Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Juntos até ao fim! Faltam 7 batalhas.

por João Silva, em 28.03.13

Das 7 batalhas finais, 4 são na Catedral. 

A equipa do "Glorioso" recebe este sábado o Rio-Ave, o nosso apoio é fundamental, os jogadores merecem e precisam sentir que os adeptos acreditam neles!

 

 

Carrega Benfica!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jorge Jesus anteviu este sábado, em conferência de imprensa, a deslocação ao campo do Vitória de Guimarães, onde a equipa vai procurar somar mais um triunfo no Campeonato Nacional.

 

Podemos esperar dificuldades em Guimarães. Os compromissos do Benfica são sempre mais difíceis fora do Estádio da Luz e o adversário é uma equipa que também tem objectivos, tal como nós”, começou por lembrar.


Apesar de esperar complicações por parte do opositor, salientou que o jogo também não será fácil para os homens da casa. “Vai ser um jogo difícil para o Benfica, mas também será muito complicado para o Guimarães. A equipa está confiante e espero que esteja muito forte, tal como esteve em Bordéus”, mencionou o técnico.

 

Na temporada anterior, o Benfica perdeu em Guimarães para o Campeonato Nacional, no entanto, o timoneiro recordou que muito mudou desde essa altura. “Tudo é diferente, os jogadores do Guimarães são outros e os do Benfica também são outros. Os jogos são sempre diferentes”, referiu.

 

Lista de convocados do Benfica:

Guarda-redesArtur Moraes e Paulo Lopes;

DefesasAndré Almeida, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Garay, Melgarejo, Roderick e Luisinho;
MédiosMatic, Carlos Martins, Ola John, Gaitán, Enzo Perez, Salvio, Urreta e Aimar;
AvançadosCardozo, Rodrigo e Lima.
carrega Benfica!

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

CARREGA BENFICA!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


109º aniversário: "A origem..."

por João Silva, em 02.03.13

No Almoço de Confraternização, após a vitória no jogo de desforra entre o Belém FC e o FC Swifts, surge a ideia de fundar um Grupo «só de portugueses». Foi precisamente a 13 de Dezembro de 1903 que surgiu, assim, a ideia de fundar o nosso Clube... até à sua Fundação, a 28 de Fevereiro de 1904, decorreram dois meses e meio nos quais se desenvolveu a ideia, criando e definindo os símbolos que depois fariam do Benfica um Clube Universal.

Fonte: Alberto Miguéns e Sónia Antunes no Jornal O Benfica

 

Em Belém, nos domingos em que havia jogos, os interessados no Futebol rumavam ao local onde se realizavam os desafios, com alguns dos ex-casapianos pertencentes à Associação do Bem a jogar, outros, a maior parte, a ver, tal como a miudagem de Belém do Grupo dos Catataus.
Há 109 anos e dois meses, quando chega o domingo, dia 13 de Dezembro de 1903, a expectativa é grande entre os (poucos) entusiastas do Futebol. O Grupo dos Catataus,também designado por Belém FC ou apenas «Foot-Ball Club», que tão boa réplica tinha dado há quinze dias aos futebolistas consagrados do FC Swifts, constituído por elementos da família Pinto Basto e alguns dos seus amigos, incluindo ingleses, preparou-se para a desforra desse jogo em que perdeu pela margem mínima.

Na semana anterior e depois da derrota,Manuel Gourlade, defesa-esquerdo do Belém FC, empregado da Farmácia Franco, teve a ideia de reforçar a equipa, tendo-se deslocado ao Hipódromo de Belém e entrado em conversações com os elementos da Associação do Bem.
O certo é que alguns dos ex-casapianos, jogadores com experiência e dotados para o futebol, aceitaram integrar o Grupo dos Catataus... e estava assim dado um «passo de gigante» na formação de um novo Clube – o nosso Benfica!
Agora que o Belém FC se apresentava reforçado por ex-casapianos da Associação do Bem, jogadores consagrados por anos de prática consecutiva de futebol quase sempre com resultados positivos, esperava-se um grande encontro da modalidade.
E foi isso que ocorreu há pouco mais de 109 anos, num jogo muito disputado, saindo vencedor, por 1 a 0, o Belém FC, que, na prática, era um misto de alguns jogadores do Belém FC e outros elementos da Associação do Bem.

 

Um grande «team» só de portugueses
Como não podia deixar de acontecer, após o encontro, jogado como era habitual ao fim da manhã, os vencedores rumaram para o Bairro de 

Belém para celebrar o triunfo com um almoço realizado no Café Gonçalves, lugar habitual de confraternização, mesmo após os treinos, quer entre os miúdos de Belém, quer entre os casaspianos.

Foi no interior deste Café (actualmente a cervejaria Nau de Belém) em frente à Farmácia Franco (actualmente uma dependência da Caixa Geral de Depósitos) que, em plena euforia, alguém sugeria «com aqueles elementos fazia-se um grande team». Logo alguém alvitrou - «mesmo só portugueses». «Aqueles elementos» eram os futebolistas que há pouco haviam vencido o FC Swifts. «Só portugueses» porque conseguiram a vitória jogando apenas com portugueses, bem na tradição do Futebol casapiano, enquanto no FC Swifts jogaram alguns ingleses, que, mesmo assim, apesar da fama de serem bons futebolistas, foram incapazes de evitar a derrota, frente aos elementos do Belém FC e da Associação do Bem.

 

Bases de um grande Clube
E foi assim que nos dias seguintes se procurou organizar um Clube assente, desde logo, em dois princípios: um Clube organizado devidamente para poder trilhar o caminho dos êxitos desportivos, daí procurar-se que dele fizessem parte, quer futebolistas consagrados, quer jovens interessados em desenvolver o Futebol; e apenas com portugueses, já que eram raros os grupos de Futebol portugueses que não tivessem ingleses entre os seus elementos.
Foi, sem dúvida, uma forma de ter desde logo algo que distinguisse o nosso Clube dos restantes grupos de Futebol.
Entre 13 de Dezembro de 1903 (data em que surge a ideia de fundar o nosso Clube) e 28 de Fevereiro de 1904 (data da Fundação do Clube) decorreram dois meses e meio, nos quais se desenvolveu a ideia, criando e definindo os símbolos (nome, equipamento e o emblema)que depois fariam do Benfica um Clube Universal.

Autoria e outros dados (tags, etc)


um passado de glória um futuro de vitória benfica

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com