Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Olympiakos 5 - SL Benfica 1 (Taça Uefa)

por João Silva, em 28.11.08

Foi uma noite má.

Algum sentimento de humilhação, sim, mas de forma alguma desânimo, mesmo sabendo que foi o terceiro pior resultado a nível europeu.
A equipa não esteve bem, não vou individualizar erros, porque parece-me que quando se perde pelos números e da forma que foi, não se pode imputar “responsabilidades” pela derrota a um ou outro jogador, bem como ao treinador.
 
Para uma equipa que está em construção, e a realidade é esta, não se pode exigir que mantenha o mesmo nível exibicional, num curto espaço de tempo, em várias competições ao mesmo tempo.
Esta época estou convicto que temos que nos concentrar no Campeonato Nacional, Taça de Portugal que está ao nosso alcance, consolidar internamente com vitórias e conquistas, criar um espirito ganhador e então sim, podemos aspirar a algo mais no futuro.
 
Deixo aqui um excerto de um excelente texto, a propósito deste jogo, no Blog Tertúlia Benfiquista, que descreve na perfeição a postura de um Benfiquista, nestes momentos:
 
“ Não estou satisfeito; não posso estar satisfeito depois de uma noite negra destas. Sei, tal como vocês sabem, que andam à nossa volta muitos abutres, desvairados na sua sanha antibenfiquista, e esfomeados devido à falta de ocasiões que ultimamente lhes temos dado para nos moerem o juízo. É de ocasiões destas que eles andam à espera; é para isto que eles vivem, por isso vão obviamente aproveitar este episódio negro para nos atacarem de uma forma raivosa, tentando colocar tudo em causa, guiando-nos para o precipício. Estou-me nas tintas para eles. Amanhã (hoje) vou almoçar ao Estádio da Luz, e se for preciso saio à rua com o cachecol do meu clube ao pescoço. Se julgam que o benfiquismo esmorece por causa de uma derrota, por mais pesada que ela seja, não sabem o que é ser-se Benfiquista. No meio de toda a tristeza e negritude que me invade quando o meu clube perde, há sempre uma pequena luz que me alegra. É quando verifico que mesmo um episódio destes não abala o amor que sinto por este clube. Pelo contrário, sinto vontade de ajudar o clube como puder, quero voltar a vê-los jogar, se preciso amanhã já, para com o meu incentivo mostrar que estamos juntos nisto. Quero amparar a sua queda, sacudir-lhe os joelhos esfolados, e ajudá-lo a reencontrar o rumo certo. É o normal quando se ama incondicionalmente. Força Benfica!”

Saudações Benfiquistas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 de dezembro Dia Histórico

por João Silva, em 26.11.08

Agora sim, está confirmado. As emissões regulares da Benfica TV arrancam às 10 horas da manhã do dia 10 de Dezembro. Um bloco noticioso com a duração de meia hora fará “as honras” de inaugurar a primeira televisão oficial de um clube português. Trata-se de um momento histórico que poderá ser acedido aos clientes da Meo, embora a partir de Janeiro também os assinantes da AR Telecom, da Clix e da Cabo Visão tenham idêntico acesso.

O mais visto

A Benfica TV será transmitida em sinal aberto, pelo que, segundo Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD, «é de esperar que em Janeiro o canal chegue a 700 mil lares e dentro de um ano a um milhão». De fora, continua a Zon, pois as negociações estão «encerradas». Ainda a propósito daquela operadora, Soares de Oliveira estranhou a forma como foram obtidos os direitos de transmissão do Olympiakos-Benfica da próxima quinta-feira. «É natural que nos jogos cujas transmissões possam ser negociadas pelos canais exista a possibilidade de qualquer televisão adquirir os direitos. Já estranhamos que um distribuidor, e não uma televisão, adquira tal transmissão e a coloque na posição 29. Quando falamos em atitudes não desejadas tem a ver com isto», referiu.

Lembrando que a Benfica TV poderá tornar-se na mais vista televisão de um clube (só mesmo a do Real Madrid, única transmitida em sinal aberto parece, nesta altura, competir a esse respeito), Soares de Oliveira revelou negociações internacionais, mormente na América e nos PALOP, o que dará uma maior visibilidade à televisão oficial do Benfica.

 

 


 

 

Conteúdos abrangentes

Ricardo Palacin, director do canal, desvendou um pouco daquilo que será a Benfica TV, garantindo três blocos noticiosos diários, muita informação, debate e até conteúdos de humor. «O futebol será o tema central, mas também haverá espaço para as modalidades», afirmou. Um programa que se realizará na Catedral da Cerveja (restaurante situado no estádio) e que unirá adeptos de vários clubes, bem como conteúdos externos que estrearão entre Janeiro e Fevereiro (e nos quais se integrarão concursos e história) são outros pontos a reter.

