória, que eu espero que aconteça, além de somar mais um troféu ao seu palmarés, poderá igualmente servir de rampa de lançamento para mais uma época gloriosa.

 

Carrega Benfica!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


um passado de glória um futuro de vitória benfica


twiiter

# Classificação 2016/17




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com