Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Faz dez anos, esta quinta-feira, desde que Luís Filipe Vieira venceu as primeiras eleições que o consagrariam como o 33.º presidente do Sport Lisboa e Benfica. Tomou posse a 3 de Novembro.

 

Uma década volvida é notória a evolução do Clube, quer a nível desportivo, quer a nível de infra-estruturas e de património. Luís Filipe Vieira deu continuidade ao trabalho que vinha a ser realizado pelo seu antecessor, Manuel Vilarinho, e preocupou-se em relançar e em dar credibilidade económico-financeira ao Benfica.

 

Nestes dez anos ajudou a erguer o novo Estádio da Luz. Este foi inaugurado ainda com Manuel Vilarinho como presidente, mas é conhecida a dedicação e persistência de Luís Filipe Vieira, ao lado de Mário Dias, na construção da obra que este ano será o palco da Final da Liga dos Campeões e que recebeu a Final do Euro 2004.

 

Numa conjuntura difícil, o actual líder do Sport Lisboa e Benfica seguiu sempre as suas convicções, pois percebia que o seu projecto seria o melhor para a Instituição e o balanço, ao cabo de uma década, é positivo. Porém, o inconformismo é algo que o norteia e apesar da obra realizada e visível, Luís Filipe Vieira sabe que ainda há muito a fazer num projecto intemporal e que deverá estar sempre virado para o futuro, sem nunca esquecer o passado e percebendo que é o presente que nos guia.

 

Nestes dez anos há marcas que ficam associadas ao “reinado” do presidente. Credibilidade, inovação, querer, vontade de crescer diariamente e respeito pela história são alguns dos baluartes.

 

O trabalho é uma marca que pauta um terreno que nem sempre foi fácil de desbravar. Vários títulos conquistados, rentabilização de activos do Clube, aposta no eclectismo e a criação de projectos ímpares foram regras a que Luís Filipe Vieira não abdicou ao longo desta década.

 

Principais títulos:

Futebol profissional – 8

Campeonato Nacional: 2004/05 e 2009/10

Taça de Portugal: 2003/04

Supertaça: 2005/06

Taça da Liga: 2008/09, 2009/10, 2010/11 e 2011/12

 

Andebol – 7

Campeonato Nacional: 2007/08

Taça de Portugal: 2010/11

Supertaça: 2010/11 e 2012/13

Taça da Liga: 2006/07 e 2008/09

Taça Presidente da República: 2007/08

 

Basquetebol – 15

Campeonato Nacional: 2008/09, 2009/10, 2011/12 e 2012/13

Supertaça: 2008/09, 2009/10, 2011/12 e 2012/13

Taça Hugo dos Santos: 2010/11 e 2012/13

Troféu António Pratas/LPB: 2011/12 e 2012/13

Troféu António Pratas/Proliga: 2007/08

Supertaça Compal Luso-Angolana: 2009/10

Feminino

Campeonato Nacional 2.ª Divisão: 2012/13

 

Voleibol – 10

Campeonato Nacional: 2004/05 e 2012/13

Taça de Portugal: 2004/05, 2005/06, 2006/07, 2010/11 e 2011/12

Supertaça: 2010/11, 2011/12 e 2012/13

 

Hóquei em Patins – 9

Campeonato Nacional: 2011/12

Taça de Portugal: 2009/10

Supertaça: 2010/11 e 2012/13

Liga Europeia: 2012/13

Taça CERS: 2010/11

Taça Continental: 2010/11

Feminino

Campeonato Nacional: 2012/13

Supertaça: 2012/13

 

Futsal – 24

Campeonato Nacional: 2002/03, 2004/05, 2006/07, 2007/08, 2008/09 e 2011/12

Taça de Portugal: 2002/03, 2004/05, 2006/07, 2008/09, 2011/12

Supertaça: 2002/03, 2005/06, 2006/07, 2008/09, 2010/11 e 2011/12

UEFA Futsal Cup: 2009/10

Feminino

Taça Nacional: 2004/05, 2005/06, 2006/07, 2007/08 e 2009/10

Taça Ibérica: 2006/07

 

Atletismo – 20

Campeonato Nacional Ar Livre: 2011, 2012 e 2013

Campeonato Nacional Pista Coberta: 2012 e 2013

Campeonato Nacional Corta-Mato: 2013

Campeonato Nacional Corta-Mato Curto: 2013

Campeonato Nacional de Marcha em Estrada: 2013

Taça FPA Saltos: 2006, 2007, 2008, 2012 e 2013

Taça FPA Velocidade e Barreiras: 2006, 2007, 2011 e 2013

Feminino

Taça FPA Saltos: 2012

Taça FPA de Velocidade e Barreiras: 2013

Taça FPA de Provas Combinadas: 2011

 

Aposta no Eclectismo

A criação do Caixa Futebol Campus e uma aposta forte no Futebol de Formação, assente em jogadores de origem nacional, num projecto integrado na equipa B, permitiu ao Benfica conquistar vários títulos nacionais e distritais ao nível da Formação. Isto, para além de ter reconquistado o domínio nas convocatórias nas Selecções Nacionais dos vários escalões.

 

A aposta nas modalidades, em especial nas cinco modalidades de Pavilhão (Andebol, Basquetebol, Futsal, Hóquei em Patins, Voleibol) e no Atletismo, permitiu várias conquistas de títulos nacionais. O recrutamento de jovens atletas e a aposta na Formação levou a um reforço qualitativo das equipas Seniores. A aposta no Benfica Olímpico permitiu ao Clube ter sete atletas em Pequim 2008, com as conquistas da medalha de ouro de Nelson Évora, e 15 em Londres 2012. O Benfica Olímpico tem sido aposta clara em atletas como os canoístas, João Ribeiro e Joana Vasconcelos, recentemente medalhas de ouro Sénior e de prata Sub-23, respectivamente; outros atletas como Marco Fortes ou Marcos Chuva são investimentos seguros.

 

Momentos marcantes e projectos ímpares:

- Construção do Estádio da Luz (Inaugurado dias antes da sua 1.ª eleição)

- Construção do Complexo Desportivo (1 campo sintético, 2 pavilhões, 1 piscina e 1 centro comercial)

- Construção da Clínica Benfica

- Construção do Caixa Futebol Campus

- Reformulação das Casas do Benfica

- Implementação do Benfica LAB

- Criação do Benfica Star Funds

- Entrada no Guiness - Maior número de Sócios a nível mundial

- Lançamento inovador do “Kit Sócio”

- Lançamento da Fundação Benfica

- Criação da Benfica TV

- Aposta no Benfica Olímpico

- Criação do Centro de Documentação e Informação

- Criação do Centro de Recuperação e Restauro

- Presença na Final da Liga Europa

- Inauguração do Museu Benfica Cosme Damião

fonte. portal do SL Benfica

Autoria e outros dados (tags, etc)



um passado de glória um futuro de vitória benfica




twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com