Com infra-estruturas finalizadas, equipa completa e tecnologia de ponta ao dispor, a Benfica TV está, pois, pronta a arrancar, sendo que, em circuito interno, a emissão já se desenrola a todo o gás. Isso mesmo pudemos testemunhar na visita guiada pela redacção e estúdio. Trata-se de uma máquina cada vez mais oleada e que parece reunir todos os condimentos para dotar o Benfica de «mais uma forma de comunicar de maneira diferente, tendo as pessoas sempre no centro da sua estratégia», como referiu o director de comunicação, João Gabriel.

Por fim, os números. Soares de Oliveira referiu que foram investidos 500 mil euros em obras, 2,5 milhões de euros em material técnico e que o custo da operação do canal se fixará nos 4 milhões de euros anuais. Ainda assim, aquele responsável afirmou que «existirão receitas suficientes para cobrir os custos» e que «o modelo seguido» se aproxima daquele levado a cabo pelo «Real Madrid».

 

in site oficial do SLB 

 

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


"A Mediocridade foi Expurgada"

por João Silva, em 25.11.08

Toni foi o último treinador, antes de Quique Flores, a conseguir que o Benfica não somasse qualquer derrota após a nona jornada da Liga. Em 1993/94, a equipa tinha também três empates e seis vitórias, tendo terminado a temporada como... campeã nacional. Apesar de se encontrar na Arábia Saudita, Toni continua a ver os encontros do Benfica, tendo ontem tecido, em declarações a O JOGO, rasgados elogios à actual equipa e ao seu treinador.

"A formação já começa a ganhar a empatia dos adeptos e o respeito dos outros clubes, algo que se tinha perdido nos últimos anos. A mediocridade que existia foi expurgada. Agora há qualidade. O Benfica pode vir a recuperar o domínio que teve no passado, pois tem jogadores de grande qualidade e um treinador com um discurso sério, moderado, pensado", considerou.

Entre esta formação e aquela que orientou há 15 anos, Toni reconhece um modelo de jogo diferente (usava um 4x3x3, com um ataque muito móvel) mas compara Mozer a Luisão - aliás, elogia também Sidnei - e Aimar ou Reyes a... Rui Costa e João Vieira Pinto, pelo grande talento que possuem. "Quando Aimar estiver a cem por cento, pode herdar o trono de Maradona", considera. Toni enalteceu ainda a inteligência do capitão Nuno Gomes.

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Académica 0 - SL Benfica 2

por João Silva, em 24.11.08

Vitória justa e bem conseguida, perante uma Académica que não perdia em casa à um ano.

O SL Benfica revelou uma boa qualidade de jogo com destaques para Nuno Gomes, Ruben Amorim e Reyes.
Com um onze inicial algo surpreendente, com David Luiz a lateral esquerdo, dupla de médios Ybeda e Binya, e o regresso de Ruben Amorim, o SL Benfica assumiu cedo o controlo do jogo.
Nuno Gomes a mostrar a sua importância nesta equipa, fez um passe de morte para Rubem Amorim que inaugurou o marcador, com um grande golo.
Na segunda parte, logo nos primeiros minutos, Reyes é derrubado na grande área, pénalty indiscutível, onde Cardozo chamado a converter, não desperdiçou, fazendo o 0-2.
Apartir desta altura, o SL Benfica só teve que ir gerindo a partida, uma nota ainda para a oportunidade de Suazo, num remate ao poste.
 
Um aplauso para as claques do Benfica, que se fizeram ouvir do principio ao fim do jogo, dando a sensação que estávamos a jogar em casa.
 

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ruben Amorim: «O importante é ganhar...»

por João Silva, em 21.11.08

A poucos dias de o SL Benfica se deslocar à Académica, onde poderá assumir a liderança da Liga, tendo em conta que o Leixões tem uma deslocação complicada a Vila do Conde, Ruben Amorim em entrevista ao record, faz uma análise ao Benfica 2008/2009.

Começando por admitir que as exibições do Benfica não têm sido as melhores mas não resistiu a salientar que o mais importante é garantir as vitórias, até porque lembra que "os campeões nem sempre jogam bem mas no final ganham sempre".

