Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Taça de Portugal: Moreirense 0 - SL Benfica 2

por João Silva, em 17.11.12

O Benfica encarou esta eliminatória da Taça de Portugal com uma postura séria e não deixou escapar o apuramento para a ronda seguinte num campo difícil.
Com o regresso do capitão Luisão à equipa, o Benfica entrou bem no jogo.
A equipa de Jorge Jesus foi sempre mais intensa que o Moreirense, justificando plenamente o triunfo, entrando pressionante e dominadora. Apenas algum desacerto ofensivo do Benfica, em particular dos extremos, fez com que o jogo não tenha terminado com um triunfo mais confortável.

 O primeiro grande momento Benfiquista surgiu à passagem da meia hora, com um remate colocado de Bruno César, à entrada da área, desviado pelo guarda-redes Ricardo Andrade com uma boa defesa. Esse foi, aliás, o melhor momento da primeira parte, apesar de o Benfica ter estado sempre muito perto da área adversária.

 A segunda parte foi em tudo semelhante à do primeiro tempo, com o Benfica por cima e a criar, rapidamente, lances de perigo na área contrária.

O golo inaugural surge quando faltava meia hora para o final da partida, na sequência de um pontapé de canto — a bola sobrou para Matic que rematou forte e cruzado.

O Benfica continuou a toada ofensiva em busca do segundo golo, mas o Moreirense começou a surgir mais perigoso, sobretudo em jogadas de contra-ataque e o jogo tornou-se mais equilibrado, até que a 12 minutos do fim, parte da iluminação artificial do estádio falhou, obrigando a uma interrupção no encontro que durou cerca de 25 minutos.

Depois de retomado o jogo, as equipas acusaram alguma falta de ritmo, com algumas oportunidades de golo para ambos os lados, mas foi Cardozo que acabou com o jogo, ao fazer o 2-0, já perto do final da partida, finalizando uma jogada rápida do ataque benfiquista conduzida por Ola John.

A equipa de Jorge Jesus manteve a sua baliza inviolada, o que já sucede há cinco partidas consecutivas.

 

Destaques:

 

Luisão – O capitão regressou à competição e parece que não esteve ausente dois meses. Quem sabe nunca esquece e esteve irrepreensível perante o pouco trabalho que se deparou na primeira metade. Na segunda parte, a sua inegável capacidade de liderança e sentido táctico veio ao de cima.

 

Matic – Conseguiu “encher o campo” com a sua elegância e saber estar em todo o lado. Nos instantes finais da primeira parte teve uma arrancada superlativa, torneou vários adversários e só não foi perfeito porque Lima estava fora-de-jogo. Na etapa complementar desbloqueou o marcador com um remate forte e cruzado.

 

Bruno César – Foi o “10” da equipa. A justificar a sua alcunha de "chuta-chuta", foi o mais rematador da equipa, organizou e pautou o jogo da equipa quando ela mais precisou.

 

O Benfica alinhou com Paulo Lopes; André Almeida, Luisão, Jardel, Luisinho; Matic; Gaitán, Bruno César (André Gomes, 92’), Nolito (Ola John, 75’); Rodrigo, Lima (Cardozo, 73’).

 

Rumo à final!

Autoria e outros dados (tags, etc)



um passado de glória um futuro de vitória benfica

OBENFICA

MISTICA

twiiter

# Classificação 2017/18




# Universo Benfiquista











titulos GLORIAS ETERNAS

eusébio
Mario Coluna








Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


CONTACTO emailsilva.joaodiogo@hotmail.com