"É isso que temos de fazer no Benfica. Nem sempre jogamos bem, mas somos uma equipa unida. Depois, aparece alguém que resolve o jogo", frisou o jovem jogador contratado ao Belenenses, na conferência de imprensa que serviu para antever o encontro de domingo com a Académica.

Amorim, que tem sido afectado por problemas físicos nas últimas semanas, prometeu que tudo fará para estar em condições de jogar em Coimbra, onde espera "muitas dificuldades" e onde "o importante é ganhar". "Se jogamos bem ou não, isso fica para depois", acrescentou.

Aliás, o médio benfiquista fez questão de lembrar que a equipa ainda está em evolução, depois de "cinco meses de trabalho, com um treinador novo e métodos novos". "Temos ganho, estamos no bom caminho e há que continuar a trabalhar", reforçou, admitindo que será "ainda melhor" quando se "juntar uma boa exibição a um bom resultado".

Quanto aos problemas físicos - uma lesão muscular na face posterior da perna direita -, Rúben Amorim não escondeu sentir alguma ansiedade para voltar aos relvados. "Estou a recuperar, a tentar apanhar o comboio de novo. Sentia-me em boa forma e não quero perder isso", concluiu.

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Claque "No Name Boys"

por João Silva, em 18.11.08

 

A Claque de apoio “No Name Boys” não se resume a “meia dúzia” de indivíduos, se é que posso chamar isso, que a coberto de uma claque de um clube, pratique actividades ilícitas e que fomente a violência.

Não podemos generalizar e juntar tudo no mesmo “saco”.
Quem comete crimes deve prestar contas à justiça e ser punido de acordo com a Lei. Ninguém está acima da Lei.
 
Quero expressar a minha solidariedade para os restantes milhares de apoiantes do SL Benfica, que fazem parte da Claque “No Name Boys”, em que o único objectivo è apoiar o clube do coração, apoio esse que eu considero importante.
 
Aprecio o apoio constante que dão à equipa, os cânticos, as coreografias, que complementam e realçam o espectáculo.
 
Não me parece inocente todo este “Showoff” à volta desta situação, mas ficará para outra análise.
Veremos como vai evoluir esta investigação e se vai resumir-se apenas à claque dos “No Name Boys” .
 
Força “No Name Boys” !
Continuem a apoiar o Nosso Benfica!
 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


SL Benfica 1 - Estrela da Amadora 0

por João Silva, em 17.11.08

Difícil mas justa a vitória do SL Benfica ao Estrela da Amadora.

Uma palavra de apoio aos jogadores do Estrela, que perante a situação complicada dos ordenados em atraso, mostraram que são profissionais competentes.

Não sendo um jogo brilhante, o SL Benfica criou oportunidades suficientes para vencer o jogo. Suazo teve um noite menos conseguida, correu muito, driblou muito, mas na parte da finalização esteve infeliz.

Destaque vai obviamente para Sidnei, mais um golo e sem ser de cabeça, mais uma vez um jogador decisivo. Uma palavra também para Nuno Gomes, no lance do golo, a mostrar a boa forma em que se encontra.

 

Alcançou-se o que era importante, os três pontos.

Está a ser um percurso positivo, tendo em conta que à oitava jornada, estamos a um ponto do primeiro classificado - Leixões - e já levamos de avanço do SCP cinco pontos e do FCP quatro pontos.

  

 

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Yes, We can!

por João Silva, em 16.11.08

«Ao fim-de-semana só jogo o jogo do Benfica. Não vivo nem gosto de ver os jogos dos meus rivais directos, porque é um sofrimento desnecessário. O nosso objectivo é ganhar  e se ganharmos muitas vezes, e consecutivas, estou convencido que podemos ser líderes mais cedo ou mais tarde. O importante é sermos primeiros no final do campeonato, que é quando se entregam as medalhas»

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


SL Benfica, O Maior Clube do Mundo.

por João Silva, em 14.11.08

 

Já todos ouvimos isto várias vezes. Muitos o dizem, mas será que o sentem mesmo? Será que estão mesmo convictos do que dizem?
 
Então vamos lá ver se o Benfica é ou não o maior clube do mundo.
 
Quando se fala de maior clube do mundo, afinal, fala-se de quê? De títulos ganhos? Do número de sócios ou adeptos? De capacidade financeira?
 
Vamos fazer uma análise áqueles que são aceites como sendo os clubes mais importantes do Mundo.
 
Comecemos pelo Real Madrid. O Real Madrid é o clube com mais títulos europeus, tendo sido por 9 vezes Campeão Europeu. O Real Madrid tem igualmente uma enorme capacidade financeira, tendo até alegadamente feito uma oferta de 100 milhões de euros para comprar o passe de Cristiano Ronaldo.
 
Mas isso faz do Real Madrid o maior clube do mundo?
 
Há uns anos atrás, Camacho, em Madrid, disse uma coisa que não me saiu da cabeça. Ele disse que o Real Madrid era muito grande e muito importante, mas que fora da cidade de Madrid o Real não era número 1 em lado nenhum. Camacho disse mais: o Real Madrid é respeitado e temido pelo mundo fora, mas não é amado.
 
Com o Manchester United ou Liverpool passa-se algo de semelhante com a diferença de terem ganho menos que o Real Madrid. Onde estão os verdadeiros adeptos do Manchester ou do Liverpool, a não ser nas respectivas cidades? Haverá algum sítio do mundo em que esses clubes são o emblema mais importante para além das suas cidades? Mesmo em Inglaterra, será que em Newcastle, Birmingham ou Leeds as pessoas são maioritariamente do Manchester ou Liverpool? Tenho a certeza que não.
 
E o Barcelona? Se fossemos olhar para os títulos o Barcelona está muito longe do Real Madrid e em termos sociais ainda vale muito menos que o Real. O Barcelona é um clube parecido com o Porto, assim como o Atlético de Madrid é parecido com o Sporting.
 
De facto, o Barcelona representa um sentimento regionalista e com isso domina na Catalunha e vive por oposição ao Real Madrid. O Porto tem um papel semelhante em Portugal, tem no Benfica a sua obsessão, mas ao contrário do Barcelona não consegue sequer dominar o Norte de Portugal nem ter a capacidade financeira do clube catalão. Quem quiser confirmar o que digo que vá a Braga, a Famalicão, Viana do Castelo, Mirandela, Bragança ou Vila Real e verifique qual é o clube com mais adeptos. É, de longe, o Benfica.
 
Mas ter mais adeptos será um critério suficiente para se ser o maior clube do mundo? Manuel José, treinador do Al-Ahly, dizia há uns tempos que este clube do Cairo era enorme porque tinha cerca de 40 milhões de adeptos no Egipto. Mas fará isso do Al-Ahly um grande clube? Seguramente que não. Se fizesse, rapidamente qualquer clube chinês ou indiano poderia vir a dizer que é o maior clube do mundo.
 
Outros clubes como o Milão, Inter, Juventus, Bayern de Munique, Boca Juniors, Flamengo ou São Paulo têm o mesmo problema. São muito importantes nas suas regiões ou nos seus países, já ganharam muita coisa, alguns têm muito dinheiro, mas fora da sua área de influência directa não são nada. São muito respeitados. São adversários temíveis. Mas têm aquela coisa especial que faz deles o maior clube do mundo? A resposta é não.
 
Então, afinal, qual é o maior do clube do mundo?
 
É o Benfica. E porquê?
 

 

O Benfica é o maior clube do mundo não por causa de qualquer recorde do Guinness Book como alguns ignorantes nos querem fazer crer. Só pode dizer isso quem não percebe nada do que é ser benfiquista.
 
O Benfica é o maior clube do mundo porque num desenvolvimento histórico singular e irrepetível ganhou o respeito mas, acima de tudo, conquistou o amor de milhões em todo o mundo.
 
O Benfica conseguiu encarnar a diáspora portuguesa como nenhum outro clube do mundo o conseguiu fazer relativamente à história do seu próprio país.
 
Assim, o Benfica é o maior clube de Portugal, mas é também o clube nº 1 em Angola, Moçambique, Timor, Cabo Verde, Guiné e S. Tomé. Mas não só. Qual é o maior clube de Paris? Será o PSG que foi fundado em 1970? Não. É o Benfica. O Benfica que também é o maior clube na Suíça, no Luxemburgo e que tem uma enorme força na Alemanha, em Nova Iorque, em Toronto, na África do Sul ou em qualquer lado onde esteja um português.
 
O Benfica personifica a nostalgia e a alma de um povo, mesmo daqueles que não são simpatizantes do clube. E isso sente-se especialmente quando se sai de Portugal. Não há mais nenhum clube do mundo assim.
 
E o Benfica teve e tem Eusébio. Bem sei que o Real Madrid teve Alfredo di Stefano e o Manchester United Sir Bobby Charton. Mas Eusébio era outra coisa. Eusébio não era argentino nem inglês. Eusébio era africano, de Moçambique, o que representava a vocação universalista do Benfica. Eusébio era um rapaz simples e humilde com um talento incomparável. Eusébio carregou aos ombros todo um país no mundial de 1966. E chorou. As lágrimas de Eusébio deram a volta ao mundo e lavaram a alma de todos os portugueses que com ele sofreram.
 
E há mais. O Benfica é do povo. É popular no sentido literal do termo. É feito por gente simples que ama o Benfica mais do que tudo na vida e é capaz de sacrifícios espantosos pelo clube do seu coração.
 
Arrepia-me ver os novos jogadores estrangeiros do Benfica, quando chegam ao aeroporto da Portela, começarem logo a dizer que o Benfica é igual ao Real Madrid como se isso fosse algum elogio. A culpa não é deles. É claro que são instruídos por alguém dentro do Benfica para dizerem isso. Alguém que pensa que isso engrandece o Benfica. Nada mais patético. Faz-me lembrar quando os artistas brasileiros chegavam a Portugal e começavam logo a dizer que éramos um país lindo, maravilhoso e irmão. Soava a falso, como soam a falso as declarações dos jogadores recém chegados. Isso só acontece porque as pessoas que estão no Benfica não percebem verdadeiramente o que têm nas mãos. Estão lá, mas não sabem o que é o Benfica. Se vissem o Benfica como ele é não ficavam todos felizes com a comparação com o Real Madrid, mas proibiam-na.
 
 
Por muito que outros clubes possam ganhar nunca serão o Benfica. Não há nenhum clube do mundo que tenha a herança do Benfica. É preciso que o futuro do Benfica esteja à altura do seu passado. E para isso são precisas vitórias. Vitórias com honra, com glória, com humildade e com dignidade.
 
A minha última palavra vai para as Casas do Benfica espalhadas por Portugal e por esse mundo fora. Elas fazem um trabalho notável e desempenham um papel fundamental na manutenção da mística do Benfica. Mística essa de que todos falam, mas muitos não sabem o que quer dizer.
 
O Benfica é, de facto, um caso único no mundo do futebol.
 
O Benfica é, sem favor e sem exagero, o maior clube do mundo!
 
 
Saudações Benfiquistas.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Está a viver a segunda época de "águia ao peito". Ciente de que nem tudo correu bem no passado, fruto do "choque" da adaptação, hoje é um homem feliz e pronto para tudo. Os sonhos, as metas, os caminhos por percorrer e algumas confissões ditas sem medo e olhos nos olhos... Eis Maxi Pereira, numa entrevista "sumarenta".

- Até onde pode ir esta equipa?
– Acredito que podemos ir longe e fazer coisas muito bonitas! Queremos tornar a fazer história, fazer deste Benfica aquele dos tempos de Eusébio e companhia. Está na altura de escrever mais páginas de glória neste Clube… O Benfica, as suas pessoas, os técnicos, jogadores, adeptos, todos merecem isso!

– E as suas expectativas pessoais?
– Eu quero fazer parte dessa história! Quero, com o meu esforço e entrega, ajudar a equipa a levar este Benfica ao nível que ele merece.
Gostava de deixar a minha marca aqui… e quando olho para estas fotografias todas, para esta História e tradição aqui exposta, o meu desejo é regressar daqui a muitos anos, quem sabe, com a minha mulher e filhos, e poder mostrar-lhes uma fotografia minha aqui, como parte de mais uma página de História… Seria maravilhoso!

– Qual a fórmula mágica do sucesso?
– Não sei… talvez a mentalidade individual de cada um ao serviço do colectivo!

– E as maiores adversidades?
– Penso que as lesões, caso surjam, e o desgaste vindo de todas as competições sejam os maiores adversários.

– O que é que esta equipa não pode repetir, que tenha feito na época transacta, para que os sonhos não se desmoronem?
– Não pode faltar nunca a confiança e a postura vencedora!

– O que repetir?
– A rebeldia de querer sempre mais e melhor, a vontade e o nunca baixar os braços frente às adversidades.

– Uma mensagem…
– Tranquilidade, acima de tudo, para que possamos continuar a crescer!
É preciso alguma calma nos momentos mais difíceis e peço aos benfiquistas que nos apoiem sempre, pois acreditem que nós, dentro daquelas quatro linhas, sentimos tudo isso e o nosso maior desejo é dar-vos muitas alegrias! Acredito que se assim for teremos grandes momentos pela frente! Da minha parte, podem continuar a contar com entrega total, com orgulho e responsabilidade em honrar esta camisola!

 

 

Saudações Benfiquistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



um passado de glória um futuro de vitória benfica




twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com